Trabalho depois dos 40: como se reinventar para o mercado


5 minutos de leitura

Se recolocar no mercado de trabalho depois dos 40 pode ser um grande desafio, principalmente se você estiver há muito tempo sem participar de processos seletivos. 

Apesar de anos de experiência, muitas pessoas encontram dificuldades em serem contratadas quando estão acima dessa faixa etária, pois o mercado de trabalho precisa melhorar muito a inserção desses profissionais nas empresas.  

Mesmo assim, o cenário é positivo. De acordo com uma pesquisa da Gupy, houve um aumento de 217% na contratação de profissionais entre 40 e 50 anos em 2021, em comparação com o ano anterior. Portanto, esse mercado está em crescimento e aparenta ser promissor. 

Então, se você tem mais de 40 anos e quer saber como melhorar o seu desempenho nos processos seletivos e se reinserir no mercado de trabalho, continue lendo esse artigo! 

Como entrar no mercado de trabalho depois dos 40 anos?

1. Encontre empresas que combinem com o seu perfil profissional

Pesquise quais empresas e segmentos mais contratam pessoas acima de 40 anos. Existem alguns sites que podem te mostrar quais foram aquelas que mais se destacaram na contratação desses profissionais. 

A GPTW, por exemplo, premia empresas que se destacam em diferentes categorias e cria rankings das melhores empresas para se trabalhar. Uma das categorias é justamente sobre quais empresas mais contratam pessoas com mais de 50 anos.

Além disso, também pesquise a cultura da empresa e analise se os valores pregados pela organização combinam com o que você acredita e com quem você é. 

Essa breve análise pode ajudar a direcionar os próximos passos desse processo de busca por uma oportunidade de trabalho. 

2. Atualize seu currículo 

Um dos principais problemas no momento de criar um currículo é saber o que exatamente colocar nele. Muitas pessoas pensam que o currículo serve como um histórico de sua vida profissional e acabam adicionando todas as experiências profissionais que já tiveram na vida. 

Mas qual o problema disso? O problema é que o currículo pode ficar muito extenso e confuso, principalmente para as pessoas que possuem muitos anos de experiência.

Para solucionar esse problema e saber o que colocar no currículo, faça o seguinte exercício: reflita sobre todas as experiências profissionais que você já teve, desde cursos que já fez até projetos que já participou e anote tudo em um papel. 

Depois que fizer isso, pense com o que você deseja trabalhar agora e para quais vagas pretende se aplicar. 

<https://www.gupy.io/cs/c/?cta_guid=fae54143-7231-4c4d-9cf9-ae9c439d5774&signature=AAH58kFEMIegS7b7NK1B24v8trlGg-Xlug&placement_guid=06de39d0-8fe8-45f1-ab9c-2b72c6e59ea6&click=7b7a37f4-732d-412c-b990-edc5ec938134&hsutk=93bc115f4f4cbd5a7be080b2ed015d5b&canon=https%3A%2F%2Fwww.gupy.io%2Fblog-clientes%2F-temporary-slug-337cf7a6-277f-4161-b008-c2fdd805f8f3&utm_referrer=https%3A%2F%2Fwww.google.com%2F&portal_id=3299491&redirect_url=APefjpECIYJfiT3Hf4b5ugOU9ofWRCiTgEPOzrYeEXPEaVbKHmHR13pMC7izubsrPx21w2>

A partir disso, analise os cursos que você já fez e experiências que já teve e perceba quais combinam com o que você pretende trabalhar agora. Pronto! Agora é só excluir aquelas vivências que não combinam tanto com o que você pretende fazer no seu momento de vida atual.

Não tenha medo de excluir informações que não são relevantes para a vaga que pretende se candidatar, porque, dessa forma, seu currículo ficará muito mais objetivo e conciso e será mais fácil identificar se o seu perfil combina com a vaga ou não. 

3. Crie uma rede de contatos

Criar uma rede de contatos — o famoso networking — é indispensável para quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho. 

Além de comunicar para pessoas próximas que você está em busca de uma oportunidade de trabalho, também é importante criar novos contatos neste momento. 

Você pode fazer isso participando de eventos, workshops e palestras na área que pretende atuar, por exemplo. 

Além disso, se não estiver presente nas redes sociais, é importante se cadastrar em redes como LinkedIn e Instagram, e manter seu perfil atualizado, com contatos profissionais de fácil acesso, para que, caso alguma empresa se interesse pelo seu perfil, entre em contato com você de forma fácil. 

Você também pode usar as redes sociais como um portfólio, isto é, um local para divulgar trabalhos e projetos que você já realizou ao longo de sua carreira. Isso também pode ajudar as empresas a conhecerem melhor o seu trabalho. 

Ter uma rede de contatos irá te ajudar a se conectar com pessoas que podem te indicar nas empresas ou precisar dos seus serviços algum dia, então não deixe de ampliar a sua rede! 

4. Atualize-se 

A atualização aqui é importante em diferentes níveis. É necessário atualizar-se tanto sobre as mudanças dentro da sua área de atuação, como também familiarizar-se com as novas tecnologias

Mas não se preocupe, você só precisa aprender o básico de tecnologia, apenas para auxiliar no dia a dia da sua função. É interessante aprender ferramentas como excel (para fazer planilhas), power point (para montar apresentações) e word (para escrever e organizar documentos). 

Você não precisa saber programas muito avançados, a não ser que você trabalhe especificamente com isso, não é necessário. 

E também é essencial descobrir o que mudou dentro da sua profissão, quais processos são diferentes e quais tecnologias são utilizadas agora. Você pode descobrir essas mudanças participando de eventos na área ou fazendo cursos e especializações. 

O mais importante aqui é saber o que mudou desde a última vez que você se informou sobre o mercado e a sua profissão e aprender a utilizar as novas ferramentas e processos. 

5. Mostre-se flexível e adaptável 

Apesar do cenário de contratações de pessoas acima de 40 anos estar em transformação, uma pesquisa demonstrou que uma das coisas que faziam com que as empresas contratassem menos pessoas acima dessa faixa etária, era a ideia de que esses profissionais pudessem possuir um perfil conservador. 

Então, deixe claro para as empresas durante a entrevista de emprego que você é uma pessoa que consegue se adaptar rapidamente às mudanças. Mas só faça isso se realmente possuir esse perfil.

Pense que o mercado de trabalho mudou muito nos últimos anos e, hoje em dia, os processos, tecnologias e demais recursos no dia a dia de trabalho não são mais tão constantes como antigamente. Em questão de meses, você pode precisar mudar a sua rotina completamente. 

Então, entre no mercado de trabalho tendo isso em mente e busque se tornar um profissional flexível para ser mais atrativo para as empresas

6. Faça seu cadastro em sites de vagas 

Atualmente, muitos processos seletivos são feitos de forma parcial ou totalmente online. Isso significa que é essencial que você cadastre seu currículo em plataformas de vagas de emprego, para que não perca oportunidades. 

Além disso, também é importante aprender a utilizar essas plataformas de vagas, para conseguir aproveitá-las ao máximo. 

O Portal de Vagas da Gupy é um exemplo de plataforma que reúne diferentes vagas das maiores empresas do Brasil. Entre e cadastre-se!   

E para utilizar a nossa plataforma da melhor forma possível e ver dicas para melhorar o seu desempenho em processos seletivos, faça o nosso curso 100% gratuito “Dominando a Gupy: como aproveitar ao máximo a plataforma de empregos”.

7. Encontre alternativas para se inserir no mercado de trabalho

Caso não consiga um emprego formal imediatamente, esteja aberto a outras possibilidades para adquirir mais experiências. 

Você pode tentar fazer um trabalho voluntário, aproveitar seus anos de experiência e trabalhar com consultoria, também pode trabalhar como autônomo com diferentes funções, mesmo que não estejam relacionadas com a sua área de atuação.

Tudo isso pode te ajudar a entrar no mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, te atualizar sobre o que está acontecendo de novo. Então, tente fazer alguma atividade que possa te ajudar nesse processo. 

Esperamos que essas dicas tenham te ajudado! Estamos torcendo por você 💙 

Para saber mais dicas sobre carreira, processos seletivos, profissões e mais, acesse o nosso instagram @gupy.empregos

Banner de divulgação do Portal de Vagas da Gupy

Encontre a sua vaga de emprego

As oportunidades das empresas que mais crescem e contratam no Brasil estão na Gupy. Encontre vagas de emprego na nossa plataforma e comece a participar de processos seletivos ainda hoje!