Bem-estar corporativo: 6 formas de promover saúde e felicidade na sua empresa

A felicidade potencializa nossos resultados, produtividade e ganhos financeiros. Por isso é tão importante cuidar do bem-estar dos colaboradores no ambiente corporativo.


6 minutos de leitura

O bem-estar dos colaboradores no ambiente corporativo impacta diretamente nos resultados de uma empresa. Um clima organizacional bem estruturado, ergonômico e com incentivo à rotina de saúde e qualidade de vida tornam os funcionários mais produtivos e também mais felizes com suas ocupações. 

Promover uma cultura organizacional é difícil, principalmente se o bem-estar no ambiente corporativo ainda é um desafio, porém isso está longe de ser impossível. Investimentos em saúde mental, física e emocional proporcionam a capacidade de enxergar as necessidades de cada indivíduo e melhorar o ambiente organizacional para promover a saúde e felicidade na empresa. 

Criar um ambiente saudável e positivo, que seja estimulante para os colaboradores é essencial para que o trabalho não seja somente um meio de conseguir dinheiro e sim um lugar encorajador para buscar sempre a evolução

Neste artigo vamos falar sobre a importância de promover ações de bem-estar nas empresas e te dar dicas para começar a aplicar essa mudança no cotidiano. Continue sua leitura!

Os benefícios de oferecer salário emocional

Segundo o ranking nacional do GPTW (Great Place to Work), oportunidades de crescimento e qualidade de vida são os fatores que mais fazem as pessoas permanecerem em um emprego. Fica claro, portanto, que focar apenas em salários não é o suficiente.

“Nossas aflições, dores e sofrimentos só existem em nossa mente, e sentimentos como ansiedade, culpa, medo, angústia, estresse, depressão e dependência emocional estão diretamente ligados aos nossos pensamentos, para não dizer, tão somente ligados a eles”, explica Renner Silva, engenheiro, mestre em Ciência da Educação e professor da PUC-Minas na disciplina Ciência da Felicidade e Bem-Estar.

“Sabendo disso, fica fácil entendermos porque pesquisas ao redor do mundo mostram uma eficiência muito maior das pessoas cientificamente felizes quando comparadas às demais.”

O colaborador é o maior investimento da empresa, pois, sem ele, não é possível o crescimento e a lucratividade. Existem certos aspectos positivos e negativos em um local de trabalho e é nesse momento que entra a responsabilidade dos líderes da empresa, geralmente dentro do RH. Nesses aspectos entram fatores como cobranças, feedbacks e metas que são necessárias para garantir o desenvolvimento de uma equipe.

Manter e cuidar da saúde física, mental e emocional do colaborador impacta diretamente na produtividade, engajamento e retenção de talentos, além de diminuir o absenteísmo e taxas de burnout.

Empresas que conseguem implementar soluções que previnem doenças e estimulam o bem-estar já se encontram à frente da concorrência no mercado. Afinal, colaboradores felizes e satisfeitos trabalham mais motivados e tendem a se dedicar mais para o crescimento, metas e objetivos da empresa. 

Por isso, é tão importante criar estratégias que mantenham a saúde nas organizações a fim de diminuir os gastos com assistência médica, estresse e o risco de doenças ocupacionais. 

Investir, portanto, no colaborador é garantir que ele seja um porta-voz para a retenção de novos talentos, baseado em como ele se sente na empresa, ou seja, satisfeito e feliz.

Nova call to action

6 ações práticas para um maior bem-estar corporativo

Ações e interações positivas que promovam o bem-estar e um bom clima organizacional garantem um engajamento e um sentimento de pertencimento à equipe que é super benéfico para toda a corporação. 

Dito isso, confira algumas dicas para manter um ambiente corporativo com saúde, felicidade e produtividade em sua empresa.

  • Estruture uma cultura organizacional na empresa; 
  • Ofereça flexibilidade e home office;
  • Reconheça o trabalho do colaborador e ofereça oportunidades;
  • Faça ações práticas de bem-estar na empresa;
  • Aplique pesquisas de satisfação e sugestões;
  • Invista em programas de saúde mental.

Vamos detalhar cada um desses tópicos abaixo!

1. Estruture uma cultura organizacional na empresa

Uma cultura organizacional bem estruturada é fundamental para o desenvolvimento do colaborador e da empresa. Somente com ela é possível identificar como está a saúde e bem-estar corporativo dos funcionários, além de entender melhor suas dificuldades e trabalhar no que precisa ser melhorado. 

Afinal, é a partir dos valores da empresa que conseguimos traçar quem se sente parte da empresa e acolhido nesse ambiente corporativo. Uma cultura na qual o colaborador se sente valorizado e bem cuidado com certeza contribui para a felicidade corporativa e aumenta a produtividade, desenvolvimento, motivação e engajamento.

2. Ofereça flexibilidade e home office

Desde o início da pandemia o home office foi adotado por muitas empresas e muitas planejam continuar, pois é uma medida simples que garante maior flexibilidade para o colaborador que, em muitos casos, consegue ser mais produtivo de acordo com seus horários. 

Segundo uma pesquisa conduzida por professores de Harvard, a produtividade das pessoas em home office aumentou 4,4% e a qualidade do trabalho não foi afetada negativamente. 

Ou seja, uma jornada de trabalho flexível tem diversos benefícios não somente para os colaboradores, como também para a empresa. Não ter que lidar com o deslocamento e estresse pelo trânsito pode aumentar a qualidade de vida e o colaborador pode investir o tempo que ele iria gastar com deslocamento para realizar atividades que lhe garantam prazer.

Banner e-book "O futuro é híbrido: como encontrar o equilíbrio neste modelo de trabalho"

3. Reconheça o trabalho do colaborador e ofereça oportunidades

O reconhecimento do trabalho afeta diretamente na qualidade da produção de um colaborador. Por isso, investir no seu maior ativo e lhe oferecer oportunidades de crescimento faz com que o ambiente corporativo seja desafiador e encorajador. 

A valorização do trabalho, seja ele individual ou coletivo, cria uma sensação de identidade e pertencimento. Ao se enxergar como uma peça essencial para a empresa, o funcionário tende a se sentir mais motivado e consequentemente mais feliz por se sentir reconhecido. 

Além disso, a valorização e reconhecimento geram engajamento do funcionário na empresa, o que garante também o desenvolvimento e crescimento da mesma. 

Portanto, busque maneiras para recompensar o trabalho e promova novas oportunidades para sua equipe, fazendo com que a realização seja parte do ambiente corporativo da sua empresa.

4. Faça ações práticas de bem-estar na empresa

Para promover um ambiente que cuide da saúde e bem-estar dos funcionários é necessário a criação de ações que aliviem as tensões da rotina corporativa. 

Há inúmeras formas de evitar doenças que podem ser causadas pelo trabalho e função exercida, além de estresse e dores por esforços repetitivos. Um exemplo é que, ao ficar sentado muito tempo sem fazer um alongamento e se manter em uma só posição pode causar futuros malefícios à postura. 

Ações simples podem ser implementadas de forma acessível e efetiva, como alongamentos, ginástica laboral e meditação. Todos eles têm como objetivo exercitar e prevenir doenças ocasionadas pelo trabalho, principalmente os que ficam o dia todo sentados ao realizar suas atividades.

5. Aplique pesquisas de satisfação e sugestões

Promova pesquisas de satisfação referentes a liderança, a equipe e a empresa no geral para identificar as possíveis falhas na empresa e o que melhorar dentro da sua cultura

Sugestões também são sempre bem-vindas, uma vez que o funcionário pode perceber uma melhoria que talvez não seja perceptível para outros funcionários da empresa. 

Isso garante que o colaborador se sinta empoderado, melhorando seu desempenho e motivação para avançar em sua carreira. A partir disso, é possível aumentar os níveis de felicidade no trabalho abrindo espaço para projetos de inovação e flexibilizando a hierarquia dentro da empresa, por exemplo.

6. Invista em programas de saúde mental

O regime de isolamento social nas empresas mostrou para todos a importância de investir na saúde mental do colaborador. Diminuição de taxas de turnover, burnout e muitas outras que prejudicam a organização podem ser claramente perceptíveis quando se tem programas de saúde mental dentro da empresa. 

Investir em saúde mental é investir na produtividade, bem-estar, motivação e felicidade do trabalhador. Programas que contenham meditação, yoga, talks, terapias coletivas, mindfulness, reiki e diversas outras soluções podem ser extremamente benéficos para o colaborador e a empresa. 

Nesse sentido, contratar empresas que buscam melhorar o ambiente de trabalho e saúde mental dos colaboradores, como a Holos, é um caminho que pode contribuir significativamente para o crescimento da organização, pois, quando o colaborador se encontra bem, ele consegue produzir mais e com mais qualidade. 

São muitas soluções que podem ser aplicadas durante o dia a dia, gerando assim um maior bem-estar corporativo. Por isso, faça uma análise dos problemas levantados pelos seus colaboradores e aumente a capacidade de escuta dos líderes da sua empresa.

Esse é o primeiro passo para entender quais ações podem realmente ajudar a sua equipe com benefícios que impactem a vida de todos de forma benéfica. 

E você? Está aplicando alguma solução de bem-estar na sua empresa? Conheça o que empresas como a Unimed-BH, Servier do Brasil e SoftwareONE estão fazendo para lidar com os desafios de saúde emocional dos seus colaboradores nesse e-book completo!

Webinar - Muito além do setembro amarelo
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →