Wellington Nogueira no HR4results: como aumentar a produtividade no trabalho com a brincadeira

Propósito e brincadeira. O que essas palavras têm a ver com a produtividade no trabalho e possivelmente, o papel do RH no futuro?

Essa conexão é explicada pelo Wellington Nogueira, Empreendedor Social, besteirólogo e Fundador do Doutores da Alegria, ONG que organiza visitas de palhaços a crianças hospitalizadas.

Com uma notável trajetória, ele se formou em artes cênicas e mais tarde descobriu seu propósito como palhaço, trazendo alegria por onde passava. Conheça um pouco mais sobre a história de Wellington abaixo:

E é justamente sobre essa felicidade que Wellington vai abordar em sua palestra Alegria, propósito e mão na massa: Como coexistir e gerar grandes resultados” no HR4results

Sua filosofia de gestão traz justamente um novo significado da nossa relação com o trabalho- uma tendência que, segundo ele, é mundial.

Imagem do palestrante wellington nogueira no hr4results para falar sobre produtividade no trabalho“Já não trabalhamos mais para sobreviver, e sim para transcender. Isso só se faz com leveza. E, para viver com leveza, nós já sabemos, mas precisamos reforçar: começa por nós.”- Wellington Nogueira

Mas o que tudo isso significa? Para que o trabalho gere a inovação e produtividade que tanto queremos, ele precisa ser autêntico e menos rígido, mecânico e artificial.

Para tanto, devemos trabalhar de forma mais humanizada, flexível, com fluidez e coletivamente, pois dessa maneira é que conseguimos nos conectar com a alegria e o propósito do que fazemos. O caminho? Devemos “brincar para fluir”, ou seja, utilizar o conceito que ele chama de Play to flow.

Brincar para trabalhar

A palavra Flow, ou fluxo, é definido como um estado mental no qual um profissional que realiza uma atividade está totalmente imerso e focado, com envolvimento total no processo de uma atividade. Para Wellington, é possível ter um novo olhar deste fluxo, com a vida sendo um grande jogo e a melhor maneira de realizá-lo é pela brincadeira.

O resultado? mais idéias de conexão e abertura, entusiasmo, comprometimento para solução de problemas de forma inovadora. Como o fundador do Doutores da Alegria aponta : “Brincar ajuda a nos conectarmos uns com os outros de uma maneira autêntica, a nos recuperarmos de situações de stress intenso, gostar mais de nosso trabalho e permanecer curiosos com relação ao mundo ao nosso redor.”

Esse ambiente menos rígido e mais leve já foi constatado em outros países. Um exemplo contado por Wellington é o de Butão: o rei deste país percebeu que seu povo era mais feliz e ele foi tentar entender a razão e quais eram os indicadores para esse sentimento. Após pesquisar, viu que a felicidade residia na maneira como o povo vivia e como o governo criava as condições para isso.

O tempo era dividido entre a produtividade na carreira, convívio familiar e grupo social para cultivo de um senso de pertencimento e coletividade. A esse processo, deu-se o nome de FIB- Growth national happiness ou Felicidade Interna Bruta.

A felicidade e brincadeira possuem um impacto positivo na eficiência na organização que vai além da produtividade: também aumenta o engajamento, a criatividade e motivação, contribuindo para um clima organizacional muito melhor.

Outras pesquisas comprovam que o brincar pode diminuir o absenteísmo, o estresse e os custos com a saúde por colaborador, o que acarreta uma atitude mais positiva e um ambiente de trabalho mais energizado.

Como você pode ver, existem muitos benefícios do Play to Flow. E essa leveza toda não só vai estar na palestra do Wellington Nogueira, mas também na Feira de Experiências do HR4results. Conheça mais sobre ela!

Permita-se: conheça mais a Feira de experiências

Como seria ter, em um evento tão inovador, um espaço para criar conexões mais fortes e trabalhar- mas com liberdade e sem amarras?

Pois essa é a ideia deste ambiente: Gerar uma experiência sensorial para os participantes, onde eles podem se permitir momentos de descontração e aproveitar ao máximo cada um dos recintos.

A proposta da Feira de Experiências, que acontece no mesmo local da Feira de Inovação e HR Techs foi pensada nos seguintes espaços:

Imagem da Feira de experiencias do HR4results representando a produtividade no trabalho
Uma prévia da Feira de Experiências do HR4results

  • Espaço de Relaxamento: Ele oferece uma experiência de redes, pufes e outros elementos para que você repouse e recarregue suas energias.

  • Espaço de Diversão: A brincadeira traz inúmeras possibilidades para você ser mais produtivo! Serão mesas de jogos, pebolim e toda uma estrutura para que você possa criar ou fortalecer seu networking em um ambiente leve, divertido e despojado! Não se engane: são dos momentos mais descontraídos que boas oportunidades e contatos podem surgir!

  • Espaço de Trabalho: Você ainda pode aproveitar as mesas deste ambiente, como se estivesse em um coworking, para se conectar com sua empresa ou trabalho sem deixar de aproveitar o evento.

Lembre-se: A experiência é sua. Porém, você estará ali e poderá criar boas e duradouras conexões sem tanta rigidez.

Aproveite! Permita-se! Para dar uma mãozinha, Happy hours vão acontecer nos 2 dias do evento (08 e 09 de maio, no Centro de Eventos Pro Magno).

Quer saber a programação completa? Confira a agenda do HR4results e os palestrantes no site e corra para garantir seu ingresso!

New call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

New call-to-action
New call-to-action
Diagnóstico de recrutamento e seleção: Descubra e melhores a maturidade dos seus processos
Amanda Cardoso | GUPY

Amanda Cardoso | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela Universidade de Maringá, Amanda é Gerente de Eventos da Gupy e já atuou como Head of Business Development pela AIESEC. É apaixonada por desafios e trazer a inovação para o RH.