Já ouviu falar em teste situacional? Saiba como usar na empresa

O teste situacional é um método que visa analisar o comportamento do candidato em situações que ele pode vivenciar no dia a dia da empresa.


6 minutos de leitura

Todos nós sabemos que o processo de recrutamento e seleção é uma das etapas mais importantes para um empreendimento, já que é a partir dela que a equipe de Recursos Humanos consegue construir um time de colaboradores engajado e alinhado com os propósitos da empresa. No entanto, o desafio está justamente no momento de estruturar esse processo, pois é necessário que ele seja capaz de identificar o profissional certo para o cargo disponível.

Ter a preocupação de escolher o profissional ideal é extremamente importante para o crescimento e desenvolvimento de uma empresa. Isso porque a escolha errada pode resultar em prejuízos que vão além do financeiro. Por esse motivo, é crucial que a aquisição de talentos seja feita de forma eficiente para garantir o sucesso do seu negócio.

Pensando nisso, preparamos este artigo para mostrar como o teste situacional pode ajudar você a identificar os colaboradores certos para a sua empresa. Então, acompanhe a leitura.

O que é um teste situacional?

Quando contratamos um colaborador esperamos que a relação desenvolvida entre ele e a empresa seja a mais duradoura possível. No entanto, por diversos motivos, esse relacionamento pode ter um fim antes do esperado deixando, assim, uma vaga disponível. Além desse fator também existe a possibilidade de crescimento da empresa que induz a realização de um novo processo seletivo.

De qualquer maneira, é preciso ter em mente que o recrutamento e seleção de novos colaboradores é uma ação que acontece várias vezes durante o tempo de atividade de uma empresa. Por isso, é muito importante que cada vez que for repetida seja revista para que sejam realizadas melhorias a fim de tornar o processo ainda mais eficiente

Nesse caso, a utilização de métodos que permitem a análise do comportamento do candidato de forma concreta e coesa tem sido a peça-chave para encontrar profissionais que estejam de acordo com os objetivos da empresa. Entre os vários tipos de metodologias está o teste situacional.

O teste situacional é um método utilizado pela equipe de Recursos Humanos para analisar o comportamento do candidato e testar suas habilidades diante de determinadas situações. Sendo assim, alguns acontecimentos que são comuns na rotina de determinada função são reproduzidos durante o processo para que o recrutador consiga analisar a reação do candidato. Dependendo da atitude é possível ter uma ideia clara do quão alinhado o profissional está com as expectativas da empresa para o preenchimento da vaga.

Por meio dos testes situações é possível analisar como o candidato a vaga lida com:

  • o trabalho em equipe;
  • o tempo de resposta à exigência das tarefas;
  • a habilidade de improvisar e identificar soluções rápidas para problemas que surgem de forma imprevista;
  • o compromisso de se empenhar em buscar alternativas;
  • a pressão;
  • a predisposição à liderança.

Dessa forma, o teste situacional tem sido utilizado pela equipe de RH por ser um método que permite analisar tanto as características individuais do candidato quanto o seu comportamento em grupo. Ao fazer essa avaliação fica mais fácil identificar o profissional certo para ocupar o cargo, pois você consegue perceber se o candidato é criativo, rugido, comunicativo, flexível e assim por diante.

Nova call to action

Quais são as vantagens de aplicar os testes situacionais?

Acertar na escolha do profissional que fará parte da sua equipe é algo extremamente importante, pois trata-se de uma ação que pode impactar de forma positiva ou negativa o desenvolvimento da empresa. Sendo assim, ao fazer bom uso dos testes situacionais as chances de escolher o colaborador certo são maiores, logo, as vantagens de uma escolha bem-sucedida podem ser vistas da seguinte forma.

Reduz o índice de turnover

O turnover trata-se de um indicador que permite analisar a rotatividade de funcionários da empresa. Por meio dele você consegue saber se a quantidade de desligamentos tem sido alta ou baixa dentro de um determinado tempo. 

Independentemente do tamanho da empresa, é normal que ocorram desligamentos ao longo do tempo. No entanto, as consequências de ter um índice de turnover alto são diversas e afetam diretamente o crescimento da organização. Isso porque quando um funcionário sai é preciso encontrar um substituto. Esse processo requer um planejamento e, sobretudo, de um investimento. 

Então, quando ocorre o desligamento de um colaborador todo esse trabalho e tempo são perdidos. Além disso, a rotatividade alta impede que a equipe crie um vínculo, logo, se torna difícil construir um relacionamento de confiança e cumplicidade entre os membros da equipe. A falta dessa união tem como consequência a queda na criatividade, no engajamento e motivação do grupo. 

Entretanto, quando a empresa consegue acertar na escolha de seus colaboradores o índice do turnover reduz significativamente, pois o profissional escolhido, além de atender as expectativas da organização consegue manter um relacionamento saudável com seus colegas, já que todos os membros da equipe estão em conformidade com os objetivos da empresa. 

Desenvolve uma cultura organizacional forte

Para acertar na escolha do profissional é muito importante que a empresa saiba onde quer chegar e tenha de forma clara e bem definida seus valores, objetivos e visão. Isso porque será com base nesses princípios que a escolha dos profissionais será feita. 

Dessa forma, antes de adotar o teste situacional como uma estratégia de recrutamento e seleção é necessário definir a cultura organizacional, pois ela será o guia de comportamento e mentalidade para os funcionários. Ter essa preocupação é essencial para garantir que os futuros colaboradores estejam de acordo com os princípios da empresa e, sobretudo, se comprometam em colocar em prática todas elas fortalecendo, assim, a cultura organizacional.

Diminui os conflitos entre os membros da equipe

Quando todos os membros da equipe estão em busca de um mesmo objetivo os conflitos e divergências são automaticamente reduzidos, uma vez que a relação e a comunicação entre eles se torna algo fácil de ser desenvolvido.

Considerando que a escolha dos profissionais será feita com base nos mesmos princípios é possível montar um time de colaboradores, que mesmo diverso, consiga manter a harmonia, pois todos estão cientes das razões pelas quais foram contratados e das funções que desempenham.

Nesse caso, o teste situacional permite que você escolha o profissional com a personalidade que melhor condiz com o grupo. Além de reduzir os conflitos internos, uma boa escolha garante um bom clima organizacional, promove o engajamento e a motivação da equipe.

Diminuição de custos 

Como mencionamos, a contratação de um funcionário gera custos altos para a empresa. Isso porque é necessário gastar com a divulgação do anúncio, preparação do processo seletivo e contratação. Quando o colaborador consegue manter um bom relacionamento com a organização e permanece prestando seus serviços a ela essas despesas são convertidas em investimentos, pois além de acertar na escolha o profissional ajuda a empresa a alcançar sua margem de lucros.

No entanto, quando não há sucesso na escolha do profissional, além de perder o investimento que foi feito para a sua contratação a empresa precisa desembolsar mais recursos para realizar um novo processo seletivo. Por esse motivo, a utilização do teste situacional se tornou tão importante para as organizações.

Como aplicar na empresa?

Quem já foi responsável por organizar um processo seletivo (ou já passou por ele) sabe que é uma atividade que é desenvolvida em etapas. Nesse caso, para aplicar o teste situacional na prática você deve atentar para os seguintes passos.

Defina os objetivos

Ter em mente os objetivos de realizar uma nova contratação é fundamental para analisar se o candidato a vaga atende os critérios estabelecidos. Por isso, o primeiro passo para aplicar o teste situacional é definir de forma clara os motivos que resultaram na contratação e o que se espera dela.

Faça uma análise realista

Buscar ser o mais realista possível evita o risco de ocorrer uma frustração de ambas as partes. Tendo em vista que o mercado está cada vez mais competitivo é crucial que a contratação de um funcionário não seja feita com base em achismo, pois ter uma equipe de colaboradores eficiente e engajada faz toda a diferença no sucesso de seu negócio.

Observe o comportamento

Estar atento à forma como o candidato se comporta diante de determinada situação é crucial para determinar se ele tem condições de exercer a função desejada. Ter esse olhar crítico é o que garante que cada colaborador da sua equipe ocupe a função que melhor atende ao seu perfil promovendo, assim, melhores resultados.

Portanto, essas foram as principais informações sobre a implementação do teste situacional no processo de recrutamento e seleção da empresa. Para garantir que o uso dessa estratégia ajude você a alcançar seus objetivos é muito importante mensurar constantemente os resultados obtidos para realizar melhorias que tornem o processo cada vez mais eficiente.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto? Então, confira quais são os principais tipos de testes de recrutamento e seleção.

Nova call to action
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →