Que tipo de liderança atrai os millennials?

O mercado de trabalho vem passando por intensas mudanças ao longo dos últimos anos, incluindo os valores, objetivos e prioridades dos profissionais — que, hoje, valorizam mais a qualidade de vida e a oportunidade de vencer desafios do que a estabilidade dentro da empresa. Grande parte dessa evolução deve-se aos millennials, também conhecida como a geração Y, nascida entre 1979 e 1995.

Os mais velhos que fazem parte desse grupo acompanharam de perto a evolução tecnológica das últimas décadas e, hoje, já a abraçaram totalmente. Enquanto isso, os jovens Millennials cresceram em meio a isso, e mal conseguem se lembrar de um mundo sem smartphones e internet em todo lugar.

Mas como isso impacta a geração Y no trabalho? O que atrai os Millennials enquanto profissionais? Um dos pontos mais importantes dessa discussão é o tipo de liderança que eles procuram. Por isso, o artigo de hoje vai abordar o assunto e preparar você para receber na sua empresa os Millennials que estão chegando agora ao mercado de trabalho. Veja!

Quem são os Millennials no mercado de trabalho?

Inquietos, ansiosos, ágeis, sedentos por inovação e informação: Esses são os Millennials.

Apesar de terem uma adolescência prolongada e de demorarem mais para cumprir certos ritos que, até há pouco tempo, denotavam a chegada definitiva à vida adulta — sair da casa dos pais, conquistar a estabilidade financeira, casar, ter filhos, comprar a casa própria etc. — os jovens da geração Y também desejam avidamente conquistar seu lugar no mundo.

Isso leva, por exemplo, ao destaque cada vez maior dado ao empreendedorismo, a estabelecimentos de nicho ou temáticos e ao trabalho de freelancer, que permitem que o millennial seja seu próprio chefe e/ou mostre sua personalidade por meio de seus empreendimentos. Há, também, uma grande preocupação social e com os direitos humanos.

Que tipo de líder atrai os Millennials?

Mas os Millennials não querem apenas ser donos do próprio nariz (e do próprio negócio). Existe neles, também, uma grande ânsia por mentores, alguém que possa guiá-los e ajudá-los a ser quem eles desejam. É por isso que, atualmente, a figura do líder como fonte de inspiração e de orientação é mais forte do que nunca.

A seguir, conheça melhor alguns dos principais tipos de liderança, e veja como eles são percebidos pelos Millennials:

Liderança circular

Os Millennials buscam projetos e causas que os envolvam e desafiem e, assim, não entregam sua lealdade a marcas ou líderes que não entreguem esses requisitos. Além disso, eles buscam um líder que comande uma equipe — e que se refira a ela como "nossa equipe", e não "minha equipe".

Na liderança circular, o superior coloca-se lado a lado com seus colaboradores, assumindo as responsabilidades e problemas do time junto com eles. Isso está alinhado ao desejo do Millennial de fazer parte de algo.

Liderança transformadora

O mundo do Millennial é sem fronteiras e sem limites. Além de gostar muito de viajar, eles também vivem esse planeta ultra conectado pela internet, por meio das pessoas que seguem nas redes sociais, dos sites, influenciadores que acompanham e do conteúdo que consomem.

Assim, os jovens da geração Y desejam conhecer e mudar o mundo. Por isso, buscam um líder com o mesmo espírito de transformação e inovação. Para tanto, o líder deve incentivar o desenvolvimento — tanto pessoal quanto profissional — e a qualidade de vida. Também é recomendado oferecer feedbacks constantes e manter um diálogo próximo com a equipe.

Liderança tradicional

Millennials têm muita dificuldade em aceitar líderes autocráticos e controladores, ou seja, os chefes tradicionais. Eles os enxergam como figuras pouco inspiradoras, e que nada tem a acrescentar à geração Y em termos de valores e carreira.

Líderes que mantêm-se distantes de seus subordinados e que não os deixam informados sobre o que está acontecendo na empresa, estão longe do tipo de liderança que atrai os Millennials.

Quando isso acontece, eles não se sentem parte da organização, com isso, logo procurarão um cargo em outro lugar — já que a motivação e o engajamento são fundamentais para eles.

E então, sua empresa está pronta para exercer a liderança que atrai os millennials? Para mais conteúdos para ajudar você a aprimorar cada vez mais seu trabalho, não deixe de seguir nossas redes sociais — LinkedIn e Facebook —  e assinar nossa newsletter para ter nossos conteúdos direto no seu email!

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

Ebook: Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de Candidatos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Mariana Dias | GUPY

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.