Plataforma LMS ou LXP: qual a melhor ferramenta de aprendizagem?

Entenda tudo sobre plataforma LMS e LXP e qual metodologia escolher como ferramenta de aprendizagem corporativa em sua empresa.


7 minutos de leitura

Você sabia que o mercado de treinamentos corporativos soma mais de U$S 87 milhões nos Estados Unidos, segundo relatório Training Industry Report?

Um estudo do LinkedIn intitulado Workplace Learning Report também pontuou que 90% dos executivos acreditam que o treinamento e desenvolvimento de colaboradores são essenciais para eliminar as lacunas de competências das empresas.

Com tantos avanços tecnológicos nos últimos anos, não há dúvidas de que o processo de aprendizagem seria igualmente impactado. Tanto é que diversas organizações integram a tecnologia em seus treinamentos corporativos, otimizando os processos e agregando melhores resultados por meio do desenvolvimento de colaboradores.

Nesse cenário, as companhias se questionam se a melhor ferramenta: a plataforma LMS ou LXP - conceitos e aplicações que você vai conhecer a seguir:

O que é plataforma LMS e LXP?

O Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) é uma plataforma de educação online que permite elaborar, personalizar, organizar e administrar módulos de conhecimento à distância.

Nessa abordagem, as atividades são centralizadas e os conteúdos são acessíveis em qualquer hora e local. Inclusive, também incentiva a autonomia dos participantes, entregando uma aprendizagem dinâmica e eliminando demais custos para os idealizadores.

Partindo da premissa da plataforma LMS, surgiu o Learning Experience Platform (LXP), carregando todas as vantagens do Sistema de Gestão de Aprendizagem. O método proporciona uma excelente experiência aos participantes devido à priorização de suas necessidades e expectativas de ensino.

Nessa segunda opção de abordagem, as pessoas aprendem de maneira ativa escolhendo seu próprio caminho para estudo, além da possibilidade de compartilhar materiais e interações entre os participantes.

Logo, pode-se dizer que no LXP, além dos colaboradores consumirem a aprendizagem, também representam um papel importante no aprendizado do próximo.

Quais são as vantagens do LMS?

A plataforma LMS permite que o departamento de RH determine as necessidades de ensino da organização e disponibilize conteúdos para suprir as lacunas de conhecimento dos colaboradores.

Na prática, a arquitetura dessa abordagem é construída para que haja organização de informações, dados e métricas. Geralmente seguindo um modelo padrão e predefinido que simplifica o desenvolvimento dos conteúdos para o ensino.

Na maioria dos casos, o LMS é usado para assuntos que são mais rígidos dentro da companhia. Com o controle de acesso e conclusão dos módulos de conhecimento, é o mais indicado para entregar certificações específicas aos talentos. 

Dentro da plataforma LMS para empresas, também é permitido que haja interações entre os participantes. 

Quais são as vantagens do LXP?

Na abordagem LXP, o centro da aprendizagem é o colaborador. Portanto, pode-se afirmar que a principal intenção desse método de ensino é focar na experiência dos participantes.

Com isso, ao invés de trilhas de aprendizagem criadas para suprir as necessidades da empresa, elas são elaboradas pelos próprios participantes. Eles são responsáveis por identificar as próprias lacunas de conhecimento ou desejo de aprendizagem e realizarem os módulos de ensino conforme suas preferências.

Vale ressaltar que é tudo de maneira adaptável, personalizada, conectada ao contexto da organização e à rotina individual de cada talento.

As companhias que implementam o LXP como solução em educação corporativa também ganham uma grande vantagem competitiva no mercado: reúne colaboradores interessados, autônomos, engajados, colaborativos e que possuem vontade de aprender cada vez mais.

Inclusive, o Learning Experience Platform estimula a cultura de aprendizagem contínua.

Saiba mais sobre → E-learning: o que é, como funciona e benefícios para a empresa.

As 4 principais diferenças entre LXP ou LMS

Existem algumas diferenças entre ambas abordagens de aprendizagem que devem ser pautadas antes de se optar por uma. Para conhecê-las, acompanhe o conteúdo a seguir.

1. Conteúdos

Quando a abordagem é LMS, o departamento de RH é o responsável por deter o controle de conteúdos educacionais disponibilizados nos módulos de ensino da plataforma.

Por outro lado, no LXP, os participantes fazem parte do processo de escolha dos conteúdos, o que permite uma educação personalizada e motivadora. Pode-se dizer que os colaboradores constroem os módulos de seu conhecimento.

2. Protagonismo

Na plataforma LMS para empresas, o processo de adicionar novos conteúdos, corrigi-los e atualizá-los é realizada pelo departamento de RH ou equipe especializada em treinamentos corporativos.

Porém, no LXP, com a abordagem permite que os colaboradores adicionem novos conteúdos de maneira prática, a agilidade de novos materiais, correções e atualizações são mais rápidas.

Inclusive, é importante ter uma moderação para monitorar os conteúdos adicionados pelos participantes e suas interações. Assim é possível que cada talento construa seu conhecimento de maneira autônoma e orientada.

3. Inovação

Por meio da personalização dos conteúdos, a plataforma LXP é considerada dinâmica e um avanço tecnológico na questão de educação corporativa.

Essa maneira de ensino é bastante comparada às interações na web de forma positiva por ser semelhante ao que o público está acostumado. Além disso, muitos autores comparam a Netflix e o Spotify ao LXP.

Logo, essa abordagem se mostra bastante alinhada aos últimos lançamentos tecnológicos do mercado, os quais são bastante valorizados pelos usuários, otimizando sua experiência e satisfazendo os participantes.

4. Engajamento

Ambas abordagens apresentam aspectos capazes de engajar os colaboradores no treinamento corporativo. O LXP tem, como foco, a experiência do participante e suas preferências de aprendizagem, tornando o ensino mais amigável, acessível e envolvente.

Uma vez que a abordagem LXP é implementada na organização, os colaboradores se sentem mais à vontade para acessar os conteúdos e materiais educacionais, aprendendo mais devido à praticidade e protagonismo no ensino.

Como consequência, empresas que implementam o LXP como solução educacional de talentos, atingem melhores resultados em treinamento e desenvolvimento de colaboradores no mundo atual.

Como é possível engajar os colaboradores com LMS ou LXP?

Tanto o LMS quanto o LXP apresentam níveis de engajamento, mesmo que o primeiro envolva menos os colaboradores no ensino. Porém, existem algumas práticas recomendadas para promover ainda mais o engajamento dos participantes:

  • Investigar o público-alvo: é essencial conhecer o time e os colaboradores que participarão da capacitação, assim é possível assegurar a melhor abordagem de aprendizagem para cada conteúdo;
  • Elaborar um plano de comunicação: saber como divulgar a aprendizagem é fundamental, como informar os talentos e sensibilizá-los a respeito da importância de sua participação nos treinamentos corporativos da empresa;
  • Envolver a liderança: a liderança corporativa consegue divulgar a capacitação e estimular os colaboradores a participarem da aprendizagem;
  • Desenhar a estratégia: elaborar uma estratégia referente ao treinamento é essencial para atender a demanda de todos os perfis comportamentais dos talentos, disponibilizando diversas abordagens de ensino e ferramentas adequadas;
  • Incentivar influências internas: colaboradores que tenham influência interna são importantes para incentivar os demais a se capacitarem simplesmente por serem persuasivos e motivadores, promovendo credibilidade aos treinamentos.

Por fim, também é válido lembrar que a comunicação interna é imprescindível para o engajamento dos colaboradores durante as capacitações corporativas.

E para conhecer o perfil comportamental dos colaboradores da sua organização, clique aqui e acesse um teste para conhecê-los, ou aprenda mais sobre os Arquétipos de Bartle neste E-book Quem é quem na Gamificação.

Qual é a melhor ferramenta de aprendizagem corporativa?

É muito difícil escolher entre um LMS e um LXP, não é mesmo? Mas essa não é a pergunta certa a se fazer.

A verdade é que você precisa de ambos: o LMS para estabelecer os fundamentos da aprendizagem na empresa e o LXP para promover uma cultura de aprendizagem contínua.

A Niduu oferece os dois!

Com a nossa plataforma LMS, você pode implantar rapidamente uma estrutura sólida de aprendizado na sua empresa e começar a impactar o desempenho dos colaboradores.

Já com o Niduu LXP, você pode proporcionar experiências de aprendizagem inovadoras para os seus funcionários e incentivá-los a continuar aprendendo ao longo da carreira.

Mas, independentemente do tipo de plataforma escolhida, é necessário que a empresa esteja preparada para abraçar uma nova era de aprendizagem corporativa. Isso significa ter um mindset adequado, que enxergue a aprendizagem como um processo contínuo e dinâmico, capaz de gerar resultados positivos para todos os envolvidos.

As plataformas LMS e LXP oferecem diferentes funcionalidades e vantagens para as empresas.

É comum que muitas companhias ainda não saibam como entregar treinamentos de qualidade aos seus talentos, e é por esse motivo que você deve contatar uma especialista na questão, como é o caso da Niduu.

Para atender a demanda de treinamento da sua empresa, entre em contato conosco e agende uma demonstração gratuita de LMS ou LXP.

Gupy e Niduu
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →