Triagem de currículos: principais desafios e como resolvê-los

Processos seletivos são onerosos para equipes de RH, principalmente pela etapa de seleção de currículos. Isso porque essa triagem de currículos precisa ser feita com muito cuidado e eficiência ao mesmo tempo. Para garantir um processo de recrutamento e seleção bem feito, é preciso conhecer os principais desafios da triagem de currículos e entender como resolvê-los. Confira a seguir!


9 minutos de leitura

A triagem de currículos é uma etapa crucial de qualquer processo seletivo, pois é o momento de selecionar currículos de pessoas candidatas para uma vaga. 

Com tamanha importância, essa etapa precisa ser realizada com muito critério e de forma ágil para que o recrutamento não sofra atrasos. Isso pode até parecer uma tarefa de fácil execução quando estamos falando de dez currículos. Mas e quando a empresa recebe 100 inscrições em uma vaga? E se esse número for ainda maior? 

Esse é um dos maiores desafios de uma triagem de currículos, mas não é o único. Continue lendo este artigo para entender como estruturar essa seleção de forma inteligente, sem travar o processo seletivo.

O que é triagem de currículos?

A triagem de currículos, também conhecida como triagem curricular, é uma das primeiras etapas de um processo de Recrutamento e Seleção

Essa etapa vai entrar em cena após a equipe de recrutadores fazer o levantamento sobre a função, criar a descrição do cargo e divulgar a vaga nos principais canais, pois os currículos de pessoas candidatas começarão a chegar. 

Uma das principais funções dessa triagem é a de filtrar os currículos recebidos de pessoas candidatas mais aderentes à vaga e também à cultura organizacional da empresa. Habilidades técnicas, competências, experiência no cargo ou função são algumas das informações deste primeiro contato.

Leia também: Confira aqui 5 dicas de como fazer uma boa triagem de currículos

Qual a importância da triagem de currículos?

Não é incomum que profissionais de RH não reconheçam a importância da triagem de currículos, seja por pouca experiência na área ou até mesmo por conta do excesso de atividades atribuídas à equipe. 

No entanto, vale ressaltar que o currículo é a primeira etapa de apresentação do perfil profissional de uma pessoa candidata. É neste documento que o recrutador vai encontrar as qualidades, trajetória de carreira, habilidades, nível de escolaridade e experiência de forma resumida de determinado profissional.

É importante ressaltar que o currículo é a primeira apresentação do perfil profissional de um candidato, com destaque para suas qualidades, habilidades, escolaridade e trajetória profissional. Ou seja, o primeiro passo para uma possível contratação.

Isso quer dizer que a triagem é o primeiro passo para conhecer potenciais candidatos dentro de um processo seletivo.

Na hora de avaliar o perfil profissional de cada pessoa candidata, o profissional de RH tem a oportunidade de avaliar critérios capazes de definir se aquele profissional é adequado ou não para a vaga em aberto.

Depois que uma oportunidade é divulgada, é normal que a empresa receba uma grande quantidade de inscrições, provenientes de profissionais com competências e características distintas entre si, e que precisam ser avaliadas com muito critério.

Na divulgação de uma vaga de emprego, uma empresa pode receber uma infinidade de currículos, oriundos de profissionais com características muito distintas, que devem ser avaliados de forma bastante criteriosa.

Banner material Triagem automatizada de currículos: porquê ela é aliada do RH

O que é analisado na triagem?

A triagem de currículos não é uma ciência exata, e cada recrutador pode realizá-la de forma particular. Isso acontece por conta da cultura organizacional de cada empresa e as especificidades de cada vaga. É possível que em uma mesma organização, existam formas diferentes de fazer essa seleção de pessoas candidatas.

No entanto, para garantir agilidade nesta etapa, alguns critérios são amplamente utilizados, mesmo em vagas mais específicas como para a área de tecnologia, por exemplo. Confira as principais informações que devem ser avaliadas em triagens:

Apresentação e conteúdo do currículo

É importante lembrar que o tempo que uma contratação leva para ser feita, pode custar de diferentes formas para a empresa

Processos seletivos longos podem impactar no nível de produtividade da equipe que necessita de um novo profissional, por exemplo. Outra consequência disso é o impacto negativo na experiência do candidato, que pode desanimar ou desengajar do processo. 

Para que essa etapa não sofra atrasos, uma boa solução é escolher currículos com linguagem clara e concisa, enxutos e bem escritos, ou seja, sem erros de ortografia.

Nível de escolaridade

Um dos fatores importantes na triagem de currículos é identificar qual o nível de escolaridade ideal para o cargo anunciado, o que já pode eliminar alguns currículos que foram inscritos para a vaga em questão.

Jornada profissional

A trajetória profissional da pessoa candidata é um dos elementos que não pode deixar de ser avaliado, principalmente para cargos mais desenvolvidos como analista, sênior e especialista. 

É importante entender como esse profissional se manteve no mercado de trabalho em suas experiências anteriores, pois ajuda a construir o seu perfil comportamental dentro de uma empresa.

Descrição das atividades realizadas

Ao analisar a jornada profissional da pessoa candidata, é fundamental avaliar as atividades realizadas, portfólio (se for o caso), rotinas, entre outros.

Essa análise, além de ajudar a identificar as principais habilidades e competências do profissional em questão, pode deixar em evidência o perfil comportamental da pessoa candidata.

Traços de personalidade

Na hora de contratar uma nova pessoa colaboradora, é importante garantir que este profissional se encaixe na equipe, tanto na parte de competências e habilidades quanto em seu perfil comportamental. 

Em outras palavras, é necessário identificar se a pessoa candidata tem fit cultural com a empresa e também com a equipe que irá fazer parte.

Banner meio Matriz de gestão de competências e habilidades

Principais desafios da triagem de currículos

Apesar de ser uma etapa essencial para um processo de Recrutamento e Seleção bem realizado, a triagem de currículos tende a ser desafiadora para profissionais de RH. As causas para esses obstáculos são variadas, mas a falta de padronização, canais de divulgação da vaga mal escolhidos e até mesmo o cenário competitivo do mercado de trabalho são alguns dos motivos que dificultam esse processo.

Contudo, alguns elementos da triagem são mais desafiadores do que outros. Confira:

Obter dados completos da pessoa candidata

Dados incompletos dos profissionais inscritos em uma vaga podem ser um impeditivo na prosseguir com o processo, principalmente se essas informações forem de contato. 

Para que o processo seletivo seja fluido, a validade e riqueza das informações fornecidas pela pessoa candidata são essenciais. Uma dica para que isso não venha a ser um problema no seu processo seletivo, é deixar a importância desses dados na descrição da vaga.

Definir detalhes do processo seletivo

O alinhamento das necessidades e exigências da vaga a ser preenchida deve ser realizado entre o recrutador e o gestor da área em que a oportunidade está aberta. 

Se essa etapa não for devidamente realizada, seja por falta de tempo ou até mesmo conhecimento dessa necessidade, a fase inicial do processo pode ser prejudicada e, consequentemente, sofrer atrasos. 

Para que esse não seja o cenário da sua equipe, é fundamental fazer esse alinhamento da forma mais completa possível, incluindo possíveis etapas necessárias como testes técnicos e a realização de dinâmicas de grupo.

Principais erros na triagem de currículos

Agora que você já sabe o quão desafiadora uma triagem de currículos pode ser, chegou a hora de conhecer os principais erros que podem ser cometidos durante esta etapa do processo seletivo, justamente para evitá-los. Confira logo abaixo:

Não verificar as referências da pessoa candidata

É esperado que um currículo contenha referências, ou seja, nomes de profissionais que trabalharam previamente com a pessoa candidata. Mesmo que esse tipo de informação não conste no currículo, é importante solicitá-las durante a entrevista.

Não verificar as referências da pessoa candidata pode prejudicar a etapa de triagem, pois para entender o perfil deste profissional, é preciso investigar seu desempenho em experiências anteriores no mercado de trabalho.

Deixar de passar uma boa imagem da empresa

O employer branding, traduzido livremente como marca empregadora, é um conjunto de ferramentas e técnicas pensado para gerar uma percepção positiva sobre a empresa perante o mercado. 

Não utilizar essa estratégia em processos seletivos é um erro, pois vale ressaltar que não é apenas a empresa que está buscando um novo profissional qualificado — a pessoa candidata também vai escolher a organização onde trabalhará.

Descartar pessoas candidatas muito qualificadas

Muitas vezes, profissionais muito bem qualificados podem passar a impressão de que custarão caro à empresa. No entanto, esse tipo de pessoa candidata, justamente por essa alta qualificação, pode trazer inúmeros benefícios para o negócio, incluindo entregas que superam expectativas.

Não considerar esse tipo de candidato pode ser um erro grave no momento do Recrutamento e Seleção.

Não fazer as perguntas certas

A etapa de entrevistas vai ser onde o recrutador vai conseguir conhecer melhor a pessoa candidata, mas para isso, é necessário fazer as perguntas certas. 

Dentro dessa lógica, a triagem de currículos pode ajudar a identificar pontos-chave no perfil da pessoa candidata que podem conduzir melhor o roteiro de entrevista.

Banner do ebook "Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de candidatos", com um botão escrito "baixe agora"

Como garantir uma triagem de currículos de sucesso?

Se você chegou até aqui, já aprendeu como evitar os erros mais comuns na triagem de currículos, além de entender os principais desafios que essa etapa pode enfrentar. Mas como garantir que a sua seleção de currículos aconteça da melhor maneira? 

Separamos algumas dicas que podem ajudar a realizar a triagem de currículos de forma mais assertiva e otimizada, confira:

1. Avaliar as habilidades comportamentais

Você já deve ter percebido a relevância que as habilidades comportamentais representam em um processo seletivo. Afinal, é fundamental conhecer o perfil de que será contratado para fazer parte da empresa.

Aqui está mais um elemento que precisa ser muito bem alinhado antes mesmo da vaga ser divulgada, pois é preciso que as expectativas em torno dessas habilidades comportamentais sejam baseadas em expectativas realistas.

Nesse sentido, cada vaga vai ter requisitos específicos, sem dúvida alguma, mas é preciso lembrar que as pessoas candidatas vão ser sempre dotadas de características consideradas positivas e outras nem tanto. 

Mas mesmo que o profissional não tenha exatamente as habilidades comportamentais desenhadas para aquela vaga, pode apresentar atributos que compensam falhas.

2. Descartar currículos

Pode parecer um pouco estranho, mas o descarte de currículos é uma parte fundamental para uma boa triagem

É aqui que sua equipe de recrutadores vai colocar em prática tudo que mencionamos neste artigo, pois além de selecionar as pessoas candidatas mais aderentes à vaga, é preciso descartar aqueles currículos que não se encaixam na empresa.

Na hora de descartar currículos, no entanto, lembre-se de dar um feedback, mesmo que negativo, para a pessoa candidata. É importante que esse profissional saiba que não avançou no processo seletivo e entenda os motivos pelos quais não se enquadrou naquela oportunidade.

New call-to-action

3. Organizar os arquivos

Uma das principais funções da triagem de currículos é facilitar todas as etapas do processo seletivo. Por conta disso, organizar os documentos das pessoas candidatas já no recebimento é crucial para manter o trabalho otimizado.

Se a sua equipe de recrutadores vai receber os currículos por e-mail, por exemplo, uma boa dica é organizar a caixa de entrada em pastas de pessoas candidatas em potencial e candidaturas que serão descartadas logo de cara.

Aqui é importante ressaltar que é preciso determinar um intervalo de tempo em que a empresa vai receber currículo para a vaga anunciada — isso pode estar no texto de divulgação da oportunidade. Depois desse período, os anúncios da vaga devem ser apagados.

Se você receber currículos impressos, uma sugestão é manter um arquivo físico para esses documentos ou então escaneá-los para o armazenamento digital.

4. Contar com a ajuda da tecnologia

Como você pôde perceber, fazer a triagem de currículos é uma tarefa desafiadora e onerosa para equipes de recrutadores. São diversos processos que precisam ser realizados de forma cuidadosa e ágil ao mesmo tempo. 

Como essa é uma etapa fundamental para o sucesso de processos seletivos, erros podem custar caro para a empresa, pois podem resultar em contratações mal feitas, o que por sua vez pode ter o turnover como consequência.

Como mencionamos no início deste artigo, a quantidade de currículos recebida pode ser um dos maiores desafios em uma triagem de currículos. Para resolver esse problema, sua equipe de RH pode contar com soluções tecnológicas, como plataformas de Recrutamento e Seleção. 

Dentro da solução de R&S da Gupy, você conta com a Gaia, nossa Inteligência Artificial. Com ela, sua equipe de recrutadores consegue fazer a triagem de 1 milhão de currículos em 1 segundo! Funciona assim: 

  • Na hora de uma vaga, você pode definir os requisitos e qualificações exigidas para suas pessoas candidatas, especificando os critérios de seleção da sua empresa;
  • À medida que profissionais se aplicam à vaga, a Gaia os ordena para você de acordo com sua afinidade com a posição;
  • Vale lembrar: na hora de contratar, a decisão é sempre sua. A nossa Inteligência Artificial apenas ajuda a sua equipe a não perder de vista as pessoas candidatas com maior potencial de ser quem a empresa procura.

Agende uma demonstração agora mesmo e otimize a triagem de currículos na sua empresa!

Banner Inteligência Artificial da Gupy

Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →