Como o plano de saúde correto ajuda no recrutamento de talentos?

Sami

Por Sami


7 minutos de leitura

Recrutamento e seleção são rotinas comuns para gestores e profissionais de Recursos Humanos em empresas de todos os portes.

Afinal, é assim que se encontram os talentos – aqueles profissionais de alta performance capazes de potencializar os resultados da equipe.

Para que a contratação seja assertiva, não basta encontrar esses profissionais; é preciso ir além e selecionar pessoas qualificadas que tenham fit cultural com a organização.

É aí que entram benefícios como um bom plano de saúde, que deixa qualquer vaga atraente e ainda ajuda na retenção de talentos.

Nos próximos tópicos, explicaremos melhor essa relação, com detalhes sobre os benefícios mais desejados no mercado de trabalho atual.

Boa leitura!

O que é recrutamento e seleção?

Recrutamento e seleção é um processo que tem como objetivo contratar o profissional mais adequado para uma ou mais posições dentro da empresa.

Para isso, utiliza etapas de atração, análise de currículos, avaliações, dinâmicas e entrevistas até chegar ao candidato ideal.

Atualmente, recrutamento e seleção vêm ganhando cada vez mais importância, pois são ferramentas essenciais na construção de equipes de alta performance.

Ao contratar as pessoas certas, é possível impulsionar os negócios, aumentando sua lucratividade.

E ainda cortar gastos com a alta rotatividade, busca e treinamento de novos colaboradores.

Para que serve um processo de recrutamento?

Apesar de andarem de mãos dadas, recrutamento e seleção são dois conceitos diferentes.

Falando do recrutamento em si, ele serve para atrair pessoas com o perfil certo para uma posição, divulgando a vaga em canais de interesse da empresa.

A ideia, então, é anunciar que a posição está aberta, deixando claras as habilidades técnicas e comportamentais (hard skills e soft skills) requeridas para o cargo.

Dessa forma, a organização vai receber contatos e informações sobre os candidatos, formando uma base que será avaliada durante as fases da seleção.

Tipos de recrutamento mais comuns

Existem diferentes modalidades de recrutamento, determinadas conforme as necessidades da empresa.

A seguir, comentamos as quatro principais:

  • Recrutamento interno: consiste na seleção de pessoal qualificado para uma posição entre os próprios funcionários da companhia. Programas de treinamento, promoções e transferências estão entre os principais mecanismos que viabilizam o recrutamento interno, que tem a vantagem de ser mais econômico que as demais modalidades. Em contrapartida, restringe as competências àquelas que tiverem sido adquiridas pelos colaboradores
  • Recrutamento externo: é feito por meio da captação de candidatos no mercado de trabalho, seja de maneira ampla ou junto a fontes específicas – por exemplo, se houver parceria com uma instituição de ensino. Sua vantagem mais evidente é trazer a expertise de uma pessoa nova aos times, no entanto, costuma exigir mais tempo e dinheiro para encontrar o profissional adequado
  • Recrutamento misto: como o nome sugere, é uma mescla entre recrutamento interno e externo, que considera tanto funcionários quanto indivíduos disponíveis no mercado para ocupar a vaga em aberto. A ideia é aproveitar as vantagens de cada um, encontrando o profissional ideal de maneira rápida e econômica
  • Recrutamento às cegas: tem como propósito desconsiderar requisitos e preconceitos que afastam candidatos qualificados, contribuindo para a diversidade dentro da empresa. Geralmente, esse tipo de recrutamento é feito online, garantindo que informações como foto, nome, origem, etnia e idade dos candidatos ficam ocultas. Esse cenário propicia avaliações neutras, embasadas em competências técnicas e comportamentais apenas.

Como recrutar bons times para sua empresa?

Para recrutar times de alta performance, é preciso começar estruturando o recrutamento e seleção, a partir de um estudo para definir o perfil apropriado para determinada vaga.

Nível de experiência, formação acadêmica, domínio de ferramentas e metodologias são quesitos essenciais para descrever as habilidades técnicas requeridas.

Não se esqueça também das soft skills, como resiliência, trabalho em equipe, organização, proatividade, autonomia, entre outras.

Uma vez que esses fatores estejam claros, crie um anúncio de vaga atraente para a posição, destacando os desafios e os benefícios ofertados pela empresa.

Informar o salário é importante, porém, vale lembrar que a percepção da remuneração vai além disso: é complementada por vale-transporte, vale-refeição, auxílio-creche, bônus, plano de saúde, entre outros.

Quanto mais informação de qualidade, maior a chance de o anúncio atrair as pessoas certas, colaborando para um recrutamento inteligente.

Por fim, é hora de selecionar os canais corretos para alcançar profissionais de interesse.

Caso o recrutamento seja interno, e-mails, newsletters, chats, grupos internos nas redes sociais e murais físicos podem ser utilizados para divulgar a vaga.

Já o processo de recrutamento externo requer a inclusão de outros canais, por exemplo:

  • Sites que anunciam empregos;
  • LinkedIn e outras plataformas voltadas ao universo corporativo;
  • E-mail;
  • Grupos de WhatsApp e/ou Facebook direcionados a profissionais de uma área.

Importância dos benefícios na seleção de pessoal

Falamos acima sobre complementar o salário percebido com benefícios corporativos.

Mas o papel deles vai além, pois são vistos como vantagens adicionais que colocam sua empresa em destaque para atrair talentos.

Afinal, profissionais de alta performance recebem e avaliam diversas propostas simultaneamente, pois seu perfil é bastante requisitado num mercado cada vez mais competitivo.

A oferta de benefícios serve para evidenciar uma organização frente às outras, facilitando a captação de colaboradores qualificados.

Quais benefícios oferecer ao recrutar talentos?

A escolha assertiva de benefícios corporativos é uma tarefa desafiadora que requer pesquisa e conhecimentos sobre o seu mercado de atuação.

Vale usar dados coletados internamente entre os funcionários, além de levantamentos divulgados por especialistas para conhecer as vantagens mais valorizadas pelos profissionais.

Para ajudar você nessa dinâmica, trazemos cinco benefícios mais desejados no contexto pós-pandemia, segundo estudo da consultoria Robert Half.

Acompanhe!

1. Assistência médica

O plano de saúde é o benefício mais importante para a maioria dos profissionais, conforme 77,8% dos 620 participantes da pesquisa conduzida pela Robert Half.

Isso faz todo o sentido, pois o convênio médico permite que o funcionário e seus dependentes tenham assistência de qualidade sem precisar aguardar nas longas filas de espera do SUS.

Quando utilizado de forma estratégica, esse benefício ainda contribui para a retenção de talentos ao promover sua valorização e qualidade de vida no trabalho (QVT).

2. Vale refeição e/ou alimentação

Está aí mais um benefício que aumenta o valor da remuneração percebida pelos colaboradores, além de viabilizar uma alimentação saudável.

A escolha entre vale-refeição, vale-alimentação ou ambos depende da dinâmica de trabalho na sua organização.

Caso os funcionários passem a maior parte do tempo na empresa, o vale-refeição é indicado para um melhor aproveitamento do horário de almoço.

Já para as equipes que atuam em modelo híbrido ou remoto, pode ser mais útil dispor do vale-alimentação, que paga parte das compras no supermercado.

Ou mesmo ter parte do benefício em vale-refeição, parte em vale-alimentação para que possa escolher os dias em que vai preparar ou pedir comida.

3. Assistência odontológica

Além do convênio médico, o plano odontológico é relevante para manter os cuidados com a saúde bucal em dia.

A possibilidade de incluir dependentes é um atrativo adicional.

4. Aportes na previdência privada

Com a maior conscientização sobre educação financeira, os profissionais brasileiros estão se preocupando mais com os rendimentos futuros.

Por isso, as companhias que fazem aportes em planos de previdência privada vêm conquistando pessoas competentes e engajadas, uma vez que o investimento demonstra cuidado com os colaboradores.

5. Auxílio home office

Durante a pandemia, o fechamento das empresas obrigou muitas pessoas a trabalhar em casa.

Contudo, nem todas receberam auxílio home office para adquirir equipamentos como notebooks e smartphones ou pagar pela conta de luz e internet.

Esse cenário colocou em evidência a necessidade de que as organizações concedam essa ajuda financeira aos empregados que utilizam seus próprios equipamentos para o trabalho.

Como escolher o melhor plano de saúde para seus talentos

O melhor plano de saúde é aquele que atende às necessidades dos colaboradores com qualidade e a um preço que cabe no seu bolso.

Foi pensando nisso que preparamos as dicas abaixo:

  • Estabeleça os requisitos prioritários, de acordo com as características da sua equipe. Se houver mães e pais, por exemplo, selecione um plano de saúde que atenda bebês e crianças
  • Determine o orçamento disponível antes de assinar o contrato, a fim de que as mensalidades não comprometam o fluxo de caixa da empresa
  • Caso os colaboradores não precisem viajar com frequência, vale economizar contratando um convênio médico com atendimento local
  • Verifique a reputação da operadora e dos estabelecimentos que compõem a rede credenciada
  • Dê uma olhada também no histórico de reajustes para evitar aumentos abusivos quando o valor for atualizado, o que acontece anualmente
  • Priorize os planos que oferecem medicina preventiva e cuidado coordenado. Assim, dá para evitar doenças e agravos e dar um up na qualidade de vida.

E, se você optar pela Sami, seus funcionários poderão ter isso e muito mais.

A Sami possui planos completos para MEI e empresas de pequeno e médio porte, com preços a partir de R$ 172 por pessoa. Além da rede credenciada com hospitais de referência em São Paulo, os planos Sami incluem Times de Saúde e a exclusiva Rede de Hábitos Saudáveis. 

Cada beneficiário Sami é acompanhado de perto por um Time de Saúde, formado por médico, profissionais de enfermagem e coordenadores de cuidado que, seguindo o modelo europeu de Saúde, cuidam do paciente por inteiro e resolvem até 85% dos casos, orientando o paciente por toda a sua jornada.

E a Rede de Hábitos Saudáveis oferece milhares de academias e studios em todo o Brasil e dezenas de apps de atividade física e saúde mental por meio de parceria com Gympass, facilitando seus cuidados físicos e emocionais.

Os planos Sami são para todas as pessoas com CNPJ ativo, incluindo MEI e empresas de pequeno e médio porte. Eles atendem as cidades de São Paulo, Guarulhos, Osasco, Taboão da Serra e ABC.

Webinar - Segurança Psicológica
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →