Desenvolvimento de pessoas: aprenda a planejar e executar


4 minutos de leitura
Programa de desenvolvimento de pessoas

Investir no desenvolvimento de pessoas é algo que traz benefícios diretos para a empresa e para os funcionários. É uma das melhores formas de reter talentos, alcançar a melhor performance e obter resultados de alto impacto. Por isso, neste artigo você vai aprender a planejar e executar esse processo da melhor forma na sua organização.

Diferença entre treinamento e desenvolvimento de pessoas

Antes de irmos a fundo nas técnicas de planejamento e execução para desenvolver pessoas, é essencial entender as diferenças entre desenvolvimento e treinamento.

O treinamento é algo pontual relacionado aos aspectos técnicos de uma função, tem uma curta duração. Pode consistir em um curso para aprender alguma alguma ferramenta ou uma palestra, por exemplo.

Já o desenvolvimento é um processo a médio/longo prazo, relacionado ao plano carreira, performance,potencial e objetivos da empresa. É válido ressaltar que o desenvolvimento de pessoas não é um papel somente do RH, mas também de toda a liderança. 

Ambos são importantes e se complementam, mas saber a diferença é essencial para uma boa execução. E agora que já vimos quais são elas, vamos descobrir o passo a passo para implementar um projeto eficaz de desenvolvimento de pessoas.

Passo a passo para criar um programa de desenvolvimento de pessoas 

Confira os 4 passos essenciais para implementar um programa de desenvolvimento de pessoas na sua empresa.

1. Faça o mapeamento das necessidades


O primeiro passo antes de começar qualquer iniciativa é entender quais necessidades ela vai ajudar a resolver. No caso do desenvolvimento de pessoas, é possível impactar na diminuição do turnover, aumentar o engajamento dos times, fomentar novos líderes, diminuir gargalos de processos, melhorar os resultados da empresa e muito mais.

Por isso, na hora de criar um programa de desenvolvimento é importante realizar um mapeamento, entender as lacunas de habilidades que a empresa precisa preencher a médio e longo prazo e entender o que cada colaborador deseja para a carreira. 

Os líderes conseguem atuar nessa segunda parte criando, por exemplo, planos de desenvolvimento pessoal (PDI) com seu time e assim traçando os próximos níveis de carreira.

2. Defina as metodologias e os recursos


Quando falamos sobre desenvolvimento de pessoas, englobamos competências técnicas e habilidades pessoais. E o aperfeiçoamento dessas técnicas precisa ser algo contínuo e deve estar presente na carreira todos os colaboradores.

Por isso, é preciso entender quais as metodologias se encaixam melhor para cada grupo de funcionários. Por exemplo: a geração X tem uma forma de aprendizado diferente dos millennials. O programa de desenvolvimento para um estagiário deve ser diferente de um especialista. Veja alguns exemplos de métodos de desenvolvimento:

  • Rotação - o funcionário exerce funções variadas, ganha experiência e desenvolve competências;
  • Qualificação externa - funcionário tem acesso à cursos profissionalizantes, técnicos, graduação e pós-graduação;
  • Feedback - ter um retorno sobre as entregas é essencial para que o colaborador melhore seu desempenho;
  • Mentoria -  o programa de mentoria auxilia, principalmente, no desenvolvimento de novos líderes.

Além da metodologia, é preciso definir os recursos necessários. Que podem ser:

  • Treinamentos;
  • Coach;
  • Psicólogo;
  • Mentoria;
  • Leituras;
  • Projetos;
  • Entre muitos outros.

Lembre-se sempre que a forma de aprendizado deve ser adaptada para cada estilo de colaborador. 

Confira a palestra do Joel Dutra sobre Novas Gerações e a Gestão de Carreira e Desenvolvimento.

Banner da palestra "Novas gerações e a gestão de carreira e desenvolvimento", com um botão escrito "assista à palestra online"

3. Engaje os funcionários

Você já deu os primeiros passos para a construção de um programa de desenvolvimento de pessoas. Fez o mapeamento das necessidades da empresa e dos colaboradores, definiu metodologias e recursos, agora é a hora de engajar os funcionários.

Apresente toda a jornada do desenvolvimento e os benefícios que isso traz tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Faça um trabalho com os líderes para que eles também ajudem a estimular a participação. Faça lembretes constantes sobre o programa e sua importância através de e-mail ou ferramentas de comunicação interna.

4. Acompanhe os resultados

Depois de planejar e executar, é preciso acompanhar os resultados, testar e melhorar. Colha os feedbacks dos participantes, dos líderes, da diretoria. Entenda se realmente o que planejou está sendo efetivo, faça testes em algumas áreas, anote todos os insights, a melhoria nesse tipo de programa deve ser constante. 

Não se esqueça de avaliar o custo total, o número de colaboradores que aderiram ao programa e o desempenho. Os KPIs analisados vão depender muito de área para área e os líderes podem ajudar neste acompanhamento.

Benefícios do desenvolvimento de pessoas

Ao longo deste artigo, vimos alguns benefícios que investir no desenvolvimento de pessoas traz para sua empresa e para os funcionários. Agora, vamos nos aprofundar um pouco mais em cada um. Confira.

Diminuição do turnover e retenção de talentos - cerca de 44% dos funcionários permanecem em uma empresa onde encontram oportunidade de crescimento, segundo artigo do GPTW Brasil. Ou seja, investir no desenvolvimento é de extrema importância para garantir talentos na sua companhia e diminuir as taxas de turnover.

Melhoria de desempenho - ao desenvolver pessoas, conseguimos extrair o melhor do seu potencial e, com isso, conseguimos atingir melhores desempenhos no dia a dia. 

Formar times de alta performance - como vimos ao longo do texto, o desenvolvimento de pessoas está relacionado a capacidades técnicas e pessoais, com isso, é possível formar times de alta performance, afinal, os funcionários aprendem a se relacionar melhor, focam em resolver os problemas e alcançar melhores resultados. 

Ao longo do processo, você vai descobrir outros benefícios que vão elevar sua empresa para o próximo patamar. 

Agora que você já sabe o passo a passo para planejar e executar um programa de desenvolvimento de pessoas, que tal baixar o nosso e-book "People Analytics: um guia para transformar a gestão de pessoas". Nele você encontra dicas de como aplicar dados para a gestão de pessoas. 

Banner do ebook "People Analytics: um guia para transformar a gestão de pessoas", com um botão escrito "baixe o e-book"
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →