Coronavírus e o trabalho: quais cuidados o RH deve tomar?


5 minutos de leitura

Nos primeiros meses de 2020, o assunto mais comentado em cada canto do mundo é o COVID-19.

Essa pandemia, como todas as outras, trouxe um cenário amedrontador para nossa sociedade, já que resultou na contaminação e morte de milhares de pessoas. Considerando esse cenário, você já parou pra pensar na relação do coronavírus com o trabalho?

Para ajudar a conter o vírus, várias empresas estão adotando novos métodos e ferramentas para manter a segurança e o bem-estar dos colaboradores.

Acompanhando as necessidades do momento, queremos ajudar você a entender melhor como lidar com essa situação e prevenir a disseminação da doença da forma mais eficiente possível. Vamos lá?

Qual é a relação entre o coronavírus e o trabalho?

Todos já sabem que, em um ambiente de trabalho, temos contato com várias pessoas. Trocamos objetos, como documentos e equipamentos de trabalho, cumprimentamos e conversamos frente a frente com frequência.

Esses meios de contato são os principais caminhos para contrair as infecções respiratórias da COVID-19.

Por causa desse contato, muitas empresas vêm buscando e traçando planos para manter a segurança em suas instalações, restringindo o número de indivíduos em áreas de produção, propondo ferramentas, como o home office, e incentivando o cuidado pessoal de cada trabalhador.

Banner do ebook gratuito "guia rápido: melhores práticas para uma gestão de home office eficiente", com um botão escrito "baixar e-book"

Quais cuidados básicos devem ser tomados?

Para evitar o contágio em um ambiente com muitas pessoas, as organizações têm aumentado os cuidados de proteção para os empregados dentro do ambiente de trabalho.

Nesse caso, as principais medidas que precisam ser seguidas pelos colaboradores são:

  • evitar o compartilhamento de objetos pessoais (garrafa de água, celular, caneta, notebook etc.);
  • sempre que possível, lavar as mãos, esfregando cuidadosamente;
  • usar álcool em gel superior a 60%, para a higienização das mãos e dos objetos pessoais;
  • seguir um novo plano de horário, estabelecido pelo RH, para evitar aglomerações em locais fechados;
  • sempre que possível, utilizar materiais descartáveis;
  • manter o espaço de trabalho sempre limpo;
  • manter o local sempre ventilado, evitando o uso de ar condicionado. 

Outro ponto muito importante que deve ser reforçado é que, mesmo tomando medidas preventivas no ambiente de trabalho, existe ainda o trajeto entre casa e trabalho, onde os trabalhadores também estão expostos à contaminação, principalmente em transportes coletivos.

Por isso, além desses cuidados realizados dentro da empresa, que são indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), muitas empresas estão aumentando suas apostas em processos a distância. Afinal, o isolamento social é a melhor forma de combate ao vírus.

A atenção redobrada com relação à saúde dos funcionários é muito importante! Sabemos que todos nós corremos o risco de sermos portadores da COVID-19, entretanto, o risco para idosos é mais elevado e deve ser dada atenção especial a eles.

Se um colaborador apresentar sintomas como tosse, dor de garganta, febre e dificuldades para respirar, é fundamental que seja encaminhado para um hospital imediatamente.

Se conseguirmos fazer com que esses cuidados sejam seguidos por todos os colaboradores da empresa, além de trazer mais segurança e bem-estar durante a jornada de trabalho, estaremos contribuindo para a contenção do coronavírus.

Como garantir a segurança sem parar a produtividade?

Graças aos avanços tecnológicos, hoje, podemos contar com novos métodos para realizar tarefas dentro e fora das empresas. Devido a essa pandemia, muitas instituições estão adotando uma forma segura de realizar suas atividades por meio do trabalho remoto.

Como já foi abordado, o isolamento social tornou-se a melhor estratégia para que esse vírus não se propague. Se sua empresa tem condições de aderir a essa forma de trabalho, chegou a hora de pôr em prática.

O trabalho home office deve ser promovido pelo RH para o máximo de setores e atividades possível. Quando tomada essa medida, é preciso atentar-se para o fato de que o colaborador atuará fora de sua zona de conforto, pois o ambiente de trabalho em casa é totalmente diferente do de costume na empresa.

Com isso, uma maneira de manter o bom funcionamento e rendimento das tarefas realizadas pela equipe é estabelecer metas. Definir horários e prazos para a entrega das atividades é um ótimo jeito de manter o controle e a funcionalidade da empresa.

Se sua empresa trabalha com atividades que não admitem o trabalho remoto, é necessário que você tome os devidos cuidados. Ao realizar reuniões presenciais com os funcionários, por exemplo, evite ficar mais de cinco pessoas dentro do mesmo recinto. Lembre-se: o coronavírus é transmitido pelo ar, e todo cuidado é pouco nessas situações.

Como zelar pelas equipes a distância?

Mesmo com essas alternativas de trabalho e dicas de cuidados físicos, é de suma importância que cuidemos da nossa saúde mental.

Diante dos fatos que presenciamos todos os dias, principalmente no que se refere ao COVID-19, nossa mente começa a ficar sobrecarregada com todas as informações que temos que processar. Notícias ruins e questões de trabalho são exemplos que acarretam essas condições.

Por isso, é fundamental que o RH se mantenha sempre disponível para os colaboradores e ofereça acompanhamento psicológico sempre que necessário. Com essa atitude, a empresa passará segurança e, acima de tudo, mostrará ser uma fonte de otimismo em tempos de caos.

Algumas atividades podem ser incluídas nesse processo de adaptação das instituições, como dinâmicas de quebra-gelo. Geralmente, esse tipo de atividade é realizado dentro das empresas, para melhorar o entrosamento com os colegas de trabalho, não é mesmo? Mas, por que não realizá-las a distância?

O contato com as pessoas de sua empresa não é só necessariamente físico. Mensagens, chamadas de vídeo e reuniões virtuais também são meios de manter a união e o entrosamento das equipes. Assim, esses meios de comunicações também podem ser utilizados para realizar o quebra-gelo com os colaboradores.

Essa ferramenta pode melhorar a produtividade de trabalho e o compartilhamento de ideias. Mesmo a distância, a empresa estará trabalhando em um só conjunto, com os conceitos alinhados.

Conclusão

Diante das atuais circunstâncias, a maior prioridade deve ser zelar pela saúde dos colaboradores, e todo cuidado é necessário para podermos superar a pandemia do COVID-19, principalmente dentro do nosso ambiente de trabalho. Esperamos que tudo isso passe logo, e que as lições aprendidas fortaleçam nossas relações de trabalho!

Se você gostou do artigo, então conheça a iniciativa da Gupy em tempos de Covid-19 e acesse o Contratando pela saúde. Esse é o momento de unir forças, soluções e sonhos!

New call-to-action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →