Carta de demissão: saiba como fazer e veja 4 modelos prontos

Carta de demissão é um documento escrito utilizado por um funcionário para informar à empresa que ele se desligará dela.


6 minutos de leitura

Pedir demissão é um momento extremamente delicado da carreira. 

Não importa o motivo que te fez querer pedir o desligamento de uma empresa, muitas dúvidas sobre a melhor forma de conduzir esse processo podem surgir. 

Mas calma que nós vamos te ajudar! 

Neste artigo você vai aprender sobre: 

Vamos lá? 

O que é uma carta de demissão? 

A carta de demissão é o documento que formaliza o pedido de demissão de um funcionário. 

Esse documento é necessário quando um colaborador decide voluntariamente sair da empresa. Em casos de desligamento feito pela própria organização, ele não é requisitado. 

O ideal é que você avise a sua liderança antes de entregar a carta de pedido de demissão, para que o fim da relação com a empresa seja o mais amigável possível e para que ninguém seja pego de surpresa. 

Para que serve uma carta de pedido de demissão? 

No desligamento voluntário, a empresa paga um valor menor de rescisão em comparação à demissão feita pela instituição. 

Tendo isso em vista, a carta de pedido de demissão é um documento que ajuda a comprovar judicialmente que o colaborador de fato decidiu sair da empresa

Como pedir demissão? 

Se você está insatisfeito com o seu trabalho, quer mudar de carreira, recebeu uma outra proposta de trabalho ou qualquer outro motivo pelo qual você deseja sair do seu emprego, saiba que o mais importante é manter uma boa relação com a empresa atual

Mesmo que esteja saindo da organização, ter um bom relacionamento do começo ao fim pode te assegurar um bom networking, boas recomendações para trabalhos futuros e, até mesmo, a possibilidade de retornar à empresa futuramente, se assim desejar. 

É interessante que você lembre das dicas a seguir:

Nova call to action

1. Avise com antecedência

Esse é o primeiro passo para terminar esse vínculo de uma forma positiva. 

Ao avisar com antecedência e cumprir o seu aviso prévio, a empresa terá tempo para se organizar, remanejar as atividades e preencher a sua vaga, sem os problemas que poderiam ser gerados por uma saída repentina. 

2. Fale com o seu gestor 

Antes de comunicar a decisão para qualquer colega de trabalho, fale, primeiramente, com o seu líder direto. Isso evita que a sua liderança saiba da notícia antes de você comunicá-la.

3. Diga os motivos que te fizeram pedir demissão  

Depois de já ter tomado a sua decisão, independentemente do motivo, é a hora de informar a situação. 

Tenha sinceridade na hora de comunicar os motivos que te fizeram sair da empresa. Se for por uma nova oportunidade que faz mais sentido em sua carreira, aponte os motivos que fizeram você preferir a nova organização. 

Se estiver saindo por problemas dentro da empresa, também aborde esses pontos que te incomodaram. 

Seja qual for o responsável pelo seu pedido de demissão, com seu feedback sincero, a empresa poderá identificar motivadores comuns que fazem os colaboradores saírem da organização e pensar em estratégias para evitar que outros funcionários também queiram pedir o desligamento, melhorando o ambiente organizacional para futuros colaboradores.  

4. Tenha inteligência emocional

A inteligência emocional é indispensável nesse momento, pois ser uma pessoa sincera na hora de falar o porquê decidiu sair da empresa não é o suficiente se você não conseguir se comunicar de forma assertiva. 

Por exemplo, se estiver saindo da empresa por motivos estruturais ou de cultura, é importante saber apontar esses problemas citando situações que aconteceram e falando de forma clara e objetiva, sem ofensas e xingamentos. 

Dessa forma, você não só consegue ajudar a dar visibilidade para problemas que a empresa talvez desconhecesse, como também consegue ter uma despedida amistosa da organização. 

5. Formalize seu pedido de demissão 

O último passo desse processo é formalizar o seu pedido de demissão por escrito, isso é feito através da carta de demissão.

Ela serve para que haja a comprovação de seu pedido, a contabilização do aviso prévio e uma prova da data em que foi feita a solicitação de desligamento. 

Nova call to action

Como fazer uma carta de demissão? 

Essa carta deve ser escrita à mão e não digitada, pois serve como um comprovante de que foi você que de fato a escreveu. 

Existem alguns modelos que podem te ajudar a elaborar a sua carta de pedido de demissão e você pode se basear neles, mudando apenas as informações que correspondem à sua experiência. 

Algumas informações indispensáveis para o documento: 

  • Seu nome; 
  • Sua assinatura;
  • Nome da empresa;
  • Local e data (do documento e do Aviso Prévio);
  • Cumprimento ou não do Aviso Prévio; 
  • Solicitação de desligamento do cargo;
  • Nome do cargo.  

4 modelos de carta de demissão 

Abaixo você encontrará 4 modelos de cartas de demissão prontas para te ajudar na elaboração do seu documento: 

1. Carta formal de demissão com aviso prévio

À (nome da empresa) 

Prezado(a) (nome da pessoa líder)

Formalmente, venho por meio desta carta fazer o pedido de demissão do cargo (inserir cargo atual na empresa).

Cumprirei o aviso prévio, durante o período de __/__/__ (data de início do aviso prévio) até __/__/__ (data de fim do aviso prévio).

(Local e data)

(Assinatura)

(Nome completo)

2. Carta informal de demissão com aviso prévio  

À (nome da empresa) 

Olá, (nome da pessoa líder)

Como conversamos, estou pedindo demissão do cargo de (inserir cargo atual na empresa).

Agradeço todo o aprendizado que tive com o time e continuo disponível para o que precisarem. 

Cumprirei o aviso prévio, durante o período de __/__/__ (data de início do aviso prévio) até __/__/__ (data de fim do aviso prévio).

(Local e data)

(Assinatura)

(Nome completo)

3. Carta de demissão sem aviso prévio

À (nome da empresa) 

Prezado(a) (nome da pessoa líder)

Formalmente, venho por meio desta carta fazer o pedido de demissão do cargo (inserir cargo atual na empresa).

Se possível, solicito a dispensa do Aviso Prévio trabalhado e o imediato encerramento do contrato de trabalho. (pode ser interessante explicar o motivo para o não cumprimento do Aviso Prévio) 

(Local e data)

(Assinatura)

(Nome completo)

4. Carta de demissão detalhada com aviso prévio

À (nome da empresa) 

Prezado(a) (nome da pessoa líder)

Formalmente, venho por meio desta carta fazer o pedido de demissão do cargo (inserir cargo atual na empresa).

Agradeço fortemente pela oportunidade de trabalhar nesta empresa com excelentes profissionais que contribuíram tanto para o meu crescimento pessoal e profissional. 

A razão pela qual estou encerrando o meu contrato de trabalho é de cunho profissional, pois recebi oportunidades que me proporcionarão um grande desenvolvimento em minha carreira. (ou insira outro motivo que te fez sair da empresa) 

Cumprirei o aviso prévio, durante o período de __/__/__ (data de início do aviso prévio) até __/__/__ (data de fim do aviso prévio).

(Local e data)

(Assinatura)

(Nome completo)

Viu só? Se seguir essas etapas e utilizar nossos modelos como base, você poderá passar por esse momento tão difícil de forma mais tranquila e organizada. 

Te desejamos boa sorte nesse processo e estamos torcendo por você! 

E não deixe de ver novas vagas de emprego no nosso Portal de Vagas.

Banner de divulgação do Portal de Vagas da Gupy

Encontre a sua vaga de emprego

As oportunidades das empresas que mais crescem e contratam no Brasil estão na Gupy. Encontre vagas de emprego na nossa plataforma e comece a participar de processos seletivos ainda hoje!