O que é turnover e como diminuir o índice de rotatividade: aprenda sobre

5 minutos de leitura

Muito se fala sobre a periculosidade do turnover para as empresas, mas você sabe, de fato, o que é turnover e por que ele é tão temido?

Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto ou deseja saber mais sobre como controlar esse indicador, siga a leitura do nosso artigo. Aqui, você vai aprender:

O que é turnover e por que ele é tão prejudicial para a empresa?

O turnover, também conhecido como índice de rotatividade, é a relação de admissão e desligamento de colaboradores em um determinado período. Quando esse indicador é alto, mostra que a companhia não está conseguindo reter seus profissionais, o que implica na diminuição da qualidade do trabalho, bem como em malefícios ao clima organizacional.

Além disso, o turnover é prejudicial porque exige o desembolso de grandes quantias e traz consequências sérias à produtividade.

Quer aproveitar para saber quanto o turnover está custando à sua empresa? Então baixe a ferramenta da gupy e faça a conta rapidamente!

Banner da planilha "Descubra o custo do seu turnover", com um botão escrito "baixe nossa planilha"

Quais são as possíveis causas do turnover?

Agora que você já sabe o que é turnover, vamos entender quais são as possíveis causas do aumento desse indicador. Confira!

Salários abaixo do mercado

O primeiro motivo são os salários abaixo do mercado, que desmotivam os colaboradores e fazem com que eles busquem uma posição mais valorizada no mercado.

Conflitos e metas inatingíveis

Os conflitos e as metas inatingíveis também podem dificultar a permanência do profissional na empresa. Afinal, ele se sentirá desmotivado e insuficiente para ser capaz de cumprir a função proposta.

Desgaste físico e psicológico dos funcionários

Promover o desgaste físico e psicológico dos funcionários também é uma explicação para o crescimento do turnover. Isso ocorre pelo fato de que o colaborador se sentirá insatisfeito com o trabalho e isso pode gerar transtornos físicos e psíquicos que podem fazê-lo ter de sair da companhia.

Tratamento diferenciado

O tratamento diferenciado pode fazer com que o colaborador se sinta traído ou pouco valorizado e busque uma empresa mais ética e comprometida com seus profissionais.

Cultura organizacional tóxica

Quando a companhia tem uma cultura organizacional tóxica, os colaboradores acabam se sentindo desmotivados, acuados, estressados e pouco valorizados. Desse modo, os conflitos aumentam e a pressão acaba fazendo com que o funcionário se desfaça de seu posto na companhia.

Falta de oportunidades para o crescimento profissional

Os profissionais da atualidade não se contentam com a zona de conforto, como acontecia antigamente. Eles buscam o crescimento e a melhoria contínua. Logo, se a empresa não oferece oportunidade de crescimento, é possível que logo esse colaborador conquiste a vaga almejada em outra companhia.

Falta de reconhecimento pelo trabalho realizado

Por fim, outro motivo para o turnover é a falta de reconhecimento por parte dos gestores. De modo geral, não oferecer esse tipo de feedback é bem danoso para as relações interpessoais e no trabalho não é diferente.

Quando o colaborador não se sente reconhecido, acaba se desmotivando, o que pode gerar sua demissão por parte da empresa ou seu pedido de demissão.

Imagem de um organograma, com os tipos de turnover

Como diminuir o índice de turnover?

Agora que já vimos as possíveis causas para o turnover, vamos observar quais são as medidas que podem ser tomadas para melhorar esse indicador. Confira!

Melhore o clima organizacional

O primeiro passo é melhorar o clima organizacional. Para que o colaborador se sinta satisfeito em seu trabalho, é muito importante que ele esteja em um ambiente agradável, harmonioso e justo.

Logo, invista no companheirismo das equipes e deixe claro que o crescimento do todo é sinônimo do desenvolvimento individual.

Ofereça plano de carreira

Oferecer um plano de carreira é primordial para os colaboradores da atualidade. Deixe o profissional ciente de até onde ele pode chegar e como ele pode conquistar essa ascensão na empresa. Cuide para gerenciar esse processo de forma ética, sem que um seja mais beneficiado que outro.

Faça pesquisas

Solicitar o feedback do colaborador é muito importante e dar a ele a oportunidade de expressar-se de forma anônima em alguns momentos é muito positivo. Por isso, aplique pesquisas aos funcionários, questione o que eles pensam sobre a gestão, as atividades e se têm alguma sugestão para promover melhorias.

Desse modo, além de escutar o colaborador, você ainda ganha sugestões para promover ações estratégicas.

Deixe os colaboradores motivados

Estimule a motivação dos colaboradores. Invista em endomarketing, faça dinâmicas de grupo, fuja da rotina em alguns momentos para que o profissional se sinta valorizado e relaxe das pressões normais do dia a dia.

Ofereça benefícios

Além dos benefícios obrigatórios, ofereça outros tipos de agrados aos profissionais, de acordo com a possibilidade da companhia. Mostre a eles que a empresa reconhece seu esforço e busque, sempre que possível, fornecer gratificações, mesmo que em caráter simbólico, para agradecer pelo comprometimento com o trabalho.

Foque o reconhecimento

O reconhecimento é primordial para a retenção de talentos. Então crie uma gestão de pessoas generosa em elogios e contida nas críticas. Os colaboradores são os principais responsáveis pelo sucesso da empresa, logo, nada mais justo do que reconhecer sua importância constantemente.

Revise o processo de recrutamento e seleção

Por fim, analise o processo de recrutamento e seleção e certifique-se que, de fato, estão sendo admitidos profissionais que se encaixem à cultura da organização.

Como o uso da tecnologia pode ajudar a mensurar o índice de turnover e quais ferramentas podem ser úteis?

Para melhorar a estratégia da sua companhia e mensurar o índice de turnover de maneira mais ágil, bem como tomar medidas para minimizar esse indicador, é necessário contar com a ajuda da tecnologia.

Existem ferramentas que auxiliam na geração e no cruzamento dos dados, de forma rápida e confiável, para que medidas estratégicas possam ser tomadas com uma base mais sólida. Algumas das áreas e ações que podem ser tomadas são:

  • Software de pesquisa de satisfação dos funcionários:
    fornece às empresas dados que mostram como seus funcionários estão se sentindo e performando;
  • Plataforma de reconhecimento e recompensa de funcionários:
    É possível melhorar a moral reconhecendo as realizações dos colaboradores e fazendo com que se sintam mais apreciados;

  • Análise preditiva em Recursos Humanos:
    Modelos preditivos podem ser usados para prever a probabilidade da saída de um funcionário, ajudando a tomar decisões mais informadas sobre a retenção de colaboradores.

  • ATS de recrutamento e seleção:
    Pode otimizar cada etapa do processo e promover a admissão de profissionais de alta performance.

Ademais, com um software, é possível otimizar o tempo e melhorar os resultados, atraindo candidatos que se encaixam com o perfil solicitado pela companhia. Procure uma uma empresa especializada em softwares de recrutamento e seleção, que possa ajudar a sua companhia a aprimorar os seus indicadores.

Como vimos, saber o que é turnover é fundamental para que a empresa consiga tomar medidas estratégicas a fim de reduzir esse indicador ao máximo. Quando a companhia se preocupa em aprimorar seus resultados, ela está investindo no crescimento de sua competitividade no mercado.

Gostou do nosso artigo? Que tal agora você entender também quais são os benefícios do turnover? Confira nosso artigo e veja as vantagens dele (sim, elas existem!)

Banner do ebook "TURNOVER: o manual completo", com um botão escrito "baixe nosso e-book"

Inscreva-se na nossa Newsletter

New call-to-action
New call-to-action
Banner do calendário do RH 2020, com um botão escrito "baixe agora"
Bruna Guimarães | GUPY

Bruna Guimarães | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela UFRRJ e com MBA executivo pela Coppead UFRJ, é COO & Co-founder da GUPY. Bruna é especialista em recrutamento e seleção e entende com profundidade as dores dessa área. Construiu sua carreira em uma grande multinacional onde era responsável pelo recrutamento de toda a organização através da sua paixão por RH, pessoas e foco em resultado.