5 pontos importantes para conduzir bem o recrutamento interno


2 minutos de leitura

Este post começa com duas perguntas:

  • Como é feito o processo de seleção para novas vagas na sua empresa?
  • Como são conduzidos os processos de desenvolvimento, transição de carreira e promoções?

E se fosse possível aliar ambos? Com uma boa estratégia de recrutamento interno, sua empresa pode reter talentos, trazer novos desafios para colaboradores e, ainda, ter ganhos na gestão do conhecimento.

Se você não tem familiaridade com o tema, a gente explica de forma resumida: o recrutamento interno é a prática de fazer a seleção de colaboradores atuais da empresa para novas vagas abertas. 

Ele pode ser conduzido paralelamente ao processo externo, ser prioritariamente interno ou ser exclusivamente interno.

Neste post, vamos te mostrar alguns pontos importantes a serem levados em conta ao conduzir um processo de recrutamento e seleção internamente.

 

1. Divulgue as vagas para todos os colaboradores

É importante estabelecer um canal central para divulgação das vagas internas, de forma que todos os colaboradores possam ter igual acesso às informações.

Para isso, eleja um - ou mais - canais, aqueles prioritários para a comunicação interna da empresa e que as pessoas mais acessam. Algumas alternativas são: criar um canal no chat interno da empresa, ter uma seção no jornal mural ou publicar na intranet.

2. Alinhe as candidaturas com a liderança da área

O primeiro passo de um recrutamento interno deve ser o alinhamento da pessoa que está se candidatando com sua liderança. Isso é fundamental para evitar surpresas e mal entendidos que podem desencadear um clima organizacional ruim.

3. Deixe o andamento do processo seletivo claro

A pessoa que se candidatou à vaga deve ter clareza de quais são as etapas do processo seletivo e qual o andamento. Isso traz transparência, segurança e estímulo, de forma que é possível acompanhar sua evolução e saber como direcionar os próximos passos da carreira.

4. Dê feedback ao final do processo

Independente do resultado, é preciso dar um feedback honesto para a pessoa que tentou a vaga. Como ela trabalha na empresa, a forma como esse processo acontece pode fazer toda a diferença na satisfação dela com relação a empresa.

Honestidade e clareza são pontos fundamentais: explique os motivos pelos quais a pessoa foi ou não selecionada para a vaga, indicando pontos de melhoria ou novas oportunidades.

5. Tenha uma ferramenta aliada ao seu processo de recrutamento interno

Conduzir um processo de recrutamento interno pode ter um nível de complexidade tão alto - ou até maior - do que o externo, especialmente quando ambos são feitos juntos. Por isso, ter um software em que seja possível fazer o processo de forma centralizada pode facilitar muito e trazer otimização para o RH.

Com a plataforma de recrutamento e seleção da Gupy, conduzir internamente sua vaga de forma inteligente é agora uma possibilidade, eliminando planilhas e outros formatos paralelos na condução de vagas.

Além de publicação apenas para o público interno das vagas abertas, é possível conduzir todo o processo seletivo na plataforma, como já é feito para vagas comuns. Isso facilita a comunicação, participação da liderança e acompanhamento de indicadores. 

De forma simples e intuitiva, colaboradores têm acesso exclusivo a publicações de vagas internas ao fazer login na Gupy. 

Conheça a Gupy e veja tudo que a plataforma pode oferecer para o seu RH ser mais estratégico.

Recrutamento e Seleção ágil, justo e encantador com a Gupy. Agende uma demonstração.
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →