Teste psicométrico: o que é, regras e quando utilizar

Teste psicométrico é uma ferramenta usada em processos de recrutamento e seleção para avaliar o perfil comportamental e habilidades específicas dos candidatos. Normalmente, é aplicado pelo psicólogo da empresa.

Gupy

Por Gupy


6 minutos de leitura

Embora o departamento de Recursos Humanos tenha inúmeras responsabilidades quando se trata de analisar o perfil comportamental dos candidatos nos processos de recrutamento e seleção, o teste psicométrico é aplicado por um psicólogo terceirizado ou que integre a equipe da organização.

Sua finalidade, entre outros aspectos, é mapear traços comportamentais de cada indivíduo que participa do processo seletivo, averiguando se seu perfil se enquadra com a cultura organizacional e atende aos requisitos de inteligência emocional dos cargos que estão sendo oferecidos ao mercado.

Por isso, preparamos este conteúdo para que você entenda o que é um teste psicométrico, por que ele é aplicado, quais os seus benefícios, como realizá-lo, entre outras informações. Continue a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

__________________________________

Neste conteúdo, você encontrará as seguintes informações:

  • O que é teste psicométrico?
  • Qual é a importância desses testes para a empresa?
  • Quais são os tipos de teste psicométrico? 
  • Quando é preciso utilizar esse teste?
  • Como o teste psicométrico é realizado?
  • Quais são as regras para o teste psicométrico? 

O que é teste psicométrico?

O teste psicométrico é um conceito altamente explorado nos processos de recrutamento e seleção nas empresas, cujo objetivo é fazer uma previsão mais precisa e justa sobre a possibilidade do candidato ter chances promissoras de ter um bom desempenho em uma determinada função de trabalho.

Existem diferentes formas de aplicar um teste psicométrico, mas todas têm em comum a finalidade de analisar o perfil comportamental dos candidatos e avaliar se eles contam com competências específicas exigidas para os cargos oferecidos.

Por exemplo, se a vaga em questão exige que o colaborador tenha uma boa capacidade de trabalhar com dados numéricos e processá-los com a menor margem de erro possível, os candidatos serão submetidos a um teste que mensure suas habilidades relativas às responsabilidades do cargo.

Há uma infinidade de testes psicométricos, mas, de uma maneira geral, eles são divididos nas categorias de personalidade e aptidão.

Qual é a importância desses testes para a empresa?

O teste psicométrico costuma ser aplicado devido ao fato de ser uma alternativa financeiramente viável e eficiente de diferenciar e identificar, entre os candidatos, quais têm maiores chances de serem bem-sucedidos no cargo em questão.

Entre os motivos pelos quais cada vez mais organizações apostam nessa ferramenta, podemos citar:

  • redução da taxa de turnover — visto que a empresa passa a contratar mais profissionais que estejam alinhados com a cultura organizacional e expectativas institucionais;
  • melhoria dos processos seletivos — o teste psicométrico auxilia na triagem de indivíduos sem o "fit cultural" necessário;
  • aumento da satisfação dos colaboradores — a ferramenta ajuda a alocar os profissionais em funções que estejam alinhadas às suas competências;
  • melhoria do clima organizacional — a tendência é que as divergências de comunicação e diferenças de pensamento gerem menos impactos quando se tem equipes coesas;
  • otimização do trabalho em equipe — o departamento de Recursos Humanos consegue elaborar times estratégicos com colaboradores complementares, com base nos resultados dos testes;
  • aumento da produtividade — uma consequência natural devido aos demais benefícios proporcionados pelos testes psicométricos.

Nova call to action

Quais são os tipos de teste psicométrico?

Agora que você já sabe o que é teste psicométrico e quais as vantagens de aplicá-lo nos processos seletivos e de recrutamento, mostraremos quais são os principais tipos usados pelas empresas. Veja a seguir!

Teste psicométrico de aptidão

Muito aplicados quando o RH deseja mensurar se os candidatos têm as habilidades cognitivas almejadas para o cargo. Os diferentes níveis de inteligência serão medidos por um sistema de pontuação. Entre os diferentes formatos dessa categoria de teste, podemos citar:

  • versatilidade verbal e capacidade de comunicação;
  • capacidade de trabalhar com números;
  • indutivo — capacidade do indivíduo pensar de forma metódica;
  • raciocínio lógico;
  • diagramático — capacidade de solucionar problemas;
  • capacidade de identificação de erros.

Teste de comportamento

O teste de atenção concentrada é um ótimo exemplo de teste comportamental, visto que essa categoria de testes tem como objetivo identificar como os indivíduos se desempenhariam diante de situações reais do cotidiano. Outro exemplo interessante é a tradicional e conhecida Análise de Perfil Pessoal (PPA).

Esses testes têm como finalidade analisar a capacidade de percepção dos candidatos e identificar em quais áreas eles teriam mais chances de engajamento, desenvolvimento de seus potenciais e bom ajuste cultural.

Teste de personalidade

Esses testes são usados para mensurar a capacidade do candidato para se adequar na cultura organizacional da empresa e, é claro, o seu potencial de desempenho no cargo em que será inserido. O Indicador de Traços de Alto Potencial (HTPI) é amplamente aplicado como forma de traçar a personalidade dos candidatos.

Teste de inteligência emocional

Pode-se afirmar que inteligência emocional é uma das características mais requisitadas pelas empresas modernas, já que é proporcionalmente escassa no mercado de trabalho. Por isso, testes específicos são aplicados para identificar a forma como o indivíduo se posiciona e se comporta diante de adversidades do dia-a-dia, e suas habilidades de comunicação com os colegas de trabalho, líderes e clientes.

Avaliar o nível de inteligência emocional das pessoas que se candidatam às vagas contribui para que o RH consiga avaliar se a cultura da empresa também está adequada à realidade do mercado atual.

Quando é preciso utilizar esse teste?

Como mencionamos anteriormente, o teste psicométrico é comumente aplicado nas primeiras etapas dos processos de recrutamento e seleção, quando a empresa anuncia novas vagas ao mercado de trabalho.

A ferramenta é usada para fazer uma triagem mais minuciosa, diferenciando os candidatos com um perfil mais próximo ao que a organização espera e com maiores chances de serem bem-sucedidos em suas funções.

Contudo, nada impede que as empresas apliquem os testes psicométricos periodicamente como forma de identificar características e habilidades dos profissionais que já integram o banco de talentos, afim de realocar os colaboradores entre os departamentos de forma estratégica.

Como o teste psicométrico é realizado?

Em muitos casos, o teste psicométrico é realizado pela internet. A empresa envia ao candidato um link de acesso ou por meio de uma plataforma digital específica usada pela organização. Porém, também podem ser aplicados presencialmente, pelo psicólogo, no dia do processo seletivo.

Muitos dos testes psicométricos são responsivos, isto é, oferecem diferentes reações à medida que o candidato responde às questões. Ou seja, diferentes perguntas podem aparecer de acordo com a performance de cada indivíduo. Assim, o teste é capaz de fazer uma avaliação mais justa e precisa dos candidatos.

Normalmente, os testes psicométricos têm duração entre 20 a 30 minutos, apesar de que, em alguns casos, podem ser mais longos, durando até uma hora, ou mais curtos e durarem somente 10 minutos. Tudo dependerá das especificidades que a empresa deseja identificar.

De uma maneira geral, esses testes são usados para mensurar a rapidez e a aptidão do candidato, isto é, quantas questões ele é capaz de responder dentro de um determinado período, ou a sua capacidade de raciocínio ao responder questões mais complexas de maneira correta.

Quais são as regras para o teste psicométrico?

É muito comum que os candidatos questionem se o teste psicométrico, de fato, está avaliando características e traços de comportamento que tenham relevância para o cargo em questão.

Dado o contexto, é fundamental que os testes psicométricos aplicados pela empresa estejam de acordo com um grupo de normas para avaliação de resultados de maneira justa, eficiente e humanizada. Afinal, nenhum grupo deve ser prejudicado ou beneficiado, visto que sua aplicação deve considerar apenas a qualificação dos indivíduos.

Entre as regras nas quais o teste psicométrico deve ser sustentado, podemos citar:

  • validade — as questões do teste psicométrico devem estar alinhadas à sua proposta. Por exemplo, se o teste visa analisar o raciocínio lógico, não devem ser aplicadas questões matemáticas, mas sim de capacidade lógica;
  • confiabilidade — mais uma vez, o teste deve avaliar o que propõe. Um teste de raciocínio numérico e analítico não deve ter questões ligadas ao raciocínio verbal, por exemplo;
  • referenciado à norma — o teste psicométrico deve ter como objetivo analisar a capacidade de um candidato em comparação com o grupo de norma, isto é, com os demais candidatos que também o realizaram;
  • juto e proporcional — por via de regra, o teste aplicado deve ser o mesmo para todos os candidatos, não favorecendo um sobre o outro;
  • sem viés — não apenas por razões de aumentar a diversidade nas empresas, mas também porque não seria ético que o teste exigisse inclinações ideológicas específicas de seus candidatos.

Como você pôde contemplar neste conteúdo, o teste psicométrico é uma ferramenta indispensável para análise do perfil comportamental dos candidatos às novas vagas da empresa. Normalmente, é aplicado nas primeiras etapas dos processos de recrutamento e seleção, pelo psicólogo da instituição.

Quer acompanhar todos os conteúdos informativos e materiais didáticos sobre o vasto universo de Recursos Humanos postados pela Gupy? Então, siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook, no YouTube, no LinkedIn e no Instagram!

Contrate a pessoa certa com o teste de perfil comportamental da Gupy. Agende uma demonstração do produto.
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →