7 ações remotas de employee experience


4 minutos de leitura

O trabalho no formato home office já era uma realidade para segmentos do mercado ligados à tecnologia há algumas décadas, mas acabou se popularizando em outros setores recentemente. O que nos leva à necessidade de colocar em prática ações remotas de employee experience.

De forma simplificada, o termo se refere à experiência do colaborador ao trabalhar para uma determinada organização. Considerando que a satisfação dos profissionais gera impactos diretos em aspectos como a sua produtividade, nos resultados e no índice de turnover, é muito importante que as empresas atuais saibam como desenvolver esse conceito de forma estratégica e eficiente.

Por isso, preparamos este conteúdo para que você conheça as 7 melhores ações remotas de employee experience. Continue a leitura do artigo para saber como otimizar a experiência de seus funcionários no modelo de trabalho home office!

1. Promova momentos de descontração

Você já deve ter ouvido que para "quebrar o gelo" é preciso começar com uma piada, não é verdade? Pois bem, a ideia de promover momentos de descontração é driblar toda a tensão e a ansiedade que os colaboradores sentem assim que passam a integrar uma nova equipe. Lembrando que profissionalismo e ética devem ser os principais parâmetros que guiarão essas ocasiões.

2. Mantenha um diálogo eficiente com a equipe

A comunicação aberta é a chave do sucesso de qualquer projeto, independentemente de qual seja o meio em que ele está inserido. No contexto corporativo, manter um diálogo aberto e receptivo com a equipe é muito importante, em especial no trabalho remoto, pois ajuda a empresa a identificar pontos de melhoria, gargalos operacionais e outras questões cruciais para o desenvolvimento do negócio.

Portanto, encoraje os profissionais a darem opiniões sinceras a respeito de suas expectativas, ideias e percepções sobre a empresa e as demandas. Lembrando que isso só terá eficiência na prática se os colaboradores sentirem, de fato, que não sofrerão represálias ou consequências por exporem o que pensam.

3. Dê feedbacks

Ainda no contexto comunicacional, a troca de feedbacks é uma das ações remotas de employee experience mais importantes a serem colocadas em prática. Mas é preciso se desapegar da ideia obsoleta de que os feedbacks só devem ser destinados a apontar as falhas do profissional.

O fato é que, uma boa liderança, sabe motivar os seus colaboradores, estimulando-os por meio de elogios e reforços positivos sempre que eles atendem às expectativas do negócio e cumprem com as suas metas.

Lembrando que as conversas sobre pontos que devem ser melhorados em sua performance devem ocorrer sempre de maneira individual. Jamais exponha um funcionário durante reuniões de equipe, pois o constrangimento pode desmotivá-lo e encorajá-lo a procurar outra empresa.

Webinar - segurança psicológica

4. Estimule a interação dos colaboradores

Mais uma vez a comunicação aberta serve como recurso para promover ações remotas de employee experience capazes de otimizar a produtividade da equipe. Quanto mais engajamento os profissionais tiverem entre si, maiores as chances de que eles se ajudem diante de desafios cotidianos e cenários complexos.

Para isso, considere separar um período da semana para momentos de descontração entre os colaboradores, como uma dinâmica para que eles se conheçam melhor e desenvolvam laços de solidariedade e companheirismo.

5. Seja flexível

Uma das premissas do trabalho no formato home office é a flexibilidade. Ou seja, a possibilidade dos colaboradores realizarem as suas funções nos momentos em que são mais produtivos.

Diferente de como acontece no modelo tradicional, no qual os profissionais têm horas a cumprir dentro do estabelecimento físico da empresa, no trabalho remoto a ideia é gerar resultados que visem qualidade, em vez de quantidade.

Portanto, seja flexível com a sua equipe e não a sobrecarregue aumentando a demanda de tarefas apenas porque agora os funcionários trabalham em casa. Infelizmente, não é incomum nos depararmos com empresas que praticam "crunch" com o seu time de empregados. Isso não somente aumenta o índice de turnover, como também prejudica a imagem do negócio na sociedade.

6. Demonstre empatia

O momento que vivemos atualmente é delicado e tem exigido muito das pessoas, principalmente em questões emocionais. Para muitos funcionários, poder trabalhar de casa sem precisar enfrentar o trânsito e o estresse do transporte público todos os dias é uma verdadeira dádiva.

No entanto, muitos profissionais ainda não conseguiram desenvolver familiaridade com o “novo normal”, sem mencionar aqueles que têm um pouco de dificuldade para lidar com a presença constante de tecnologia em seu cotidiano.

Sendo assim, é muito importante que a gestão da empresa tenha capacidade de compreender que todo o mercado e a sociedade estão vivendo um momento atípico e o conceito de empatia não deve ser visto como um diferencial, mas sim como um aspecto comum no dia a dia da empresa.

7. Faça reuniões periodicamente

Um dos pontos positivos do home office é que a tecnologia facilita a comunicação entre a equipe, pois dribla uma série de empecilhos, como a distância geográfica que, às vezes, impossibilita que todos os membros da equipe estejam presentes no mesmo ambiente.

Sendo assim, faça reuniões com o time de profissionais periodicamente, pois dessa forma é possível manter as expectativas alinhadas, corrigir falhas, trocar informações e manter um diálogo aberto com os colaboradores. Sem dúvida, essa é uma das ações remotas de employee experience mais importantes para que toda a estratégia seja bem-sucedida.

Antes de finalizarmos, é importante destacar que ações remotas de employee experience, quando realizadas de maneira eficiente são capazes de proporcionar uma série de benefícios para a organização como um todo, como:

  • o aumento da produtividade mesmo no formato home office;
  • a contribuição com a saúde mental e o bem-estar dos profissionais;
  • a motivação da equipe;
  • a otimização da qualidade os resultados entregues;
  • o cumprimento dos prazos de entrega dentro das datas estabelecidas;
  • a redução dos índices de absenteísmo e turnover.

Para isso, é fundamental que cada colaborador seja considerado individualmente.

Como você pôde contemplar neste conteúdo, ações remotas de employee experience têm se mostrado cada vez mais importantes devido ao cenário em que nos encontramos. Ainda que a previsão seja que a nossa realidade retorne a como era antes muito em breve, a tendência é que o home office venha para ficar, já que reduz custos para a empresa e melhora a produtividade dos colaboradores.

Quer acompanhar mais conteúdos informativos e novidades sobre o RH, processos de recrutamento e seleção de profissionais? Então, siga a página oficial da Gupy no Facebook para não perder mais nenhuma postagem!

Nova call to action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →