Marketing de conteúdo para atrair candidatos qualificados

A ascensão do Marketing Digital durante a pandemia do coronavírus, possibilitou mais abertura para influenciarmos as expectativas dos nossos clientes. Na verdade, isso é válido até para as empresas que necessitam recrutar novos talentos.


7 minutos de leitura

O RH deve tratar os candidatos como consumidores, para que eles possam engajar de forma efetiva no trabalho em que estão se candidatando. É exatamente sobre isso que se trata o Inbound Recruiting, um conceito que advém do Inbound Marketing.

Ele consiste em uma estratégia de recrutamento focada em atrair, engajar e encantar candidatos. Contudo, a forma mais efetiva de gerar interesse no público adequado para a sua empresa por meio do Inbound Recruiting é criar conteúdo de qualidade.


Dito isso, aliaremos o conceito do Inbound Recruiting e do Marketing de Conteúdo no RH para que você, recrutador, entenda como atrair efetivamente seus candidatos, permitindo que eles sintam um gostinho da maravilha que será trabalhar na sua empresa.

O que é Inbound Recruiting?

Várias estratégias vinculadas ao "Inbound" surgiram nos últimos anos — assim como o Inbound Marketing e o Inbound Sales. Essas ferramentas são utilizadas para atrair, principalmente, a sua persona. Isto é, a empresa não interrompe o consumidor, mas faz com que ele considere a adesão ao produto ou marca da forma mais natural possível.

O princípio do Inbound Recruiting é praticamente o mesmo: atrair profissionais engajados e talentosos para a sua empresa, estimulando-os a se candidatarem ao processo seletivo.

Por sabermos disso, podemos compreender melhor como implementar as estratégias de Marketing de Conteúdo no RH para atrair seus candidatos perfeitos.

Mas o que exatamente é o Marketing de Conteúdo?

Devemos, antes de tudo, deixar explícito o seguinte: o Marketing de Conteúdo é um braço do Inbound Marketing. Trata-se de uma estratégia que foca em engajar o público-alvo — ou a persona — e fazer com que a sua empresa expanda sua rede de clientes — e potenciais clientes — por meio da criação de conteúdo relevante e útil.

Como qualquer estratégia decente, ela é fundamentada em alguns passos para ser implementada com sucesso. A seguir, mostraremos quais são essas etapas e as estratégias de recrutamento baseadas nelas. Confira!

Estratégias para implementar o Marketing de Conteúdo no RH da sua empresa

Pense no seguinte passo a passo para a criação de Marketing de Conteúdo:

  • Planejamento;
  • Elaboração da persona;
  • Criação de conteúdo;
  • Distribuição;
  • Mensuração de resultados.

Sempre considere estes 5 passos para basear as próximas estratégias voltadas à captação de candidatos e clientes por meio de conteúdos relevantes.

Posto isso, podemos dizer que, hoje em dia, a forma mais comum de entrar em contato com os candidatos é por meio das mídias sociais — considerando que 84% das empresas estão fazendo seu processo de recrutamento utilizando veículos como o Facebook, LinkedIn e Twitter.

Estratégia 1: determine os objetivos da sua criação de conteúdo para as redes sociais (Social Recruiting)

O caminho do sucesso sempre começa pela criação de uma base sólida. 

Como dissemos, a forma mais comum de entrar em contato com os candidatos é por meio das mídias sociais. Entretanto, é fácil para as empresas se enroscarem ao tentar encontrar seu público no meio virtual — já que existe uma grande variedade de plataformas na internet que podem ser usadas para a sua estratégia de seleção.

Portanto, comece com um cronograma das suas ações nas redes sociais e nas plataformas de recrutamento, isto é, quando elas serão executadas e se existe alguma data específica para começar o processo. Uma dica importante é que você utilize um calendário compartilhado no Google, por exemplo, e identifique com mais precisão quando cada conteúdo deverá ser planejado, postado e analisado.

Considere as seguintes dicas para quando for executar essas ações na sua empresa: 

  • visite o LinkedIn para conhecer melhor a experiência do candidato para a vaga;
  • engaje os candidatos no Twitter para conhecer a fundo os seus interesses e quais são seus valores — isso serve até para entender qual a cultura interna que a sua empresa deve aderir para manter seus funcionários;
  • monitore o Facebook para ter uma ideia de como o candidato interage com terceiros — desconhecidos, amigos e até com a família; 
  • utilize o Pinterest ou o Instagram para ter uma noção sobre em qual ambiente os candidatos passam a maior parte do tempo livre e o que eles gostam de praticar como hobbies.

Tendo isso em mente, você terá ferramentas para criar conteúdos pertinentes (sempre considerando a persona criada para o recrutamento) e atrair candidatos engajados, e interessados na sua marca.

Estratégia 2: trabalhe a sua base de e-mails

De uma forma ou de outra, a sua empresa será capaz de recolher os e-mails dos seus candidatos. Portanto, trabalhe essa base de contato para enviar mensagens sobre assuntos relacionados ao processo, como, por exemplo:

  • informações pertinentes sobre a sua empresa ou sua marca;
  • informações importantes sobre a candidatura daquela vaga em questão;
  • curiosidades sobre como a organização trata seus funcionários. Ou seja, a cultura interna da sua empresa;
  • informações sobre alguma novidade da sua marca.

Estratégia 3: utilize o Employer Branding a favor da sua empresa

O Employer Branding é uma estratégia que visa a construção e manutenção da imagem positiva da empresa. Mas como utilizá-la? Os passos abaixo servirão de bússola para você:

  • monitore o que estão falando sobre a sua empresa;
  • realize ações de fomentação de comentários positivos sobre a sua empresa;
  • garanta que o compartilhamento dessas informações seja usado a favor da empresa. 

No geral, para a estratégia de Employer Branding, deve-se estimular as equipes a produzirem materiais específicos sobre a empresa e que eles sejam espalhados com o intuito de atingir a sua candidate persona.

Estratégia 4: interaja regularmente com seu time de comunicação e marketing

O conteúdo para recrutamento deve receber a mesma atenção que os materiais voltados para os clientes da sua empresa. Agende regularmente reuniões com o departamento de comunicação e de marketing para se assegurar de que o material está em dia e também para alinhar esse mesmo produto ao padrão da sua marca.

Estratégia 5: implemente sugestões de pautas de criação de conteúdos mensais para a sua equipe

Seus funcionários são a melhor ferramenta para compartilhar e alcançar os objetivos que o Marketing de Conteúdo no RH da sua empresa deseja. Portanto, envie e-mails mensais que incluam pautas daquele mês para a produção de materiais, assim como posts sugeridos para compartilhamento nas redes sociais.

Estratégia 6: ofereça educação e capacitação para o progresso das carreiras

Conforme os talentos ficam mais jovens, diferentes prioridades entram em jogo. Por exemplo, sabemos que algumas pessoas não pretendem permanecer no mesmo emprego a vida toda (como os Millennials). Normalmente, essas pessoas dão prioridade a trabalhar em uma empresa que oferece oportunidades de expandir suas habilidades e aumentar seus conhecimentos. 

De acordo com um estudo realizado pela ManpowerGroup, quatro em cada cinco pessoas dizem que a oportunidade de aprender e aprimorar novas habilidades é um fator importante quando consideram um novo emprego. Além disso, 22% delas dizem ter a intenção de se afastar do trabalho para adquirir novas capacidades e qualificações. 

Para atender a essas expectativas da era da informação, as empresas que estão recrutando candidatos podem aproveitar a criação de conteúdo para enfatizar o jeito que promovem a autoeducação e reforçam o valor da aprendizagem ao decorrer da vida.

Foi exatamente isso que a empresa GE fez com a iniciativa "Balance the Equation", em 2017. Nessa campanha, a corporação colocou em destaque a professora do MIT e também pioneira em nanociência, Millie Dresselhaus, elevando-a ao status de celebridade, colocando sua imagem em camisetas, outdoors, anúncios e criando um emoji personalizado.

As duas intenções principais dessa campanha foram: dar mais visibilidade à importância do conhecimento adquirido pelas pessoas e inspirar a próxima geração de mulheres em busca de emprego no setor de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). 

Estratégia 7: mude a sua mentalidade de que "trabalho não é lugar para brincadeiras" 

A procura por emprego pode ser árdua — tanto para os candidatos quanto para os recrutadores —, mas adicionar leveza a essa equação pode dar vantagens para ambos os lados.

A empresa Kantega, por exemplo, uma desenvolvedora de softwares, criou um conteúdo para atrair desenvolvedores qualificados. Isso foi por conta, principalmente, da grande demanda por esses candidatos.

Então, para gerar uma vantagem ao seu recrutamento sobre essa competição, a Kantega produziu o vídeo "The Mysterious Life of Developers", um minidocumentário que registra a rotina dos desenvolvedores na sua empresa.

Após ser postado no YouTube, o vídeo rapidamente alcançou a marca de 22 mil visualizações em poucos meses. Além de ter sido escolhido pelos principais veículos de notícias e de ter ganho o prêmio de Melhor Uso de Vídeo em Marketing de Conteúdo no ano de 2018. Além disso tudo, ele também gerou um aumento de 3571% no tráfego para a página de recrutamento da Kantega.

Podemos entender agora a importância de implementar essas estratégias Marketing de Conteúdo no RH e melhorar a eficiência do recrutamento da sua empresa, certo?

Se você gostou do texto e quer compreender mais a fundo como funciona uma das principais ferramentas para encontrar talentos, o Facebook, dê uma olhada no artigo da Rock Content e entenda o motivo de essa mídia estar em ascensão!

*Este artigo foi produzido pela equipe da Rock Content

New call-to-action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →