Remuneração estratégica para analistas: o que é e como fazer


4 minutos de leitura

Os analistas são profissionais extremamente relevantes para as corporações e engajá-los é fundamental para garantir o sucesso e a competitividade da empresa.

Por isso, adotar a remuneração estratégica para analistas é benéfico e interessante para promover maior produtividade, espírito de equipe e engajamento entre os profissionais do setor.

Nesse artigo vamos explicar um pouco mais sobre o que é a remuneração estratégica para analistas, quais são os seus benefícios, quais os principais tipos e como planejá-la de forma assertiva. Siga a leitura do artigo e confira!

O que é remuneração estratégica e como ela é realizada?

A remuneração estratégica para analistas é um modo de bonificar os analistas que estão apresentando um excelente desempenho, bem como a estratégia serve para colaboradores de qualquer setor que estão prestando um serviço de qualidade.

Essa premiação pode ser realizada de diversas formas, dentre elas os benefícios não monetários como folgas extras ou cursos de aperfeiçoamento; a participação nos lucros obtidos pela companhia ou os benefícios remunerados, no qual é concedido um adicional no salário do analista a medida que ele vai apresentando resultados favoráveis.

Essa estratégia é muito sábia, pois promove a motivação dos colaboradores, afinal, eles serão reconhecidos por seus esforços e ficarão engajados a continuar prestando um bom trabalho.

Quais são seus benefícios?

A seguir veremos os benefícios gerados pela remuneração estratégica para analistas. Confira!

1. Melhoria no desempenho

Os analistas melhoram seu desempenho individual, pois, observando que o bom trabalho é reconhecido e garante benefícios, eles se sentirão mais engajados a dar o seu melhor a cada dia.

Logo, o trabalho é feito com mais atenção, agilidade e com menos equívocos.

2. Engajamento da equipe

O segundo benefício é o engajamento da equipe. Afinal, quando cada membro da equipe se ajuda os resultados individuais aumentam e, consequentemente, os resultados coletivos são aprimorados.

Logo, torna-se mais interessante promover relações de companheirismo entre os times, para que todos possam se beneficiar dos resultados favoráveis que estão gerando para a empresa.

3. Aumento na produtividade

Com o engajamento individual e coletivo, a produtividade é aumentada. Logo, os setores passarão a produzir muito mais e com muito mais agilidade e qualidade, fazendo com que os resultados possam ser conquistados rapidamente.

Isso é muito positivo, pois quanto maior a produtividade, mais possibilidade de bonificações o colaborador terá, como folgas extras ou um valor mensal a mais, afinal, ele estará expandindo o capital e o alcance da corporação.

4. Retenção de talentos

Ao atuar em condições tão favoráveis, os colaboradores farão de tudo para manter-se em seu emprego. Logo, ocorre a retenção de talentos, afinal, eles não se sentirão inclinados a buscar por novas oportunidades, posto que o cargo em que atuam promove inúmeros benefícios.

5. Atração de novos colaboradores

Por fim, a retenção de talentos resulta na atração de novos colaboradores. Afinal, os funcionários satisfeitos com seus cargos vão expor aos seus amigos e conhecidos sobre as vantagens de atuar na empresa que promove a remuneração estratégica.

Deste modo, a companhia receberá cada vez mais currículos de profissionais de alto valor que desejam a oportunidade de expandir sua carreira.

Banner do ebook "Experiência do candidato: como encantar do começo ao fim?", com um botão escrito "baixe agora"

Quais os principais modelos de remuneração estratégica?

A seguir veremos os principais modelos de remuneração estratégica para analistas. Confira!

1. Bônus

O primeiro modelo é o bônus. Esse modelo estimula a conquista de metas específicas em determinados períodos de tempo. Logo, quando o analista bate a meta estabelecida, ele recebe os bônus que foram previamente combinados com ele.

Esses bônus podem ser um acréscimo a remuneração do colaborador de acordo com as metas que são batidas.

Essa estratégia é interessante para ampliar a motivação dos profissionais a atingir as metas estabelecidas e para reduzir o stress causado pela pressão de garantir os objetivos da empresa, afinal, eles vão representar uma bonificação ao colaborador.

2. Meritocracia

Outro método de remuneração estratégica é a meritocracia. Esse método trata-se da definição de indicadores de desempenho específicos e que, são os mais interessantes para a empresa no momento.

O colaborador que conseguir se sair bem em todos ou na maioria dos indicadores, receberá uma bonificação monetária. Logo, quanto melhor for o desempenho do profissional, mais ele ganhará de bonificação.

Esse método é interessante para conquistar resultados rápidos, sem sobrecarregar os profissionais.

3. Avaliação 360 graus

avaliação 360 graus baseia-se em uma análise que é feita de colaborador para colaborador, no qual eles darão uma nota a cada colega de equipe.

Os colaboradores que possuírem as melhores notas receberão bônus extras. Essa metodologia é interessante para promover a união e melhorar o relacionamento entre os profissionais.

4. Gamificação

Já a gamificação é uma metodologia que oferece além de benefícios monetários, prêmios simbólicos que despertam o espírito competitivo. Ou seja, os colaboradores podem receber medalhar ou troféus, por exemplo, ao apresentarem um desempenho favorável.

Isso faz com que seja criado um clima de competição positiva e que os colaboradores se sinta reconhecidos e valorizados.

Como planejar estratégias de remuneração?

Para planejar as estratégias de remuneração para analistas é necessário conhecer as necessidades e os anseios dos colaboradores deste setor. Afinal, uma bonificação de caráter irrisório não vai promover engajamento nos profissionais.

Por isso, é preciso aprimorar a comunicação interna para que o planejamento da remuneração estratégica seja feito de maneira sábia, visando melhorar a qualidade de vida dos colaboradores.

Além disso, ao conhecer melhor os colaboradores, é mais fácil otimizar os recursos e investir no que realmente importa para eles e que pode contribuir para o crescimento da companhia. Logo, os profissionais vão se sentir mais compreendidos, ouvidos e valorizados.

Planejar estratégias de remuneração visando o bem-estar do colaborador, é uma maneira muito inteligente de desenvolver, engajar e reter grandes talentos na corporação.

Como vimos, a remuneração estratégica para analistas é um método excelente de aprimorar os resultados desses profissionais, bem como retê-los e engajá-los. A empresa que investe dessa maneira em seus colaboradores, torna-se cada vez mais competitiva e atrativa no mercado.

E então, o que achou do nosso artigo? Geramos valor para você? Para ficar ainda mais por dentro dessa e outras tendências do RH Estratégico, acesse nosso e-book gratuito e continue aprendendo!

Banner do ebook  gratuito "Enciclopédia do RH estratégico: recrutamento e seleção", com um botão escrito "baixe agora"
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →