Pesquisa de engajamento: o que é e como fazer remotamente


2 minutos de leitura

Com o distanciamento social causado pela Covid-19, o home office passou de um futuro distante para uma realidade necessária. Mas para que nada saia do controle, o RH precisa de ações cada vez mais efetivas para alcançar todos os colaboradores. A pesquisa de engajamento tornou-se uma ferramenta fundamental para medir os impactos dessa nova rotina.

Nem todos os profissionais adaptam-se com facilidade às mudanças tão repentinas em sua forma de executar as tarefas e aos ajustes que precisam ser feitos a fim de continuarem produtivos e felizes. A empresa deve estar atenta para que o desempenho de seu corpo funcional não fique abaixo do esperado.

Neste conteúdo, vamos mostrar como a pesquisa de engajamento é importante para a empresa e seus profissionais em todos os processos de mudança. Confira!

O que é e para que serve a pesquisa de engajamento?

Diferentemente da pesquisa de clima organizacional, a de engajamento é uma forma de acompanhar, em uma frequência menor de intervalos de aplicação, como os colaboradores estão se adaptando às mudanças ocorridas em determinado período.

Por ser uma verificação mais focada, com poucas perguntas, é possível extrair os dados necessários e observar as alterações que precisam de maior atenção. Portanto, um questionário simples é capaz de fornecer essas respostas com eficiência.

Como realizá-la remotamente?

Não é necessária muita tecnologia para obter os resultados esperados. É possível realizar a pesquisa por e-mail ou WhatsApp. É importante a utilização de instrumentos precisos e ágeis, para que não ocorram erros nos resultados medidos.

Não se esqueça de informar aos colaboradores que o anonimato das respostas será preservado e não impactará em seu futuro na organização. Uma comunicação interna transparente é fundamental para que a tática tenha total adesão.
Banner do ebook gratuito "guia rápido: melhores práticas para uma gestão de home office eficiente", com um botão escrito "baixar e-book"

Quais ferramentas podemos utilizar para uma pesquisa eficaz?

Se a empresa é de pequeno porte, nada impede que um questionário simples (entre 5 e 10 questões) seja enviado aos colaboradores. Lembre-se de elaborar perguntas objetivas e de acordo com o que a empresa precisa saber. Após todas as respostas, é importante colher as informações e preparar os relatórios.

Para a pesquisa em uma organização de grande porte, existe uma ferramenta muito eficiente chamada NPS (Net Promoter Score). Utilizada, em grande maioria, para medir a satisfação dos clientes, esse método funciona muito bem em pesquisas internas de engajamento, emitindo os resultados com agilidade e precisão.

Após a coleta dos dados, o RH deve estar preparado para colocar em prática o plano de ação necessário para mudar a realidade apresentada. Portanto, o envolvimento da liderança é tão importante quanto o dos seus liderados, lembrando-se de que a equipe estará atenta aguardando as ações do RH.

Nesse período de mudanças tão rápidas nas rotinas das empresas, o RH deve atuar de forma ativa para atenuar os impactos e manter sua marca empregadora em alta. Ouvir os colaboradores é uma iniciativa que fortalece o vínculo entre a organização e o profissional.

A pesquisa de engajamento é uma ferramenta simples, barata e muito eficiente, capaz de detectar problemas que incomodam a rotina, a produtividade e a motivação dos colaboradores. Investir nesse método é uma forma de manter a empresa conectada e feliz, e o RH não deve negligenciar esse processo.

Esperamos que este conteúdo seja importante para a evolução do RH nas organizações. Se você gostou, não perca tempo e compartilhe-o em suas redes sociais. Ajude a fazer a diferença em outras empresas!

New call-to-action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →