Os 5 pilares de um recrutamento orientado ao candidato


4 minutos de leitura

Um processo seletivo eficiente é sempre pautado nos pilares do recrutamento orientado ao candidato. Nunca ouviu falar dessa metodologia? Ela foca totalmente nas necessidades e na experiência dos candidatos para desenvolver uma conexão duradoura com a empresa. Afinal, é esse relacionamento que, quando solidificado, consegue impulsionar o negócio.

Isso não significa que estratégias usuais de recrutamento devem ser deixadas de lado. Você continua a ter que fazer uma boa seleção de currículos, a elaborar dinâmicas e atividades interessantes, além de buscar maneiras de encontrar perfis que concordem com o que a organização busca.

No entanto, você conseguirá uma assertividade maior ao unir as duas coisas. Então, que tal conhecer agora os 5 pilares mais importantes para aplicar na prática e trazer um olhar mais afunilado para o candidato? Continue a leitura!

1. Certifique-se de que uma marca forte seja reconhecida pelo candidato na entrevista

Será que o candidato sabe mesmo onde está interessado em trabalhar? Não são poucas as pessoas que chegam até uma entrevista com pouco ou nenhum conhecimento acerca da empresa.

Por isso, um dos pilares do recrutamento orientado ao candidato é certificar-se de que a marca é forte e tem reconhecimento. Quando um candidato chega ao processo e entende que pode trabalhar em uma organização que tem uma excelente cultura organizacional, que se preocupa com seus colaboradores e que oferece todas as condições e os recursos possíveis para que faça bem seu trabalho, fica mais fácil conectar-se a ele.

É fundamental descobrir, com mais detalhes, como o candidato pode encaixar-se nesse ambiente, o que tem a acrescentar para a equipe, e assim por diante. É uma relação mútua, e muito valiosa, na hora de fazer a escolha certa de profissionais que estejam alinhados com a proposta da companhia.

2. Mostre os bons valores da empresa para reforçar os pilares do recrutamento

Outra questão importante é mostrar os bons valores da empresa, tanto em relação ao público externo quanto ao interno. Esse último, inclusive, é ainda mais especial. O candidato precisa ter a certeza de que a imagem que a organização tem para seus consumidores é considerada, também, para seus colaboradores.

Sendo assim, explique como é o ambiente de trabalho, como funciona a interação entre a equipe e os diferentes setores, o que a empresa faz para incentivar um bom relacionamento e uma boa convivência interna e como o colaborador participa efetivamente da construção do negócio. Sentir-se parte dessa missão é essencial para que o candidato perceba que será essencial em sua função.

Além disso, ao contribuir para o crescimento da empresa, também crescerá profissionalmente e financeiramente. O candidato deve sentir-se acolhido e entusiasmado com essas perspectivas.

3. Elabore planos junto ao candidato

Começar a trabalhar de imediato, de fato, é muito atrativo. O candidato, com certeza, chegará à empresa cheio de força de vontade e determinação para cumprir com suas tarefas. Porém, não se pode parar por aí. É preciso elaborar planos, porque o cenário do mercado e da própria empresa também podem mudar. Isso requer uma série de adaptações, que serão desafiadoras. Será que o candidato estará preparado para enfrentá-las?

Com base nessa dúvida, é fundamental traçar processos e etapas de recrutamento, que permitam que ele visualize seu futuro dentro da organização. Qual será o seu papel diante das mais variadas situações, sejam positivas, sejam de crise ou de oportunidade.

4. Reconheça as áreas a serem melhoradas

Uma empresa que já é boa, ainda assim, pode melhorar mais, como é o caso de um colaborador de excelência que, mesmo que bata suas metas, também conta com pontos de melhoria que refletem mais tarde em seus resultados.

Diante disso, é importante que esse também esteja entre os pilares do recrutamento orientado ao candidato. No momento da entrevista ou de determinada etapa do processo seletivo, o candidato precisa saber que a empresa está atenta ao que pode fazer de melhor para seus negócios e colaboradores.

Também deve estar ciente de que, como profissional, pode alcançar novos níveis de conhecimento. Essa melhoria conjunta é o que faz com que todos estejam voltados para o mesmo objetivo e sigam o mesmo caminho, sem desentendimentos ou discrepâncias nas demandas e entregas.

5. Fale sobre o sucesso anterior e anuncie sempre que possível

Por fim, lembre-se de mencionar o sucesso alcançado anteriormente pela empresa, em projetos realizados, propostas desenvolvidas e metas cumpridas. É muito importante que o candidato saiba que estará em uma organização que consegue alcançar o que se propõe e que seus colaboradores são os principais responsáveis para que isso aconteça. 

Ele deve entender que, se for selecionado, fará parte de uma equipe unificada, que trabalha com os mesmos propósitos e que tem confiança e respaldo suficientes para tomar decisões, fazer sugestões e dar feedbacks. Com o candidato ciente dessa parceria e dessa autonomia, fica mais fácil para o recrutador encontrar aqueles que se sentem motivados por essa percepção e se encaixam na vaga em aberto.

Esse é um conceito que pode, inclusive, servir como base para a técnica de inbound recruiting. Em resumo, ela visa a atrair o interesse dos candidatos ao correr atrás deles. Portanto, anuncie o sucesso alcançado sempre que possível, para atrair, converter e engajar os talentos para seus processos seletivos. Quando eles chegarem até você, conhecerão a empresa e saberão até onde ela pode chegar — e eles também, ao trabalharem ali.

Está com dificuldades em aplicar, na prática, os pilares do recrutamento orientado ao candidato? Procure por uma empresa especializada em Recursos Humanos para auxiliar nesse processo. O recrutamento não pode e nem deve ser uma ação que atrase as atividades da empresa e do RH.

Consequentemente, um olhar clínico a respeito da organização e do que ela busca em um candidato pode alavancar as contratações e torná-las mais precisas.

Por fim, considere essa opção e construa uma equipe forte e focada para seu negócio. Aproveite e conte nos comentários: quais desses pilares você julga de maior importância para a empresa e como foi sua experiência ao trabalhar com eles? Queremos saber!

Nova call to action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →