Insights para as metas de RH em 2017

Todo início de ano aquela mesma sensação de que, mesmo com os resultados alcançados no ano anterior, algo a mais poderia ter sido feito. Aquele detalhe que seria a virada do jogo para a sua área de RH ou para toda a sua organização ficou faltando.

Essa sensação tradicionalmente presente em uma meta pessoal ou outra (como naqueles quilinhos que ficaram faltando perder) são transponíveis com facilidade, e algumas vezes com maior intensidade, para nosso ambiente profissional. Mas e agora, 2017 será mesmo O ANO?

Se a resposta for “SIM” (e tomara que seja), prepare-se para refletir sobre o passado do seu RH e desenhar o futuro dele. Saiba desde já que você estará cercado de informações e discussões ainda mais intensas do que em 2016 sobre o equilíbrio pessoal e profissional, bem estar dos funcionários, novas tecnologias que surgem a cada dia para tornar sua rotina mais produtiva, exemplos de pessoas que fazem muito com pouco e deixam queixos caídos por onde passam, e muito mais.

Para lidar com isso, planejamento é fundamental. E embora as metas sejam exclusivas de cada indivíduo/organização, separei alguns insights que podem ser comuns para construí-las bem.

1. Tenha sede por aprendizado

Muito se diz sobre o RH ser um setor estagnado no tempo e isso é simplesmente frustrante. Assim como toda tecnologia ao nosso redor evoluiu de forma exponencial nos últimos anos, como a capacidade de armazenamento de um simples pendrive, o mesmo aconteceu no volume de conhecimento que vem sendo gerado para aprimorar cada rotina de trabalho do RH. Em 2017 seja mais exigente e mais curioso para mudar esse preconceito existente: leia sobre o que vendo sendo criado no Brasil e no exterior, busque soluções, frequente encontros para discutir cases e métodos, teste ferramentas novas e se questione muito mais do porquê as coisas são feitas como são. Talvez o que o RH precise para mudar essa visão externa é somente uma mentalidade nova para aproveitar tudo o que está ao redor.

2. Oriente seu RH para o negócio

Seu RH está focado em gerar impacto positivo na organização como um todo? O que é muito comum de encontrar no mercado são áreas pouco integradas e tão focadas em apagar os incêndios e executar a máquina da rotina que deixam para trás todo o potencial de resultado que é possível de ser entregue para funcionários, clientes e investidores. Coloque como mentalidade para seu RH nesse ano não aceitar as próprias desculpas, como o fato da sua empresa ser burocrática, as áreas não considerarem suas sugestões ou a falta de budget, sabe por quê? Porque a maioria das empresas são assim!

Uma pesquisa feita na Universidade de Ohio aponta que 63,4% das decisões dos gestores acontecem a partir da iniciativa de resolver um problema, e não de modo preventivo e traçado antecipadamente. Então mude o mindset e implante finalmente essa cultura orientada ao resultado tão falada também no seu RH.

3. Faça o melhor das contradições

 O RH sempre foi um setor rodeado de contradições e isso já vem sendo usado há anos para justificar o famoso posicionamento “em cima do muro”. Por que não fazer de 2017 o ano em que você permite que seu RH conviva com esses paradoxos de acordo com cada necessidade e com menos preocupação em seguir uma regra ou outra?
  • Não tenha uma empresa contraditória só porque automatiza seus processos e preza simultaneamente pelo olhar e sentimento humano.
  • Faça da sua organização aquela com uma cultura competitiva que convive bem com o foco no talento de cada indivíduo.
  • Ganhe velocidade na resposta de cada demanda, mas trate cada uma com paciência e um cuidado especial.
  • Se preocupe com o seus funcionários com um valioso olhar interno, mas também com os stakeholders externos, como clientes e investidores, quando preciso, mesmo que isso signifique tirar o pé do freio de algum lado em alguns momentos.

Assim como eu que trabalho com RH há muitos anos, você já deve ter visto uma competição intensa para que novos colaboradores conquistem vagas desejadas em áreas como vendas, marketing ou estratégia. Se seu RH ainda não é essa área, então perceba que você está no lugar certo e na hora certa, pois o mar de oportunidades é vasto.

E você, quais são as metas para o seu RH em 2017? 

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

Ebook: Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de Candidatos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Bruna Guimarães | GUPY

Bruna Guimarães | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela UFRRJ e com MBA executivo pela Coppead UFRJ, é COO & Co-founder da GUPY. Bruna é especialista em recrutamento e seleção e entende com profundidade as dores dessa área. Construiu sua carreira em uma grande multinacional onde era responsável pelo recrutamento de toda a organização através da sua paixão por RH, pessoas e foco em resultado.