Análise de Dados no RH: O Poder do Talent Intelligence

Talent Intelligence é a técnica de acompanhar de perto os grandes players do mercado para se aproximar de suas estratégias de Recrutamento e Seleção. Veja como fazer isso no artigo completo!


7 minutos de leitura

Quem está por dentro das tendências do mercado de trabalho já deve ter ouvido a seguinte frase: dados são o novo ouro. Fazer a análise de dados é uma das principais estratégias das empresas para tomar decisões mais conscientes, precisas e assertivas — e é claro que o setor de RH não ficou fora dessa verdadeira transformação.

Uma nova técnica tem despontado no universo do Recrutamento & Seleção e despertado a atenção dos profissionais: o talent intelligence, ou inteligência de talentos, em tradução livre. 

Essa tática consiste, basicamente, em analisar o comportamento dos principais players do mercado para compreender como realizam as estratégias de contratação, de retenção de talentos e de employer branding, de modo a aprender com essas informações e aprimorar as estratégias do negócio.

Continue lendo e saiba como o talent intelligence pode aprimorar a análise de dados do seu RH e auxiliar o time a criar estratégias inovadoras!

 

Afinal, o que é Talent Intelligence?

Diante de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo por bons talentos, a employee experience, ou experiência do colaborador, é um dos itens mais importantes para a saúde da companhia. 

Ter um ambiente de trabalho verdadeiramente atrativo auxilia na desaceleração do turnover, na diminuição dos custos com recrutamento e torna a empresa mais robusta. Afinal, quanto mais tempo as pessoas colaboradoras se mantêm produtivas, mais tendem a acrescentar no crescimento do negócio.

Nesse contexto, o talent intelligence chega no RH para somar nas iniciativas de experiência do colaborador, de modo a fortalecer ainda mais a marca empregadora e a cultura organizacional da companhia.

Mas o que é esse tal de talent intelligence?

Conceitualmente, o talent intelligence se refere ao estudo de mercado focado nos principais concorrentes de uma empresa. Porém, essa análise não é nada comercial: pelo contrário. Aqui, estamos falando de pessoas

As análises de dados envolvidas no talent intelligence não falam sobre a concorrência de produto ou serviço. Elas falam sobre as empresas que estão contratando os melhores profissionais do mercado.

Dentro disso, é possível analisar informações como:

  • O que faz os colaboradores dessas empresas serem mais felizes?
  • Quais são as práticas de negócio que mais geram sucesso para essas companhias?
  • Quais habilidades estão sendo solicitadas nas vagas de trabalho?
  • Que tipo de vagas estão sendo ofertadas e quais funções as pessoas colaboradoras são convidadas a desempenhar nesses papéis?

Ao descobrir isso, é possível traçar estratégias reais para manter a empresa competitiva diante da aquisição de talentos.

Como a análise de dados com foco em Talent Intelligence pode impactar a companhia?

Mesmo que o Recrutamento e Seleção seja um foco exclusivo do time de RH e da liderança, a análise de talent intelligence consegue impactar em toda a empresa. 

Ao realizar contratações assertivas e diminuir o tempo de preenchimento das vagas, o setor de Recursos Humanos colabora diretamente com a saúde financeira da companhia. Além disso, o aumento da retenção de talentos torna o time inteiro mais robusto, forte e produtivo. 

Talent Intelligence e people analytics: uma parceria de sucesso

Não basta obter os dados, é preciso transformá-los em informações relevantes para a companhia.

É aí que entra um poderoso aliado do talent intelligence: o people analytics. E não se assuste com esse tanto de nomenclaturas em inglês! Vamos explicar direitinho como funciona cada um desses processos para que você tenha clareza de como aliar as duas estratégias no seu RH.

Enquanto o talent intelligence foca em olhar para os dados da concorrência por talentos, o people analytics é a estratégia de análise de dados relacionados aos colaboradores de uma empresa

Ao cruzar essas informações, o RH pode mapear os pontos de similaridade entre suas iniciativas e as dos concorrentes e, o mais importante, verificar quais são os gargalos que precisa preencher.

Ao aliar os dados do talent intelligence com as informações mapeadas no people analytics, o RH pode melhorar a aquisição de talentos e, em paralelo, identificar como aplicar novas estratégias à cultura da companhia com foco nos colaboradores que já fazem parte da organização.

Nova call to action

Como aplicar a análise de dados de Talent Intelligence na companhia?

Como essa estratégia é muito nova, não existe uma metodologia fechada sobre a melhor maneira de realizar as pesquisas de talent intelligence – o que, de certo modo, é excelente para o RH. Dessa maneira, é possível testar diversas formas de buscar por esses dados.

Algumas ideias de como começar:

  • Realize pesquisas com institutos confiáveis de Recursos Humanos;
  • Faça perguntas estratégicas nas entrevistas demissionais;
  • Pesquise em sites de avaliações, como o Glassdoor;
  • Verifique a reputação dessas empresas em sites como o Linkedin;
  • Realize testes diversos até encontrar a melhor metodologia para a sua empresa.

O que o RH pode descobrir com o Talent Intelligence?

Um método de investigação muito utilizado em estratégias de marketing é o levantamento de hipóteses para a realização de testes e, em seguida, validação dessas questões a partir das respostas encontradas.

Essa metodologia é amplamente utilizada por times que buscam desenvolver maneiras próprias de trabalhar — e pode ser facilmente aplicada à análise de dados quando se trata de talent intelligence.

Crie perguntas que precisam ser respondidas com dados. Desse modo, é possível traçar estratégias que surjam como verdadeiras respostas para os desafios da companhia.

As possibilidades são infinitas! Mesmo assim, traçamos algumas perguntas que podem ajudar você e o seu time a botar a mão na massa:

  • Quais são as vagas disponíveis nas empresas concorrentes atualmente?
  • Como é o plano de cargos dessas companhias?
  • Que tipo de competências são exigidas para as vagas junior, pleno e sênior?
  • Quais os benefícios que as empresas estão oferecendo?
  • Que tipos de benefícios os talentos sentem falta?
  • Como é a cultura organizacional dos concorrentes?
  • Quanto tempo os concorrentes demoram para fechar novas vagas?
  • Por que as pessoas costumam sair dessas empresas?
  • Onde as vagas dessas companhias são divulgadas?
  • Por que as pessoas decidem ficar nessas empresas?

Por Que a companhia deve focar em Talent Intelligence?

Diante de toda essa reflexão, o questionamento final é: qual a finalidade do talent intelligence na estratégia do negócio? Por que testar uma nova metodologia sem saber ao certo como ela funciona ou qual o melhor caminho para seguir?

Muitos aprendizados podem ser colhidos com testes fora da curva, isso é verdade. Além disso, os benefícios da análise de dados no RH são diversos. Quando se trata de talent intelligence, é possível observar alguns fatores:

1. Realize decisões mais estratégicas

Ao basear os caminhos da companhia em dados, o RH pode tomar decisões mais estratégicas e contar com a probabilidade de que as iniciativas sejam realmente valiosas.

2. Antecipe contratações mais urgentes

Quando se olha para o mercado, é possível identificar cenários diversos. A análise de dados ajuda a descobrir informações valiosíssimas sobre a disponibilidade de talentos necessários para a sua empresa de forma antecipada, garantindo que você consiga preencher vagas urgentes com mais velocidade.

3. Identifique padrões e conheça o mercado de talentos

Olhar para o que os principais players estão fazendo é a melhor maneira de conhecer o mercado de talentos disponível para o tipo de empresa que você trabalha. Estar em sinergia com esse conhecimento ajuda a identificar padrões de perfis de talentos de sucesso, auxiliando em contratações mais assertivas — o que impacta diretamente no crescimento da companhia. 

4. Construa times mais fortes

Melhores talentos geram times mais fortes, que geram empresas mais robustas e negócios mais estratégicos. Aqui não tem mistério, não é mesmo?

5. Aumente a produtividade do RH

A pesquisa constante resulta em uma análise frequente das ações realizadas para a aquisição de talentos da companhia. Conforme a estratégia é refinada, o RH precisa utilizar menos tempo para encontrar as melhores pessoas para as suas vagas, impactando diretamente na produtividade e na efetividade do setor como um todo. 

Banner divulgação material "Descubra a eficiência operacional do seu recrutamento"
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →