Inteligência emocional no trabalho: a importância para a equipe


5 minutos de leitura

Você sabia que a inteligência emocional no trabalho é um conceito que tem sido bastante valorizado nas organizações? Basicamente, ela é uma habilidade que pode impactar diretamente no comportamento dos colaboradores.

Por isso, é interessante as empresas e os funcionários pensarem na inteligência emocional e buscarem desenvolvê-la no ambiente de trabalho. Assim, é possível obter diversas vantagens, como o aumento da produtividade da empresa, além de contribuir para o crescimento de cada profissional. Continue lendo e saiba mais sobre o tema!

Neste conteúdo, você entenderá:

  • o que é inteligência emocional?
  • Quais os benefícios da inteligência emocional no trabalho?
  • Por que é importante pensar na inteligência emocional no trabalho?

O que é inteligência emocional?

O primeiro estudioso a falar sobre a inteligência emocional (IE) foi o biólogo Charles Darwin. Segundo ele, esse tema é extremamente importante para a adaptação e sobrevivência das pessoas.

No entanto, um dos pesquisadores que mais se destacaram diante desse conceito foi o jornalista e cientista Daniel Goleman — que ficou conhecido como pai da inteligência emocional. Portanto, seus estudos na área foram fundamentais para o entendimento sobre o assunto e a sua importância. 

Dito isso, para o autor, a inteligência emocional trata-se da capacidade de identificar e lidar com nossos próprios sentimentos. Além disso, ela também pode ser entendida como a habilidade de compreender as emoções das outras pessoas.

Então, um indivíduo que desenvolveu bem sua inteligência emocional é capaz de sentir, pensar e agir com consciência e inteligência. Assim, ele não deixa as emoções controlarem suas ações, o que pode evitar estresse, doenças psicossomáticas e traumas.

Quais os benefícios da inteligência emocional no trabalho?

Um dos primeiros passos para desenvolver a inteligência emocional é entender que somos movidos pelas emoções. Por exemplo, em um dia a dia de trabalho, com diversos projetos, tarefas e relatórios é comum estarmos mais cansados no final do expediente. Ainda, sabemos que no dia seguinte teremos que repetir todo o processo.

Para muitos profissionais, essa rotina pode se tornar desgastante e cansativa, o que prejudica a produtividade e a motivação no serviço. Por essa razão, é importante encontrar maneiras de lidar com essas responsabilidades.

Além disso, para os líderes, o recrutamento e seleção de talentos deve ser eficaz a fim de criar uma equipe engajada, conectada e que entregue resultados satisfatórios.

Uma das técnicas que se tornou relevante nesses processos é o desenvolvimento da inteligência emocional. Basicamente, esse conceito ajuda os indivíduos a terem um melhor controle e entendimento sobre suas emoções, a fim de usá-las ao seu favor.

Ainda, a IE permite que os gestores conversem com os funcionários de forma que extraia deles seus pontos positivos e negativos. Assim, é possível trabalhar com cada profissional com o objetivo de melhorar seu serviço e seu posicionamento.

Portanto, o desenvolvimento da inteligência emocional pode trazer diversos benefícios, tanto para a vida profissional quanto pessoal. Confira alguns deles!

Webinar - Muito além do setembro amarelo

Melhora o controle das emoções no ambiente de trabalho

Segundo uma pesquisa da Universidade do Vale do Paraíba, o desenvolvimento da inteligência emocional pode ser um grande diferencial em um mercado competitivo. Mas, você sabe como isso é possível?

No ambiente de trabalho, por exemplo, a pessoa que tem uma boa inteligência emocional é capaz de controlar suas emoções e lidar com elas de acordo com cada situação. Isso traz muitas vantagens, tanto para o profissional quanto para a empresa.

Afinal, os colaboradores que têm um bom controle emocional são mais cautelosos, equilibrados e intuitivos. Isso facilita a tomada de decisões nas tarefas. Portanto, a IE ajuda as empresas a alcançarem seus objetivos com mais facilidade e eficácia.

Reduz o estresse

A inteligência emocional pode beneficiar a automotivação do colaborador. Isso porque, quando um profissional tem ela bem desenvolvida, ele é menos dominado pelo sentimento de estresse e ansiedade.

Isso é fundamental para um negócio, já que, muitas vezes, é preciso lidar com pressões do dia a dia, conflitos e desafios no ambiente de trabalho.

Aprimora o relacionamento interpessoal

A construção de relações interpessoais trata-se da habilidade de trocar experiências, estabelecer relacionamentos e respeitar as diferenças, principalmente em uma equipe multidisciplinar. Diante disso, a inteligência emocional no trabalho torna-se algo fundamental.

Falamos isso, pois, criar empatia pelos colegas de profissão, integrar a equipe e fortalecer o networking são ótimas vantagens para uma organização.

Sendo assim, é importante que o setor de Recursos Humanos invista em treinamentos para desenvolver a inteligência emocional. Com isso, é possível obter uma equipe mais empática e recíproca. Dessa forma, a empresa garante um ambiente de trabalho mais saudável, produtivo e capaz de atingir suas metas e objetivos.

Vittude e o suporte emocional on-line

É simplificando o contato de psicólogos com pacientes que a Vittude, plataforma de terapia on-line, ajuda a propagar suporte e bem-estar emocional para pessoas de todo o Brasil. Em poucos cliques o paciente faz o cadastro e agenda uma sessão com o psicólogo(a) de sua preferência.

Para conhecer mais sobre como a plataforma pode auxiliar no suporte emocional de seus colaboradores, acesse o site da Vittude.

Por que é importante pensar na inteligência emocional no trabalho?

Como você pôde perceber, a inteligência emocional é a principal responsável pelo sucesso dos indivíduos. Isso ocorre, já que trabalhar dentro de uma organização exige habilidades de relacionamento e compressão humana em diversas ocasiões.

Em situações de conflito, por exemplo, é fundamental ter a IE bem desenvolvida. Isso porque qualquer falta de empatia ou ofensas pode prejudicar a solução de problemas no trabalho. Isso traz muitos prejuízos para a equipe e para o clima organizacional.

Além disso, a inteligência emocional não é apenas importante para promover a gestão de conflitos. Ela é um dos soft skills que traz muitos benefícios para as atividades dos profissionais e os resultados da empresa. Isso significa que ela também pode impactar na produtividade e satisfação dos colaboradores.

Portanto, é interessante que a gestão de pessoas de uma organização se preocupe com a inteligência emocional dos funcionários. Assim, esse setor é capaz de atrair novos profissionais, reduzir as reclamações trabalhistas e aumentar a motivação e o engajamento da equipe.

Por isso, dar valor à inteligência emocional no trabalho é um ponto essencial para as empresas se destacarem no mercado. Ainda, a IE é cada vez mais estimulada no mundo corporativo, uma vez que ela é uma grande aliada para garantir melhores resultados para um negócio.

Gostou deste artigo? Para conferir mais conteúdos sobre gestão de pessoas, desenvolvimento profissional, cultura organizacional e entre outros temas, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn.

Webinar - Muito além do setembro amarelo
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →