Qual a importância da cultura organizacional na hora de recrutar?

A cultura organizacional é um dos elementos mais importantes para uma empresa. De certo modo, ela funciona como a personalidade do empreendimento e carrega seus valores, sua visão de negócio e a forma de realizar as tarefas. Quando não é determinada pela gestão, o cotidiano se encarrega de definir uma cultura para o ambiente de trabalho.

Além de ajudar na integração de equipes e no alinhamento de atuação, ela é fundamental para o processo de recrutamento. Se for usada estrategicamente, gera impactos positivos.

Leia o post para descobrir como a cultura organizacional influencia a contratação de novas pessoas e entender por que isso pode ser tão crucial!

Ajuda a traçar o perfil dos candidatos desejados

Especialmente com a chegada das novas gerações ao mercado de trabalho, o alinhamento entre empresa e profissional é fundamental. É esse aspecto que permite que o colaborador “vista a camisa” do negócio, siga seus preceitos e propague a visão em tudo o que faz.

Diferentemente de competências técnicas, as crenças, a visão e os valores não podem ser ensinados. Por isso, é importante contratar pessoas que tenham os traços de personalidade alinhados.

Quando a cultura da empresa é levada em consideração, ela ajuda a identificar qual é o perfil de profissional procurado. Como vai além das capacitações e habilidades, o perfil facilita a seleção de candidatos e torna a etapa mais eficiente.

Otimiza os resultados com a contratação

Incluir novas pessoas no negócio é uma tarefa que demanda investimento de tempo e dinheiro. Depois de todo o processo de admissão, é preciso caprichar no onboarding, integrar o novo funcionário à equipe e alinhar expectativas.

Quando ele não se encaixa na cultura, contudo, os efeitos são comprometidos. Há menos integração e resultados positivos, e a saída pode acontecer brevemente. Com uma alta taxa de rotatividade, há perda de eficiência.

Já quando o perfil certo é escolhido, o profissional se encaixará muito bem na realidade do empreendimento. Eventualmente, isso acarreta satisfação, motivação e permanência, o que garante bons resultados por mais tempo.

Contribui para consolidar a imagem do negócio no mercado

A cultura organizacional tem grande influência no posicionamento da empresa sobre o mercado. Uma marca que sabe o que deseja fazer, como tudo deve ser realizado e por que as tarefas são executadas demonstra boa estrutura e excelente capacidade de planejamento.

Quando a cultura está presente até no processo de recrutamento, portanto, a ideia sobre o estabelecimento que é transmitida é muito positiva. Desse modo, a imagem se consolida e diferencia o negócio em relação aos competidores.

Funciona como um elemento de atração de profissionais

Para poder contratar as pessoas certas, é importante contar com bons candidatos. Porém, quando a empresa não demonstra boas características, os talentos preferem seguir por outras direções.

Para que isso não ocorra, ter o apoio da cultura faz a diferença. Fica claro qual é o perfil desejado, e o negócio ainda demonstra a capacidade de oferecer uma atuação estratégica e bem orientada.

Com um número maior de interessados na vaga e um perfil bem definido, a procura é menos demorada e positiva para ambos os lados.

A cultura organizacional é um fator de destaque na hora de recrutar e deve estar presente no processo. Como resultado, a etapa ficará simples e, principalmente, muito mais efetiva.

Gostou? Se quiser outras dicas como essas, curta nossa página no Facebook e nos acompanhe de perto no LinkedIn!

New Call-to-action

Inscreva-se na nossa Newsletter

Ebook: Como escolher as melhores perguntas para entrevistas de Candidatos
Painel de Indicadores de Recrutamento e Seleção Planilha Custo do Recrutamento e Seleção
Mariana Dias | GUPY

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.