Aprenda como ser reconhecido pelo seu gestor com os Indicadores de competência

Todo mundo já deve ter passado por uma situação em que é bom demais em algo, mas não recebe o devido valor por isso. Mas já que, se você é brasileiro, desistir nunca é uma opção, que tal fazer uso de indicadores de competência para aprender como ser reconhecido pelo seu gestor?

Ficou curioso e quer entender melhor? Reunimos informações sobre o que são esses indicadores e como eles podem te ajudar. Confira!

O que são os indicadores de competência?

Como a Era da Informação gerou muita competitividade no mercado, ir atrás de mudanças para se destacar torna-se essencial. Os indicadores de desempenho vão mensurar os processos, programas e metas de uma empresa para avaliar o desempenho dos seus colaboradores e do estabelecimento.

Isso serve para uma análise do que pode ser feito futuramente na empresa e identificar possíveis ameaças e tendências do mundo empresarial. Essas medidas são fundamentais para uma empresa que deseja crescer e tornar-se referência, e também para os colaboradores que querem provar sua competência por meio dessa análise.

Como os indicadores ajudam o funcionário a ser reconhecido?

Existem vários indicadores que os profissionais de RH podem usar na sua empresa. A escolha deles depende do número de funcionários, a complexidade das operações etc.

O indicador de absenteísmo e frequência, por exemplo, mensura as taxas de ausência e a pontualidade dos funcionários. Isso além de ajudar a identificar quais os motivos das possíveis faltas e criar soluções para elas, coloca os colaboradores que possuem altas taxas de assiduidade em destaque na firma.

E ainda, há o indicador de rotatividade, que mensura a quantidade dos funcionários que permanecem na empresa durante certo tempo. Isso faz com que a gestão enxergue os colaboradores ainda presentes no trabalho como um banco de talentos que, por já permanecerem por um período, conhecem a cultura organizacional e se adaptam bem a ela.

Isso torna a presença do funcionário no emprego ainda mais essencial, e sua saída, além de tudo, indicaria uma perda de conexão com os clientes. Então, valorizar o desempenho de bons trabalhadores, com o auxílio das métricas de RH é a escolha certa.

Após a análise, a empresa deve cria um feedback com o desempenho de cada colaborador, o que inclui não só assiduidade, mas também o cumprimento dos prazos, metas, o impacto financeiro etc.

Então, se você tiver um desempenho positivo, chamará atenção da gestão e poderá passar por um treinamento para evoluir mais no trabalho e até ser mantido por mais tempo.

Como os softwares e a tecnologia ajudam a mensuração?

Por meio da tecnologia e do uso de softwares, os indicadores de competência podem ser definidos e acompanhados, isso inclui os mencionados e outros que ajudam a entender o nível de satisfação da empresa, por exemplo.

Para isso, o setor de RH precisa de indicadores de competência específicos. A empresa Gupy oferece um software para recrutamento e seleção que otimiza os processos da empresa e torna as chances de um funcionário competente ser valorizado ainda maiores.

E aí, gostou das nossas informações? Então conheça o software de recrutamento e seleção da Gupy. Torne seu recrutamento ainda melhor!

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

HR4results: Participe do maior evento de inovação no RH
New call-to-action
Diagnóstico de recrutamento e seleção: Descubra e melhores a maturidade dos seus processos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Mariana Dias | GUPY

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.