Treinamento de segurança: veja as 4 principais tendências para 2023

As tendências em treinamento de segurança para 2023 são responsáveis por atualizar os colaboradores frente às mudanças do mercado e atingir melhores resultados para sua organização.


7 minutos de leitura

As tendências em treinamento de segurança para 2023 são responsáveis por atualizar os colaboradores frente às mudanças do mercado e atingir melhores resultados para sua organização.

Desde 2020, diversas organizações buscam soluções eficientes para atualizar e reformular os treinamentos corporativos. Diversas mudanças e surpresas intensificaram a necessidade de desenvolver os colaboradores de maneira remota devido à pandemia da Covid-19.

Para 2023, uma das previsões é a otimização das soluções implementadas, além de compreender quais são as tendências em treinamento de segurança para o novo período. Acompanhe para descobrir.

Treinamento de segurança: o que esperar em 2023?

Com o avanço da tecnologia, principalmente em época de pandemia, as tendências em treinamento de segurança evoluíram bastante.

Como as soluções de capacitação ganhando impulso no mundo digital, separamos as quatro principais tendências para conhecer e implementar.

1. Aprendizagem adaptativa

A aprendizagem adaptativa se tornou bastante conhecida no setor de treinamentos corporativos nos últimos anos, e existem motivos relevantes para isso ter acontecido. 

Essa primeira tendência permite que haja uma experiência educacional elevada aos participantes porque se ajusta às suas necessidades individuais e interações em tempo real. 

O treinamento dispões um conteúdo diferente para cada colaborador, fazendo com que eles se tornem os protagonistas do próprio ensino. Isso aumenta o envolvimento e a probabilidade do conhecimento ser, de fato, retido após a conclusão das trilhas de aprendizagem.

2. Tecnologia imersiva

A tecnologia imersiva é, em outras palavras, a realidade virtual (VR) e realidade aumentada (AR). 

Enquanto a realidade virtual utiliza as informações geradas em computador (CGI) para a imersão total na experiência, a realidade aumentada é o resultado da combinação do CGI com o ambiente real. 

Apesar de existirem há décadas, essas tecnologias começaram a ganhar espaço no mercado nos últimos anos. Atualmente, são capazes de oferecer inúmeros benefícios para o treinamento de segurança.

Por exemplo, a realidade virtual pode ser implementada no intuito de treinar os colaboradores para encontrar falhas nos equipamentos de proteção individuais (EPI). Assim, não há necessidade de manter equipamentos defeituosos na empresa para adquirir essa experiência.

Por outro lado, uma sobreposição de realidade aumentada também pode ser usada em um canteiro de obras para treinar funcionários a identificar riscos sem colocar outras pessoas em perigo.

3. Aprendizagem social

A aprendizagem social é um conceito desenvolvido como teoria pelo psicólogo Albert Bandura em 1960. Em essência, esse é um modelo de ensino que determina que a aprendizagem ocorre em contexto social e por meio da observação ou instrução direta.

Em um ambiente de treinamento corporativo, esse aprendizado se dá de diversas maneiras. É o caso de usar um sistema que incentiva os colaboradores a realizarem perguntas ou ferramenta onde eles conseguem conversar entre si para trocarem conhecimento.

Na aprendizagem social, não importa como ela é introduzida, mas sim a experiência do ensino coletivo capaz de auxiliar na solidificação da cultura da aprendizagem empresarial.

4. Gamificação

Você já imaginou se os colaboradores da sua organização se sentissem entusiasmados com o treinamento corporativo, especialmente em tópicos de segurança, mesmo que desafiadores? A gamificação surgiu para isso.

Essa é uma solução implementada em diversas capacitações para elevar a taxa de adesão e conclusão ao treinamento. Também mantém os participantes engajados com o ensino, e se dedicando aos módulos de conhecimento.

Inclusive, a gamificação permite que haja interatividade entre os colaboradores com funções da mecânica de jogos, como pontuações, ranqueamento, sistema de premiações e recompensas, e mais.

Todas as funcionalidades da gamificação geram uma competitividade saudável entre os participantes. O ranqueamento de pontos, por exemplo, permite que eles vejam quem são os primeiros colocados. Com isso, se empenham para atingirem boas posições e conquistarem as recompensas.

Nesta última tendência citada, a chave é encontrar o equilíbrio entre os métodos de treinamentos eficientes e as mecânicas de jogos que divertem e engajam os colaboradores.

Solução em treinamentos corporativos para sua organização

O programa de treinamento corporativo é um grande aliado para suprir lacunas de conhecimento e atingir melhores resultados no mercado. No entanto, é válido compreender recursos essenciais antes de definir a melhor solução.

A seguir veremos quais são os seis recursos fundamentais para considerar.

Recurso #1: materiais e conteúdos ricos em conhecimento

Para que o treinamento de segurança se torne eficiente, é crucial fornecer materiais e conteúdos que chamem a atenção dos colaboradores e ricos em conhecimento. 

O ideal é que sejam intuitivos, amigáveis e responsivos, além de divertidos e envolventes para que a taxa de retenção do conhecimento seja evidente. 

Vale ressaltar que os materiais e conteúdos devem ser atualizados. Certificar-se que o treinamento seja revisado com frequência pelos seus criadores para englobar tendências e mudanças de normas e regulamentos da organização ou do mercado.

Recurso #2: análise de risco

Atualmente, a área de saúde e segurança ocupacional também tem evoluído bastante em relação à prevenção de acidentes. Logo, especialistas em segurança têm se concentrado em capacitar os colaboradores na identificação destes problemas, não mais apenas no controle de danos.

Os equipamentos elétricos estão entre os principais perigos que permeiam os setores. Mercadorias perigosas ou máquinas pesadas também são capazes de resultar incidentes preocupantes no trabalho.

Porém, ao realizar uma análise de risco, torna-se possível determinar as áreas de maior atenção e riscos à saúde do trabalhador. Assim é possível adotar medidas corretivas e preventivas para reduzir ou eliminar a probabilidade de acidentes, lesões e doenças provenientes desses perigos.

Recurso #3: variedade de idiomas

É imprescindível disponibilizar capacitações em diversos idiomas para que o participante tenha a oportunidade de escolher pela sua língua nativa e retenha informações.

Dependendo da organização, é fundamental entregar o treinamento em, além de português, inglês, mandarim, alemão e japonês, por exemplo.

Recurso #4: relatórios de fácil acesso em tempo real

As organizações sabem que não seguir os regulamentos de segurança pode ocasionar em multas potencialmente graves. Então é crucial que os colaboradores compreendam quais incidentes devem ser rastreados para os registros da companhia e quais documentos enviar diretamente ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Esse é um dos grandes motivos de capacitar os colaboradores. Dessa maneira, uma solução em treinamentos corporativos é a recomendação necessária para manter os registros em dia ao capacitar os funcionários.

Logo, é preciso investir no desenvolvimento e treinamento, assim como em relatórios de fácil acesso em tempo real caso o Ministério decida fiscalizar a segurança do ambiente de trabalho.

Nova call to action

Recurso #5: gestão de incidentes

É comum que as organizações busquem reconhecer e eliminar os perigos antes que se tornem um problema. Mas é preciso admitir que acidentes acontecem, e por esse motivo é fundamental que os colaboradores e a empresa estejam preparados.

Relatórios completos e precisos garantem que o incidente seja resolvido de modo adequado e indicam o foco de treinamento de segurança, capacitações adicionais ou novas medidas preventivas.

A gestão de incidentes é um procedimento imprescindível para as organizações, devendo ser claro e consistente. Todos os colaboradores devem ser orientados de como o procedimento funciona e como praticá-lo, visto que nunca se sabe quem pode acabar se envolvendo no acidente.

Recurso #6: valores flexíveis

Uma outra ressalva em relação aos recursos disponíveis em uma solução em treinamento corporativo são os valores. Escolha um sistema personalizado que atende as necessidades da organização, transparente em seus valores e que não carreguem taxas ocultas por extras desnecessários.

Normalmente, soluções de alto nível preparam pacotes individuais, sempre se atentando às demandas com módulos de conhecimento específicos para enriquecer a experiência dos colaboradores. 

Inclusive, atente-se também aos custos da implementação e suporte, sempre se certificando dos serviços que estão inclusos no seu pacote. 

Quer uma indicação de uma boa solução de treinamentos corporativos para sua empresa? Então entre em contato com a Niduu.

Será que as tendências passadas ainda têm relevância no mercado atual?

Certamente 2023 aponta tendências emergentes de treinamento. E existem outras que continuarão ganhando popularidade e espaço no mercado nos próximos anos também. É o caso do mobile learning e microlearning.

Com a popularização dos smartphones e dispositivos móveis conectados à internet, torna-se crucial integrar a tecnologia ao conteúdo dos treinamentos, além de acessibilidade fácil e prática.

Inclusive, ao longo da pandemia, o treinamento remoto se tornou ainda mais comum, uma solução eficiente para simplificar a capacitação e desenvolvimento dos colaboradores.

Esse é o tão conhecido mobile learning. Por outro lado, o microlearning trás outra proposta que, aliada a essa primeira e à gamificação, impulsiona a aprendizagem dos participantes.

Através do microlearning, os colaboradores se capacitam por meio de módulos de aprendizagem curtos, com duração média de 7 minutos, e capazes de se adaptar à realidade de cada um. 

A probabilidade de permanecerem ativos durante o conhecimento ofertado até a conclusão do curso é mais alta devido a ambas soluções, com mais benefícios que os treinamentos em sala de aula.

O mobile learning e o microlearning permitem uma experiência adaptável para treinar em qualquer período ou local que os participantes estejam. Assim como simplificam a retenção do conhecimento e driblam a curva do esquecimento, melhorando a adesão, continuidade e conclusão dos treinamentos corporativos.

Agora que abordamos as principais tendências em treinamento de segurança para 2023, é fundamental escolher as que fazem mais sentido para solucionar as demandas do seu trabalho.

Não se esqueça de conhecer mais sobre a Niduu, solução em treinamentos corporativos com trilhas de aprendizagem personalizável. Facilitamos a rotina de milhares de colaboradores, inclusive com as regulamentações de segurança estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Coloque seus treinamentos de segurança em prática com o auxílio da Niduu!

[CTA - FINAL] E-BOOK UNIVERSIDADE CORPORATIVA - EDUCAÇÃO CORPORATIVA
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →