Como usar estes 4 benefícios do turnover a seu favor

Para você, o turnover é algo ruim? Pois pense novamente! 

Em uma empresa, se há a constante necessidade de renovação no quadro de funcionários, significa que algo não está bom e as falhas precisam ser corrigidas.

Por isso, para ter uma melhor análise do quadro do seu negócio, existe justamente o índice de turnover nas empresas, métrica que indica a porcentagem de substituições de antigos funcionários por novos, em um determinado momento. Ou seja, o quanto de renovação houve na empresa.

A rotatividade de colaboradores pode ser considerada um problema, mas, na verdade, essa taxa acaba sendo de extrema importância e tem lados positivos.

Veja agora quais são os benefícios desse indicador que podem ser valiosos para os recursos humanos. Confira!

1. O turnover ajuda a identificar a necessidade de um outro sistema de recrutamento e seleção

Quando o índice de rotatividade é alto, pode haver algum problema relacionado a satisfação dos funcionários, no processo de recrutamento e seleção ou na cultura organizacional da empresa.

Enxergar esses problemas a partir do turnover é um passo fundamental para fazer os ajustes e conseguir melhorias, sendo o desenvolvimento dos colaboradores uma delas.

Por exemplo, é possível oferecer um plano de carreira e uma política de benefícios  como plano de saúde, vale-refeição, investir em atividades de lazer no ambiente de trabalho etc.,  tudo isso para que os funcionários se sintam reconhecidos e motivados em continuar no negócio.

Outra melhoria é contar com a tecnologia e um sistema de recrutamento e seleção, que identifica os perfis mais compatíveis e possibilita maior fit cultural com a empresa.

Hoje, alguns softwares como a Gupy já utilizam a inteligência artificial para fazer uma análise comportamental mais precisa dos candidatos.

A inteligência artificial é mais acessível do que você imagina! Saiba como ela pode ajudar na sua rotatividade com nosso talk exclusivo. Acesse:

New call-to-action

2. Ele auxilia na verificação das habilidades de liderança dos gestores

Como uma das principais formas dos colaboradores se sentirem reconhecidos e motivados dentro do seu local de trabalho é a partir do tratamento da gestão, saiba que o índice de rotatividade vai ajudar você a identificar essa atuação.

Assim, repare como anda a política de gestão do RH, por exemplo, se o pagamento e férias dos funcionários está em dia, se há feedback periódico etc.

Além disso, é importante que em uma empresa, a palavra final não fique concentrada apenas nas mãos da gestão da área.

Funcionários que não são ouvidos ou que estão constantemente em conflito com seus superiores tendem a procurar outras oportunidades de trabalho.

Portanto, aprove as vantagens que o índice vai te oferecer e analise melhor a hierarquia da sua empresa.

3. Colabora para fazer reformulações no plano de carreira

O objetivo de todo profissional é crescer cada vez mais, principalmente no cenário político-econômico que o Brasil passa.

Ou seja, ter um plano de carreira que permita o desenvolvimento dos funcionários e diminua suas frustrações quanto ao futuro profissional deles é uma tarefa essencial para mantê-los no emprego.

Isso, além de economizar com processo de recrutamento, ajuda a fortalecer a equipe organizacional.

Portanto, é fundamental que o profissional de recursos humanos, junto com os gestores de cada área, defina e apresente claramente os planos de carreira para todos da equipe se sentirem mais valorizados.

Isso inclui cumprir os acordos feitos no contrato, propor aumentos e não contratar alguém para a mesma função com um salário mais alto.

Ou seja, o profissional de RH tem uma importante função para conseguir diminuir o índice de turnover nas empresas e, assim, aumentar a produtividade e satisfações dos funcionários, além de melhorar a imagem do negócio e aumentar seu lucro.

4. Pode incentivar a performances melhores 

Um ambiente estagnado pode ser um grande problema em qualquer organização, minando a inovação e produtividade.

Um programa de renovação sistemática, que estimula a rotatividade regular por meio de promoções e rescisões (especialmente em níveis gerenciais), garante um ambiente de constante oportunidade e motivação para funcionários remanescentes.

No final, a rotatividade pode ser um grande aprendizado para a organização,  criando um espaço para novos talentos com boas idéias e para que os funcionários atuais cresçam em papéis de maior responsabilidade.

Quer saber mais sobre o tema? Então veja tudo sobre o que o turnover significa para sua empresa!

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

Ebook: Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de Candidatos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Mariana Dias | GUPY

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.