Veja como a diversidade e inclusão podem acelerar a inovação nas empresas

0 minutos de leitura

O Brasil possui o ecossistema de inovação mais robusto da América Latina. É uma estrutura de startups, instituições de capacitação e fundos de investimento que não para de crescer, na qual até mesmo empresas com modelos de negócio mais tradicionais buscam se inserir  para identificar novas oportunidades. 

Contudo, é consenso entre profissionais, líderes, empresários e investidores: para que as empresas brasileiras cresçam, atraiam mais investimentos e sejam competitivas em mercados internacionais, é preciso mais inovação. Mas como? 

Neste artigo, apresentaremos como diversidade e inclusão estão diretamente conectadas ao potencial de inovação da empresa, além de mostrar como implementar esses dois conceitos em seu ambiente de trabalho.

Leia também:

Investimento na inovação

Segundo a pesquisa Getting to Equal 2019: Creating a Culture That Drives Innovation, realizada pela Accenture as  organizações precisam investir em diversidade e inclusão para se tornarem mais inovadoras.

Nela, é apontado que empresas que investem em diversidade e inclusão estabelecem uma cultura de inovação. 

Algumas descobertas desse estudo foram: 

  • A cultura de inovação é maior em empresas mais igualitárias; 
  • Colaboradores de empresas mais inclusivas não vêem barreiras para inovar;
  • Colaboradores de empresas mais igualitárias têm menos medo de errar;
  • Diversidade e inclusão são mais relevantes para gerar inovação do que aumentos de salário. 

Mas, antes de entender como isso acontece e entrar em mais detalhes sobre a pesquisa, precisamos compreender o que é a cultura de inovação. 

O que é cultura de inovação? 

Um dos grandes desafios ao se defender políticas de diversidade e inclusão nas empresas é medir o seu valor. Diversas iniciativas não têm continuidade por falta de fundamento e argumentação, e acabam não sendo priorizadas pelas diretorias.  

Neste sentido, o levantamento busca tangibilizar em números o valor da cultura de inovação, e apresentar como diversidade e inclusão ajudam a impulsioná-la. 

O critério de análise baseou-se em seis pilares que formam a cultura e  a mentalidade de uma organização inovadora: 

  • Propósito: colaboradores alinhados e engajados com o propósito da empresa;
  • Autonomia: confiança para tomar decisões; 
  • Inspiração: estímulo para buscar novas ideias para além do ambiente de trabalho;
  • Recurso: disposição de ferramentas necessárias, além de tempo e incentivos para inovar;
  • Experimentação: liberdade para testar novas ideias, sem medo de errar;
  • Colaboração: um ambiente que estimule a colaboração entre departamentos.

Cultura de inovação é, portanto, uma forma de mensurar a habilidade e a intenção individual de inovar. 

Quando a diversidade cresce, a inovação cresce junto

Para você compreender o impacto da diversidade e inclusão na cultura de inovação, a Accenture ouviu mais de 18 mil profissionais de 27 países, atuando em empresas de diversos tamanhos e segmentos, relacionando suas respostas ao grau de diversidade das organizações nas quais trabalham. 

Este indicador de diversidade é obtido a partir de uma avaliação de três aspectos principais: 

  • Engajamento da liderança (a diretoria está engajada e tem ações práticas para tornar a empresa diversificada, inclusiva e igualitária?); 
  • Ação clara (a empresa possui políticas de suporte a todos gêneros e é livre de vieses na atração e retenção de colaboradores?);
  • Ambiente empoderador (a empresa confia em seus colaboradores e proporciona um ambiente de trabalho flexível?). 

Com essas informações, os profissionais foram questionados a respeito dos seis pilares que constituem uma cultura de inovação. E os resultados deixam claro: o potencial de inovação de uma empresa está diretamente relacionado ao quão diversa e inclusiva é a organização. Veja alguns deles: 

A cultura de inovação é maior em empresas mais diversificadas

Em comparação a empresas com baixo grau de diversidade, as empresas mais diversificadas tem uma cultura de inovação 600% maior. 

E, mesmo se comparadas a empresas com grau médio de diversidade, a cultura de inovação é duas vezes maior nas companhias mais inclusivas. 

Colaboradores de empresas diversificadas não têm medo de errar

Não é segredo para ninguém que inovar implica em assumir riscos. 

Quando perguntados se têm medo de errar na busca por inovação, os colaboradores dão respostas bem diferentes de acordo com o grau de diversidade de suas organizações: 

  • Empresas altamente inclusivas: 85% não tem medo de errar;
  • Empresas de inclusão mediana: 56% não tem medo de errar;
  • Empresas pouco inclusivas: 36% não tem medo de errar.

Colaboradores de empresas diversificadas não vêem barreiras para inovação

Quando questionados a respeito das barreiras para inovação dentro de suas organizações, os resultados obtidos foram:

  • Empresas altamente inclusivas: 40% respondeu “nada me impede de inovar”;
  • Empresas de inclusão mediana: 21% respondeu “nada me impede de inovar”;
  • Empresas pouco inclusivas: 7%  respondeu “nada me impede de inovar”.

Diversidade e inclusão geram mais inovação que aumentos salariais

A pesquisa também identificou que a inovação é mais impactada por questões relacionadas à cultura, diversidade e inclusão do que por aumentos salariais. 

O impacto de fatores culturais foi estimado em 10,6%, enquanto a média salarial impactou em apenas 0,25%. 

Como construir uma cultura de inovação com diversidade e inclusão

Entendemos que diversidade e inclusão gera mais inovação nas empresas. No entanto, colocá-las em prática é um desafio na esmagadora maioria das organizações. 

Antes de entender como diversidade e inclusão podem ser implementadas nas organizações, veja o que cada conceito significa. 

O que é diversidade nas empresas? 

Ter uma empresa diversificada significa contar com uma força de trabalho multicultural. Ou seja, formar uma equipe com pluralidade em gênero, etnia, orientação sexual e crenças. 

A taxa de diversidade em uma empresa pode ser mensurada pela proporção de colaboradores em grupos minoritários ou em estado de exclusão no mercado de trabalho. 

Quer aprender a fazer um recrutamento com mais diversidade e inclusão? Baixe agora nosso infográfico e conheça as melhores dicas:

Banner do infográfico "Recrutamento e diversidade nas empresas", com um botão escrito "baixar agora"

O que é inclusão nas empresas? 

A diversidade, por si só, não garante a inclusão destes grupos nos ambientes de trabalho, e não os coloca em igualdade em relação aos grupos maioritários

Inclusão nas empresas significa criar políticas e processos que visem desenvolver as habilidades profissionais de todos e todas, igualmente, porém levando em conta a individualidade de cada pessoa e sua vivência. 

Quando não se investe em inclusão, a empresa pode ter uma força de trabalho plural. No entanto, seguirá reconhecendo e promovendo pessoas de grupos maioritários, o que significa a manutenção de uma hierarquia desigual e injusta. 

Como promover diversidade e inclusão? 

Embora não exista receita de bolo para transformar sua empresa em um ambiente diversificado e inclusivo, há algumas ações que são imprescindíveis para você ter sucesso nessa promoção. Confira a seguir algumas ações: 

Engaje a liderança

Qualquer projeto relacionado a diversidade e inclusão só pode ser bem-sucedido quando há o engajamento genuíno e consistente da liderança da empresa. Só assim será possível a adesão por todas as áreas da organização. 

Contrate, retenha  e desenvolva pessoas pertencentes a grupos minoritários

Diversidade e inclusão nas empresas começa pelo recrutamento e seleção. A partir do momento em que a empresa  forma times plurais, a transformação começa a acontecer. 

Planeje e estabeleça metas  para equiparação salarial e hierárquica

De nada adianta, no entanto, formar times plurais e manter uma estrutura desigual. É preciso estruturar um plano de metas e ações para desenvolver e promover pessoas de grupos minoritários. 

Forme um time de líderes diversificado

Ao desenvolver e promover estas pessoas, a empresa constrói um time de líderes plural, com diferentes ideias e perspectivas. Isso transmite segurança ao time, mostrando que não é necessário pertencer a um grupo maioritário para ganhar reconhecimento e prestígio. 

Mensure e compartilhe os resultados 

Para manter o engajamento de toda empresa, é preciso que haja transparência quanto aos resultados das ações. Manter uma comunicação aberta sobre diversidade e inclusão também é importante para relembrar seu propósito e objetivos. 

Conclusão

Como você viu, diversidade e inclusão são conceitos fundamentais para gerar inovação dentro das empresas, e seus benefícios podem ser mensurados e comprovados. 

Conseguiu identificar como diversidade e inclusão podem ajudar seu negócio? Compartilhe em suas redes sociais e ajude mais empresas a se transformarem! 

Gostou do artigo? Então confira também nosso material Diversidade e Trabalho LGBT+: O passo a passo para uma empresa inclusiva!

Banner do checklist "Diversidade e trabalho LGBT+", com um botão escrito "baixe agora"

Inscreva-se na nossa Newsletter

New call-to-action
New call-to-action
Banner do calendário do RH 2020, com um botão escrito "baixe agora"
Dedila Costa | GUPY

Dedila Costa | GUPY

Depois de trabalhar na gestão pública, atuou em grandes projeto de expansão de marca empregadora de empresas brasileiras e multinacionais entre jovens como consultora especialista em Employer Branding. Atualmente é Coordenadora de Customer Success para clientes Enterprise. É apaixonada por gastronomia, meditação e conhecer novas culturas ao redor do mundo.