Administração de recursos humanos: o que é e sua importância

Administração de recursos humanos é um conjunto de técnicas que visa gerenciar a comunicação entre pessoas e organizações. Também conhecida como Gestão de Pessoas, objetiva o sucesso do negócio e o bem-estar dos colaboradores.


4 minutos de leitura

Ela tem o propósito de adquirir, cuidar, motivar e desenvolver talentos para uma maior eficiência, em benefício das estratégias da empresa.

Processos muito importantes para uma organização passam pela administração de Recursos Humanos, desde os mais técnicos, como segurança do trabalho e folhas de pagamento, aos altamente estratégicos, como a formação das equipes e gestão de desempenho.

Neste artigo, vamos entender a importância da gestão de pessoal, quais são seus objetivos e quais elementos estão incluídos nessa administração. Acompanhe?

Qual a importância da administração de recursos humanos?

Vamos pensar em uma partida de futebol. Para que um time faça gols, consiga ter uma boa defesa, mantenha boas estratégias ao longo de um campeonato e chegue ao tão sonhado troféu, quantos processos e quantos profissionais estão empenhados em sua administração?

Treinadores, olheiros, preparadores físicos, diretores, jogadores, médicos etc. Uma equipe multidisciplinar totalmente engajada pelos resultados, que precisa trabalhar em harmonia para desenhar a melhor estratégia para que os jogadores entrem no campo aptos a conquistarem a vitória.

Assim é a administração de recursos humanos nas empresas. É a cola que une os setores, supre as faltas, garante os benefícios e pagamentos, cuida do bem-estar, engajamento e posiciona os talentos estrategicamente para o alcance dos objetivos do negócio.

A administração de recursos humanos deve ser parceira estratégica do dia a dia da organização, gerenciando e apoiando processos e mudanças, com políticas de treinamento, desenvolvimento de competências e aquisição de talentos.

Ela também deve administrar as rotinas burocráticas, ou seja, pagar o salário em dia, gerenciar as tarefas administrativas e garantir o cumprimento das obrigações legais.

Quais são os objetivos da administração de recursos humanos?

A gestão de recursos humanos envolve diversos cargos, cuja quantidade varia de acordo com o porte da empresa e o propósito de suas atividades. As principais funções envolvidas são:

  • gerentes de recursos humanos;
  • analistas de recursos humanos;
  • recrutadores;
  • treinadores e desenvolvedores de talentos;
  • técnicos de departamento pessoal;
  • técnicos de segurança do trabalho;
  • psicólogos.

No recrutamento, o RH deve buscar o melhor colaborador para ingressar na organização. Levantar as necessidades de contratações, desenhar e divulgar vagas e selecionar o melhor candidato de acordo com as atribuições da função e perfil da empresa.

Cuidar da socialização ― onboarding ― dos novos talentos, treinar suas habilidades técnicas, definir e fazer o pagamento de salários e benefícios e garantir a segurança no desenvolvimento de suas funções também são atribuições do RH.

Além disso, ele deve ajudar o profissional a se desenvolver profissionalmente, com estratégias bem elaboradas e a construção de um plano de carreira, para garantir a retenção dos talentos.

Tudo deve ser pautado em um planejamento eficiente, análise de dados e relatórios de performance, para garantir que, tanto os profissionais quanto a organização colham bons frutos desse relacionamento.

Quais são os elementos incluídos na administração de RH?

Para que tudo ocorra com eficiência, esse setor exige habilidades multidisciplinares, já que são muitos os elementos que compõe a administração de pessoal. Vamos conhecer cada um deles a seguir.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas

Não é apenas diante de novas contratações ou detecção de falhas nos processos que o treinamento deve acontecer. Ele deve ser contínuo, a fim de manter uma equipe sempre preparada e motivada para lidar com os desafios da organização.

O desenvolvimento de habilidades pode ser projetado, para cada colaborador, a partir de um mapeamento de competências. Periodicamente, é preciso fazer um levantamento das necessidades de treinamento para que ele seja sempre preventivo, no sentido de evitar que as falhas ocorram.

Planejamento de necessidades de pessoal

Os gestores de RH devem trabalhar alinhados com os demais gestores da empresa para que, juntos, possam definir as necessidades de novos profissionais nas equipes de trabalho. Esse alinhamento se traduz em um processo de recrutamento e seleção mais eficiente e eficaz, contribuindo para equipes bem formadas e de alta performance.

Recrutamento e seleção de pessoal 

Como encontrar, selecionar e reter os talentos mais competentes para a composição das equipes? O desempenho de uma empresa depende, sobretudo, das qualidades dos seus colaboradores, como motivação, o conhecimento, o compromisso, a capacidade de inovação ou a predisposição para o trabalho em equipe.

O recrutamento e seleção precisa encontrar profissionais capacitados e alinhados com a cultura organizacional, de modo que as contratações sejam efetivas e contribuam para suprir as necessidades da empresa em curto e longo prazo.

Gerenciamento de cargos e salários

A oferta de um salário justo depende de vários parâmetros, entre os quais, a oferta da concorrência. O RH sabe que a folha de pagamento representa um investimento da organização em prol de seus objetivos. Ela deve ser um fator motivacional para os colaboradores e ter um bom retorno para os negócios.

Por esse motivo, a engenharia de cargos e salários é um elemento muito importante na gestão de pessoas e demanda profissionais capacitados para estabelecer a melhor política de remuneração.

Gestão de benefícios

Com a dose certa de incentivos, os colaboradores se dedicarão à empresa com paixão e energia inovadoras, tornando-se verdadeiros embaixadores da marca no mercado. Os benefícios corporativos são muito importantes para despertar esse engajamento e garantir a saúde e qualidade de vida da força de trabalho.

Seguros e planos de saúde, auxílio para o transporte, vales para refeição e alimentação, convênios com farmácias, academias e universidades, auxílio-creche, vale-cultura, entre muitos outros benefícios devem ser disponibilizados estrategicamente, de acordo com o perfil e necessidades das equipes.

Avaliação do desempenho 

Gerenciar o desempenho continuamente permite que as organizações tenham mais controle sobre o processo de avaliação de desempenho por meio de feedback contínuo, desenvolvimento profissional e indicadores de avaliação.

Com análises de desempenho mais oportunas e atualizadas, os colaboradores se sentem mais em sintonia com a empresa e com o trabalho que fazem todos os dias.

Planejamento de carreira

O RH deve auxiliar no desenvolvimento de carreira dos seus profissionais, ajudando-os, por meio de treinamentos e planos de desenvolvimento individuais a desenhar suas perspectivas futuras na empresa. Essa atitude é fundamental para que os talentos se sintam acolhidos e queiram ter um relacionamento estável com a empresa.

Todos esses processos parecem complexos demais para você? Pode ser que sejam, mas existem muitas ferramentas para ajudar os profissionais de RH a fazerem uma gestão eficiente. Hoje, existem empresas especializadas que oferecem softwares projetados para você fazer a administração de recursos humanos, com a maior eficiência em plataformas amigáveis e fáceis de gerenciar.

Com o auxílio certo, você, com certeza, vai realizar um excelente trabalho.

Banner do ebook gratuito "O guia de recursos humanos", com um botão escrito "baixe agora"
Vamos juntos tranformar o RH da sua empresa?

Contrate a pessoa certa, sempre.

Os seus critérios de seleção, aplicados de maneira inteligente e rápida com a Gupy - o software de Recrutamento e Seleção favorito das grandes empresas do Brasil.

Solicitar demonstração →