Por que é importante fazer a retenção de talentos?

O capital humano é um dos principais responsáveis pelo crescimento de uma empresa. Esse desenvolvimento só é possível quando a companhia pode contar com funcionários competentes, engajados e alinhados com a cultura organizacional.

O primeiro passo é fazer um bom processo seletivo, capaz de identificar com precisão os melhores profissionais para contratação. Porém, conduzir uma retenção de talentos eficiente é vital para que a empresa consiga manter esses empregados.

Para entender melhor como manter os bons funcionários na equipe, acompanhe este post.

Para evitar problemas causados pelo turnover

alta rotatividade de funcionários traz uma série de prejuízos para a empresa.

seleção de pessoas exige um bom investimento, além do treinamento e período de adaptação do novo contratado. Quando esse procedimento precisa ser repetido inúmeras vezes, acaba afetando de maneira negativa as finanças da organização.

O turnover também prejudica o engajamento e a colaboração entre funcionários. Esse problema gera dificuldades na construção de uma equipe coesa, o que atrapalha a produtividade e o alcance de metas.

Se também quiser ficar atualizado sobre as maiores tendências de R&S, confira nosso Ebook com as 10 principais!

10 Tendencias Globais de Recrutamento e Seleção

Para que a sua empresa seja bem-vista

Além de combater os problemas provocados pela rotatividade, uma boa política de retenção de profissionais ajuda a construir uma imagem positiva da empresa. Altos índices de demissões, voluntárias ou não, fazem com que o lugar seja visto como um espaço com clima organizacional ruim e que não valoriza seus empregados. Um bom profissional vai pensar duas vezes antes de se candidatar a uma vaga nesse local.

A sucessão de liderança também é beneficiada com a permanência dos funcionários por longos períodos. Com o tempo, eles ficam cada vez mais familiarizados com a política interna, os aspectos operacionais e administrativos. Assim, os cargos mais altos podem ser naturalmente preenchidos por funcionários que já demonstraram capacidade para tal.

Como fazer isso?

Um dos principais motivos que provocam a saída de funcionários de uma empresa é uma liderança ruim. É importante passar segurança e firmeza, mas, ao mesmo tempo, estar aberto para ouvir os empregados e trabalhar na construção de um bom ambiente. Treinar seus gerentes, para que saibam conduzir com competência a equipe e consigam lidar com diferentes pessoas, é essencial para uma boa retenção.

Outro aspecto importante é a falta de um plano de carreira. Por não enxergar possibilidades de crescimento profissional, uma pessoa pode buscar outras oportunidades de trabalho. Ter um plano de desenvolvimento claro, onde o indivíduo saiba o que deve fazer para alcançar patamares maiores, é um importante fator de engajamento.

O ambiente organizacional é outro fator que leva muitos profissionais a deixarem a empresa. Fica difícil trabalhar em um lugar onde as pessoas não se sintam à vontade, não tenham espaço para expor suas ideias ou sintam que não são valorizadas pelo empenho diário.

Sempre que pensar em como melhorar os resultados da empresa, leve sempre em consideração a importância de uma boa retenção de talentos. Perder o capital humano para a concorrência prejudica muito o andamento de um negócio, provocando grandes prejuízos. A implantação de estratégias para valorizar esses empregados é um verdadeiro investimento.

E você, gostou das nossas dicas? Aproveite para nos seguir no Facebook e Linkedin, além de assinar nossa newsletter ao lado, para ter acesso a mais dicas que vão ajudar a trazer os melhores talentos para sua empresa.

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

Ebook: Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de Candidatos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Mariana Dias | GUPY

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.