APIs: O que são, como funcionam e como integrar?

O RH está se digitalizando. E já não era sem tempo! Novas ferramentas surgem a todo o momento, cada vez mais especializadas.

Cada uma dessas plataformas são adquiridas para resolverem problemas específicos. Mas para quem vê o processo de RH como um todo, fica uma nova questão: como eu faço meus sistemas se comunicarem?

Um exemplo prático: imagine que você acaba de adquirir uma ATS (Applicant Tracking System ou Sistema de Rastreamento de Candidatos) para gerenciar seus processos seletivos de modo mais eficiente.

Uma vez que você seleciona os candidatos que serão contratados, os dados deles deverão ser enviados para o seu time de Folha. Este envio geralmente é manual: o time de recrutamento envia as informações do candidato à Folha por e-mail, por exemplo.

Na busca de mais eficiência, contudo, é impossível não se perguntar: e se estes dados fossem enviados e gerassem uma ação com o time de Folha automaticamente? Com certeza seria muito mais rápido e evitaria erros.

Pois é justamente sobre isso que falaremos neste artigo. Você vai entender:

  • O que são APIs e sua importância na integração das plataformas;
  • As principais dúvidas sobre essa tecnologia 
  • Exemplos de integração
  • O futuro das APIs: o que esperar daqui para frente

Se você está adquirindo uma nova plataforma, é importante que você tenha algum conhecimento sobre como funcionam as integrações, pois alguns pontos desse tema precisarão ser discutidos durante o processo de aquisição. Continue a leitura!

APIs: O que são e por que são importantes para o RH?

APIs - ou Interface de Programação de Aplicações - são interfaces que permitem que programadores criem integrações entre softwares, comunicando uns com os outros.

Para entender mais facilmente, imagine que você está sentado em uma mesa de um restaurante. Você está lendo o menu e opta por um prato. A cozinha do restaurante é uma aplicação de software que prepara pratos para o jantar. Você é outro aplicativo.

Seu garçom é a API da cozinha. Assim, Você (Sistema A) dá seu pedido ao garçom (API), e o garçom o comunica à cozinha (Sistema B).

APIs são importantes porque automatizam tarefas repetitivas, poupando tempo e diminuindo a chance de erros, já que as informações são recebidas e enviadas de maneira estruturada.

Seus benefícios incluem:

  • Melhorar operações internas através da automatização de tarefas repetitivas;
  • Diminuir erros provenientes da ação humana;
  • Flexibilizar o uso das informações por meio de um uso personalizado;
  • Compartilhar informações com outros sistemas da empresa.

Integrações prontas

Algumas plataformas já estão integradas previamente. Por exemplo, sua ATS pode ter integrações com canais de divulgação para facilitar a atração dos seus processos seletivos.

Nesse caso, a sua empresa não terá custos para implementar a mudança, porém talvez essas integrações só estejam habilitadas para planos específicos.

Também poderá ocorrer da sua nova plataforma estar disposta a construir a integração que vocês necessitam. Esse ponto precisa estar muito claro e alinhado em contrato- Especialmente em relação a prazos.

A Gupy possui uma API que possibilita, por exemplo, receber uma lista com todas as aplicações de candidatos ou criar tags (ou um texto de classificação) em uma aplicação.

Exemplo de integração 1:

Uma empresa deseja, no final do processo de contratação, enviar os dados de um candidato que estão em uma etapa ou com alguma tag específica. Suponha que ele esteja na etapa contratado, com a tag “engenheiro”.

Para o ERP de folha de pagamentos, utilizando nossa API, é possível:

  • Extrair essas informações de maneira fácil.
  • Criar tags nessas aplicações após a integração, como exemplo: "aplicação integrada".

Exemplo de integração 2:

Uma empresa tem uma página de carreiras própria e deseja exibir informações das vagas cadastradas na plataforma. Utilizando a API, é possível receber informações da vaga, como nome, tipo e número de posições abertas.

Principais dúvidas sobre o API no RH

A maioria das pessoas não sabe o que é uma API. Isso acontece porque elas são invisíveis aos usuários de um software, que utilizam apenas a interface dos softwares e aplicativos.

As APIs são usadas pelos programadores na construção desses softwares. Existem inúmeros exemplos de softwares que consomem dados de uma API, e alguns exemplos são softwares ou aplicativos que são usados no dia a dia da maioria das pessoas como GoogleMaps, Waze, Facebook, Instagram e WhatsApp.

É muito difícil integrar APIs na Gupy?

Possuímos uma documentação com informações técnicas de como criar uma integração com a nossa plataforma.

Utilizamos atualmente o padrão JSON (representação de dados baseado na linguagem de programação Javascript) para expor os dados através de uma autenticação fornecida no formato de um token único para o cliente. Esse padrão é o mais utilizado atualmente pelo mercado.

APIs são seguras?

O acesso aos dados é criptografado e autenticado através de um token único por cliente. Cada cliente acessa somente as suas informações.

O futuro das APIs: o que esperar daqui para frente

A tendência é que cada vez mais os softwares tenham interfaces de comunicação e nós aqui na Gupy temos um time dedicado a desenvolver e melhorar a experiência de uso da nossa API.

Nosso objetivo é facilitar a integração com outros softwares melhorando ainda mais a eficiência dos nossos clientes.

Já no campo de recursos humanos, As APIs continuarão permitindo a comunicação entre aplicativos de software e vários dispositivos, o que continuará a abrir novas oportunidades para o RH.

Basta imaginar que seu smartphone começará a interagir com seu carro autônomo e permitirá que você entreviste um candidato enquanto estiver sentado no trânsito. As possibilidades serão infinitas.

Gostou do artigo? Então assine nossa newsletter para ficar por dentro de nossos materiais! 

New call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

HR4results: Participe do maior evento de inovação no RH
New call-to-action
Diagnóstico de recrutamento e seleção: Descubra e melhores a maturidade dos seus processos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Thales Pereira | GUPY

Thales Pereira | GUPY

formado em Sistema de informação pelo Centro Universitário Geraldo Di Biase, Thales é desenvolvedor full stack na Gupy e já atuou como desenvolvedor mobile.