Qual é a diferença entre departamento pessoal e recursos humanos?


5 minutos de leitura

Dentro de uma empresa, normalmente encontramos uma divisão de departamentos que são responsáveis por cumprir funções específicas dentro da instituição. Temos, por exemplo, o setor de produtividade que cuida da parte de planejamento e organização de estratégias de rendimento, além do controle de perdas e de produtividade dos funcionários. Dessa forma, é fundamental conhecer as funções de cada área para saber como deve ser operado cada processo.

Falando nisso, existem dois ramos dentro de uma empresa que despertam dúvidas sobre suas finalidades, até mesmo por quem trabalha dentro deles. Estamos falando do departamento pessoal e recursos humanos. Você sabe qual a diferença entre eles? Pois bem, embora possam ter algumas semelhanças, eles possuem pontos específicos de trabalho e são bastante importantes para o sucesso do negócio.

Sendo assim, preparamos este artigo contendo as principais informações sobre as diferenças entre departamento pessoal e recursos humanos. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

O que é o Departamento Pessoal?

Primeiramente, podemos pontuar que, enquanto o RH concentra suas atividades nas relações humanas, o Departamento Pessoal visa atender as questões burocráticas referentes aos colaboradores. Dessa forma, temos como algumas de suas funções os processos de admissão e de demissão de funcionários, bem como a gestão da folha de pagamento e a representação da empresa em situações externas, como uma ação trabalhista. 

O DP tem responsabilidades essenciais para a organização do negócio, já que garante o cumprimento de todas as leis e normas que dizem respeito ao sistema trabalhista. Com isso, é possível evitar problemas com a Justiça do Trabalho. Como você já deve ter percebido, esse setor está ligado aos assuntos administrativos-burocráticos, podendo ser dividido em três ramos:

  1. Admissão: os gestores lidam com os processos de integração dos funcionários à empresa, cuidando dos registros e dos exames admissionais;
  2. Compensação: gestão da jornada de trabalho, pagamento de salário e bonificações, bem como da gestão de tributos;
  3. Demissão: trata dos processos de desligamento dos profissionais com a empresa.

Nova call to action

O que é o setor de Recursos Humanos?

Já o setor de Recursos Humanos tem a função de criar um ambiente agradável, mediando a relação entre a empresa e os colaboradores. Para que esse objetivo seja atingido, é essencial desenvolver estratégias que irão estimular a motivação e bem-estar de todos os integrantes da instituição. Além disso, o RH também tem a responsabilidade de garantir o desenvolvimento profissional de cada um dos funcionários. 

Desse modo, atividades, como palestras e treinamentos são bastante recorrentes dentro desse programa de gestão. O efeito disso é profissionais mais qualificados e adaptados às suas funções, permitindo um maior rendimento dentro da empresa. Somado a isso, outras atividades são atribuídas ao setor de RH, dentre elas temos:

  • o recrutamento e triagem de colaboradores;
  • controle de ações e demandas internas dos funcionários;
  • avaliação de rendimento dos profissionais;
  • estabelecimento de plano de carreira e de salário;
  • mantém a cultura e o clima organizacional da empresa.

Dessa forma, percebe-se que o cenário de RH atual tornou-se um setor totalmente estratégico para a instituição, tendo o principal objetivo de cuidar e evoluir a gestão de pessoas. 

Quais as principais diferenças entre esses dois departamentos?

Agora que você já sabe o que é e como funciona cada departamento, é fundamental compreender as diferenças de atribuições de cada área em assuntos relevantes da empresa. Sendo assim, veja agora os principais pontos!

Relação com os colaboradores

A princípio, vale ressaltar que o RH é um facilitador entre os objetivos da instituição e as necessidades dos funcionários. Ou seja, ele transforma a organização da política interna de modo a possibilitar que os trabalhadores sejam atendidos em todas as suas demandas profissionais. Com isso, é possível estimular a motivação e engajamento de toda a equipe de produção. 

Já o Departamento Pessoal visa cultivar ainda mais essa relação, tendo a responsabilidade de gerir os salários, benefícios e demais direitos da rede de talentos da empresa. Quando o negócio consegue implementar esse serviço de forma correta, os colaboradores se sentem valorizados e parte da empresa, contribuindo para melhores resultados em produtividade e desenvolvimento. 

Segurança

Ao cumprir as estratégias de investimento para os colaboradores, bem como a implementação de uma boa política de plano de carreira e retenção de talentos, o setor de Recursos Humanos consegue transmitir aos seus empregados a segurança de que eles necessitam para alcançar seus objetivos e torna-se verdadeiramente parte da empresa. 

Já no DP, a segurança se faz por meio da escolha dos recursos corretos para a confecção da folha de pagamento, meio eletrônico e demais instrumentos que utilizem as informações dos profissionais. Além do mais, esse setor cuida para que a empresa possa pagar os impostos referentes aos colaboradores na data certa e com valores corretos, bem como aplicar o fundo de garantia na conta do funcionário. Nos casos de demissão, efetuar os cálculos rescisórios de forma justa. 

Valorização

O setor de RH vai muito além de gerir processos básicos de controle dos funcionários. Nesse sentido, atitudes, como prestar atenção nas condições ergonômicas dos trabalhadores, ouvir as sugestões e necessidades dos colaboradores, empenhar-se na valorização e desenvolvimento da rede de talentos da empresa, investir em treinamentos e qualificações são fundamentais para obter bons resultados. 

Essas funções possuem um grande significado para o sucesso do negócio, pois os profissionais se sentem importantes e são capazes de “vestir a camisa do negócio”. Dessa forma, para efetivar o crescimento da empresa nada melhor que valorizar o capital humano. No caso do Departamento Pessoal, essa valorização se dá ao conduzir de forma adequada todos os processos burocráticos dos funcionários. 

Isso engloba horários de trabalho, benefícios, salários e demais aspectos que são por vezes dúvidas e assuntos difíceis de compreender pelos trabalhadores. Com uma comunicação mais clara e objetiva o DP melhora a relação do empregado com a empresa e garante uma melhor relação de trabalho, melhorando cada vez mais o clima organizacional

Portanto, essas foram as principais informações sobre a diferença entre Departamento Pessoal e Recursos Humanos. Percebe-se que, embora os dois apresentam características particulares, ambos trabalham harmonicamente para a estabilidade e desenvolvimento do negócio. 

Gostou do artigo? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas atualizações!

Nova call to action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →